terça-feira, 29 de setembro de 2020

Fábula da Inveja



 Era uma vez uma centopéia que sabia dançar excepcionalmente bem com suas cem perninhas.

Quando ela dançava , os outros animais da floresta reuniram-se para vê-la e ficavam muito impressionados com sua arte.
Só um bicho não gostava de assistir à dança da centopéia: uma tartaruga.

_ Como será que eu posso fazer a centopéia parar de dançar?

Ela não podia dizer simplesmente que sabia dancar melhor do que ela. Então começou a bolar um plano diabólico.

tartaruga pode-se então, a escrever uma carta endereçada à centopéia:
"Ó, incomparável centopéia! Sou uma devota admiradora de sua dança singular e gostaria muito de saber como você faz para dançar.
Você levanta primeiro a perna esquerda número 28 e depois a perna direita 59, ou começa erguendo a perna direita de número 26 e depois a perna esquerda  número 49?
Espero ansiosa por sua resposta.
Cordiais saudações, a tartaruga.

Quando a centopéia recebeu esta carta, refletiu pela primeira vez na vida sobre o que fazia de fato quando dançava.

A centopéia nunca mais dançou...

É exatamente isso que pode acontecer quando o pensamento sufoca a imaginação.

Moral da história:
A invejosa tartaruga conseguiu limitar a criatividade da centopéia ... Que dançava espontaneamente...


segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Leitura da Palavra




A mensagem divina que os livros santos nós comunicam é uma espécie  de sacramento da presença do Senhor. E sua leitura e quase uma comunhão.
(Francisco de Paula)

domingo, 27 de setembro de 2020

Amor ao Próximo




"No caso de Jesus, vemos como pode ser perigoso exigir dos outros um amor assim incondicional pelo próximo e uma capacidade de perdoar igualmente incondicional.

Ainda hoje vemos como nações poderosas ameaçam desmoronar diante das exigências simples tais como paz, amor, comida para os pobres e anistia para os inimigos do Estado."

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...