domingo, 22 de março de 2015

Confiança no Mundo Virtual (I) - Verena

-2014-

A partir de hoje, uma vez por mês, incio um novo quadro onde vamos abordar o tema Confiança no mundo Virtual...
Enviei às amigas que já conheci na vida real as mesmas perguntas... vou postar as respostas na íntegra...
Meditemos e confiemos no ser  humano!!!


Postagem comemorativa  em preparação aos 6 anos do meu blog (a cada mês sairá uma)...

Você gosta de desvirtualizar?

Desvirtualizar para mim foi muito gratificante.

Quais os sentimentos que invadem o seu coração e que antecedem o encontro de desvirtualização?

Conhecer uma pessoa como você me enriqueceu demais.

Como se sente durante o encontro com o (a) amigo (a)?

Você me deixou super à vontade e parecia que já te conhecia de longa data...

Ao chegar em casa, como você se sente, afinal?

Confesso que fiquei um pouco temerosa e ansiosa antes do encontro.

Deixe uma mensagem sobre desvirtualização nos 

dias atuais?


Devo dizer que foi uma grande alegria recebê-la, Rosélia.


Minhas considerações sobre o Tema:


Conhecer a Verena, do blog:

http://bichinhosamados.blogspot.com.br/



... que só conheceu a mim do mundo virtual, por enquanto, foi espetacular...
Ela respondeu-me em base ao nosso encontro que foi ótimo, digo com toda sinceridade... fui muito bem acolhida e tudo se deu naturalmente, como se já tivéssemos nos conhecido antes... não tivemos embaraço algum...
Seu esposo participou do nosso encontro e conversou naturalmente e até nos serviu um delicioso café feito na horinha... Um lanche bem saboroso sem faltar o bolo de chocolate no capricho...
Foi um encontro bem família...


Já noutro encontro, ela disse assim:

Fiquei bastante nervosa antes do encontro com as minhas amigas blogueiras. 
Depois foi só alegria e descontração geral.
Amei conhecer vocês!






Nos outros meses, vou mostrar outros amigos que já tiveram outros contatos...

No mundo virtual, temos muito medo (com toda razão) de pessoas inescrupulosas mas a Bondade Divina não nos deixa chegar perto de gente sem escrúpulo que há no mundo real igualmente...

Aqui é vida comum ou seja, o que acontece no real pode acontecer aqui...

Peço ao Senhor Proteção para nossos amigos virtuais que deixam de sê-lo... que se tornam mais do que família, muitas vezes, para nós...
Sejam todos felizes e abençoados!!!


Uma dos benefícios da confiança no mundo virtual sadia:

Felicidade

Sai o pesar profundo
Que parecia não ter fim
Na rosa, mágoas
Na borboleta, tristeza...
O Céu não está
Estrelas sem brilho
Melancolia
Lua escondida
Noite escura
Solidão da noite...
O mar, as águas
São escuros e sem alegria
Nuvens
Agonia e tormento...
Felicidade?
                            Tesouro perdido                                
Selva escura
E eu, iludida,
Caminhava ainda à sua procura...
E tive uma grande surpresa:
Ela estava em mim
Uma rosa se abria em  mim
Inútil procurá- la fora
A vida renasce
A felicidade  cresce...
(Roselia Bezerra)


Peço-lhes que coloquem suas opiniões nos comentários sobre a Confiança no mundo Virtual, por gentileza, para nos enriquecer...




"As palavras de amizade e conforto podem ser curtas e sucintas, mas o seu eco é infindável."

24 comentários:

  1. Ah, Rsélia, lembro-me como se fosse hoje de nossa desvirtualização e também da grande expectativa frente a ele que por pouco não se realiza diante daquela imensa multidão! Somente nessas horas aplaudo o celular. Sou muito grata à Regina e seu esposo por ter me ajudado a lhe encontrar!. Gosto muito de Verena, além de achá-la linda seu rosto expressa muita bondade! Fico feliz de você tê-la conhecido. Esse quadro promete! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querida amiga Maria Luiza
      Conhecer vc em plena Festa das Flores em Holambra foi algo inusitado...
      Uma grande expectativa eu chegar lá e não funcionar o cel (sem sinal pra dentro do local encontrar vc...). Ufa!!!
      Mas valeu muito e vc me deu doces cristalizados pra colocar a serotonina no lugar depois de uma hora a lhe procurar e a me dirigir ao serviço de informação... Foi quase angustiante... rs...
      Nossa conversa bem informal foi bem legal!!! Inesquecível!!!
      Nosso lanchinho maravilhoso com aquela torta e capuccino... Hum!!!
      Mas, quanto à Verena, é um doce de pessoa e amável toda vida... uma hospedeira e tanto... só vendo!!! Acolhedora e viveu nosso momento de desvirtualização intensamente... Com gostinho de quero mais...
      Obrigada por participar...
      Bjm quaresmal

