quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Cantinho Espiritual do Leitor- Joel



Obrigada, Sil, pelo lindo mimo:


Participante de hoje: Joel




 Uma mulher, usando um vestido de algodão barato, e seu esposo, vestindo um humilde terno, desceram do trem em Boston, caminharam timidamente até o escritório do Reitor da Universidade de Harvard e falaram com a  secretária dele, mesmo sem ter uma reunião agendada.

A secretária adivinhou, no mesmo instante, que esses camponeses vindos das florestas não tinham nada a fazer em Harvard.

 - Gostaríamos de ver o Reitor, disse suavemente o homem.

 - Ele está ocupado, respondeu a secretária.

 - Vamos esperá-lo, replicou a mulher. Durante horas a secretária os ignorou, esperando que o casal finalmente

 ficaria desanimado e iria embora.

 Eles não o fizeram, e como a secretária viu aumentar sua frustração, finalmente decidiu interromper o Reitor, mesmo sendo uma tarefa que ela  sempre evitava.

 - Talvez se o senhor conversar com eles por alguns minutos eles decidem  ir embora, disse a secretária ao Reitor.

 Ele fez uma careta e concordou em falar-lhes.

 Alguém tão importante quanto ele, obviamente, não tinha tempo para  atender pessoas com vestidos e ternos baratos.

 No entanto, o Reitor com a cara carrancuda e empolada, dirigiu-se com  passo arrogante até o casal.

 A senhora lhe disse:

 - Um filho nosso cursou Harvard somente por um ano. Ele amava Harvard.  Ele era feliz aqui. Mas, um ano atrás ele morreu em um acidente. Meu  esposo e eu desejaríamos erigir alguma coisa, em algum lugar do campus,

em memória do nosso filho.

 O reitor não se interessou.

 - Senhora, disse de forma áspera, não podemos colocar uma estátua para cada aluno que cursou Harvard e tiver falecido. Se assim o fizermos,  este lugar iria parecer um cemitério.

- Oh não, explicou a senhora rapidamente. Não desejamos levantar uma  estátua. Pensamos em doar um edifício para Harvard!

 O Reitor revirou os olhos. Olhou com desdém para o vestido e o terno  barato do casal e então falou:

 - Um edifício!! Vocês têm alguma ideia de quanto custa um edifício?  Gastamos mais de sete milhões e meio de dólares nos prédios aqui em  Harvard!

A senhora ficou em silêncio por alguns instantes.
 O Reitor ficou feliz. Pensou que talvez agora poderia se livrar desses dois.
 A senhora olhou para seu esposo e disse suavemente:
-Custa tão pouco fundar uma universidade? Por que não fundamos a nossa  própria universidade? 
 Seu esposo concordou. O rosto do Reitor ficou fechado, confuso e  desconcertado.
 O Sr. Leland Stanford e sua esposa se levantaram e foram embora viajar  para Palo Alto, Califórnia, onde estabeleceram a universidade que leva seu nome, a Universidade Stanford, em memória de seu filho, pelo qual Harvard não se interessou.
 A universidade 'Leland Stanford Junior' foi inaugurada em 1891, em Palo  Alto. 'Junior' por ser em homenagem ao falecido filho do rico senhor  latifundiário.
Esse foi seu 'memorial'. Hoje a universidade Stanford é a quarta melhor  do mundo, e algumas vezes tem sido a segunda ou a número um do mundo, superando Harvard.


QUE FÁCIL É JULGAR PELAS APARÊNCIAS….. 
QUE FÁCIL É EQUIVOCAR-SE AO JULGAR PELAS APARÊNCIAS!!!

Partilhemos sobre a mensagem:

Que bom?


Que tal?

Obrigada, Joel...

Participantes deste ano:













15- http://www.idade-espiritual.com.br/2015/06/cantinho-espiritual-do-leitor-fatima.html

16- http://www.idade-espiritual.com.br/2015/08/cantinho-espiritual-do-leitor-tiago.html

17- http://www.idade-espiritual.com.br/2015/09/cantinho-espiritual-do-leitor-carlos.html


10 comentários:

  1. Respostas
    1. Olá, querida
      Muito bonita, realmente...
      Obrigada por participar...
      Bjm fraterno

      Excluir
  2. As aparências enganam, não?
    Que lindo texto, Roselia querida.
    Um forte abraço para tí e Joel de
    Verena e Bichinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querida
      E como!!!
      Obrigada por participar...
      Bjm fraterno

      Excluir
  3. Certamente há muitas histórias assim, de pessoas que julgam pela aparência! Uma pena! Adorei a história, não conhecia!

    Bjs pra vc e Joel! =)
    Vivendo e Aprendendo
    Fotos e Prosas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querida
      Eu também não a conhecia e gostei muito por isso trouxe para cá...
      Obrigada por participar...
      Bjm fraterno

      Excluir
  4. Boa tarde Rosélia,
    Um texto muito belo e reflexivo!
    Infelizmente ainda se julga tanto pela imagem!
    Uma enorme lição de humildade dada por esse casal .
    Parabéns para Joel por ter trazido esta historia verídica que me comoveu!
    Beijinhos fraternos.
    Ailime

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querida
      Sim, somos julgados pelo que aparentamos, é realmente uma lástima!
      Também vi assim como vc e achei o texto emocionante...
      Obrigada por participar...
      Bjm fratenro

      Excluir
  5. Boa tarde minha amiga,
    Sempre as aparências no julgamento de cada outro.
    Jesus nasceu numa manjedoura, tinha aparência humilde, seu pai adoptivo era carpinteiro e se revelou Filho de Deus Vivo.
    Um mensagem sublime.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa Tarde, querida Ailime!
      Sim, todos pecamos nesse quesito vez por outra... muito boa sua colocação!
      Obrigada por participar...
      Bjm muito fraterno

      Excluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...