      Excluir
  2. Que legal! Gostei de ver e ler a Verena aqui .Bela ideia! Vamos acompanhar! bjs, às duas,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querida Chica
      A gente vai seguindo às inspirações do dia a dia e revivendo bons momentos na vida real também por aqui...
      Obrigada por participar...
      Bjm quaresmal

      Excluir
  3. Oi Roselia!
    Já te falei no Face que quando nos encontrarmos serão tantas selfies que não vai ter nem espaço na blogosfera. (olha o exagero...) rs.
    Eu acho a desvirtualização um evento muito importante. Chega uma hora que a amizade já não basta somente através de palavras escritas, então viram telefonemas, que não bastam apenas as palavras ditas, vem então as videoconferências pelo Skype ou Hangouts do Google Plus. Logo, já estamos tão íntimos da pessoa que certamente a queremos mais próximas fisicamente mesmo.
    Com minhas amizades virtuais que desvirtualizaram sempre foi assim.
    Acho perigosa a desvirtualização para gente que frequenta sites de relacionamento, acho que ali é o maior alvo de golpistas. Nunca tive sequer curiosidade de navegar em algum, mas já ouvi histórias cabulosas envolvendo-os.
    No Orkut conheci pessoas pessoalmente, uma inclusive é minha amiga até hoje e a gente costuma se ver no mínimo uma vez por ano. No mínimo. rs.
    Sou uma pessoa muito tranquila com isso, talvez por ser muito precavida, nunca me meter em algo que pareça encrenca.
    Respeito os fakes que não querem mostrar nome ou rosto, porém, sei que o contato não vai muito adiante, nada além de palavras escritas e só.
    Beijos e uma ótima semana para ti.

    Rivotril com Coca-Cola

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, querida Mi
      Pena ter estado aí no ano de 2013 e não ter conhecido vc pois ainda não tinha te achado na vida virtual...
      Vc foi elencando muito bem o processo de desvirtualização passo a passo...
      Tem muita gente interessante na blogosfera de um modo em geral que vale a pena um contato mais real... Tenho passado por isso e me sentido muito bem em cada encontro que, se for em maior número, se torna uma verdadeira festa sadia... um relax importante para o estresse do cotidiano... O convívio é sempre muito alegre e acolhedor...
      A gente vai com a predisposição de acolher o outro por quem já tem afinidade de alma...
      Muito obrigada por participar e nos enriquecer com a sua opinião sincera a respeito do tema... Valeu!!!
      Bjm quaresmal

      Excluir
  4. Eu acho legal desvirtualizar e além das sintonias e alegrias, vale também a vivência de não ser a pessoa como imaginávamos, decepções e o aprendizado com isso de que o real é sempre mais rico, sensitivo
    Abraços quaresmais :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querida Tina
      Vc focou os dois lados da moeda que são bem reais... pode acontecer mesmo, como na vida real...
      Ainda não tive o lado ruim da moeda de fora... todos forma ótimos e simpáticos!!! Mas pode ocorrer sim e estou bem consciente da possibilidade que nos alertou...
      Obrigada por nos enriquecer...
      Bjm quaresmal

      Excluir
  5. Boa tarde Rosélia, uma ideia linda para comemorar os seis aninhos do Espiritual Idade!
    Verena deve ser mesmo um doce de pessoa, pelo que leio nos seus blogues e gentis comentários!
    O seu poema fabuloso! Os meus Parabéns!
    (Aqui as pessoas não são tanto de desvirtualizar! Vocês aí são mais corajosas;))!)
    Beijinhos e continuação de óptimo dia.
    Ailime

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querida Ailime
      Obrigada pelo carinho de sempre...
      É sim, a Verena, um doce de criatura... educadíssima e sincera...
      Eu até que sou bem medrosa mas Deus me dá um impulso quado a pessoa me parece ser do bem que não sou eu que ajo... rs...
      O 'primeiro mundo' é mais conservador... mas tem sua razão de ser... a crueldade humana chegou a um ponto que dá um medo tremendo... tem pessoas (tanto no real como no virtual) que são verdadeiros artistas no quesito 'fingidor' e faz-nos convencer de que são uns 'santos'... Deus nos livre do mal!!!
      Não me refiro só a maldade propriamente dita e explícita mas a questão de serem traiçoeiras... não sei o que é pior... se o mal declarado ou o disfardíssimo... um beco sem saída, amiga...
      Em oração pra não sermos iguais...
      Obrigada por dar sua contribuição para nos enriquecer...
      Bjm quaresmal

      Excluir
  6. Eu acho que a confiança é tudo nesse mundo virtual,pois grandes amigos podemos fazer através
    de algumas palavras que escrevemos,muitas vezes não são bem recebidas,mas com o tempo e a convivência,mesmo sendo virtual,deixamos passar transparência do que somos e aí cabe para cada um saber se somos pessoas confiáveis ou não,é difícil,mas temos que acreditar.
    A Verena para mim é uma pessoa linda e transparente,assim como você.
    bjs amiga Rosélia.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querida amiga Carmen
      É difícil mas não impossível... Gostei!!!
      Com alguns, podemos 'quebrar a cara' mas com outros ganhamos alegria, felicidade, alegre convívio... tenho experimentado isso e me faz muito bem!!!
      O tempo é o senhor de tudo e de todas as coisas, fator relevante vc mencionou... muito bom!!! Não é assim de cara... toda prudência é pouco... tanto no real como no virtual...
      Sim, vi Verena incluída nessa transparência que vc se refere... convidar à casa não é para qualquer coração... só trouxe uma mas traria outras...
      Muito bom vc participar e nos enriquecer... obrigada pelo carinho fraterno...
      Bjm quaresmal

      Excluir
  7. Rosélia, eu acho muito perigoso, pois não é qualquer pessoa que podemos receber na nossa casa. Mas da para perceber que você está nessa minoria que gostaria de conhecer.
    Eu sou assim, simples, mas sei perfeitamente em quem posso confiar, pois quem é mau Deus nos tira do caminho.
    Eu sou o que escrevo! Da para perceber quem eu sou, me calo, mas ajo.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querida Dorli
      A recíproca é verdadeira... Pena que ão possamos conhecer a todas as amigas virtuais que gostamos, seria uma maravilha!!!
      Saiba que, de um montão que conheci, só ela e outra eu fui na casa... uma só veio na minha por ora... Sempre é mais conveniente um local público, claro!!!
      É super perigoso sim, vc tem toda razão!!!
      Vc também é bem sincera pelo que tenho convivido virtualmente e no que vc participa das interações que promovo... prefiro que seja assim do que falsidade...
      Eu também não sou uma 'boba da corte' como muitos podem pensar... somos parecidas... Ser bondosa não significa ser 'tapada'... rs... Também sei rodar a baiana, se me fizerem de idiota, claro!!! Só que não to a fim de me aborrecer e prefiro me silenciar... vale mais a pena!!! Saio 'ganhando' sempre... é impressionante!!! O silêncio vale ouro, amiga... DEUS me dá a Força de superar obstáculos na convivência aqui e na real...
      Obrigada por interagir e nos fazer crescer...
      Bjm quaresmal

      Excluir
  8. Vivemos em meio a um bombardeio de noticias ruins de todas espécies,
    mas quando criamos laços que nos passam uma segurança, fica lindo
    este desvirtualizar estreitando laços e conhecendo melhor nossos amigos, até então seguidores.
    Bom ver a Verena por aqui e vamos seguir Roselia.
    Uma bela semana de paz no coração.
    Parabens pela ideia.
    Bjs de paz amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, amigo Toninho
      É, de fato, degastante... não se pode nem ser mais natural e espontâneo que pode gerar desconfiança de todo tipo...
      Espertalhões existem em todo canto do mundo e no real ou virtual na mesma intensidade e proporção mas a gente vai tendo empatia com quem o coração se parece e vai tirando a prova dos nove pelos encontros de desvirtualizações...
      Normalmente, tudo dá certo, pelo que tenho visto por ai e nos meus que já fui!!!
      Só não gosto muito de badalações... encontros superficiais... tenho algumas amigas, agora reais, que estreitamos laços e é ótimo! Ficamos entre família, Toninho...
      Verena foi o que se revela no virtual...uma maravilha de pessoa!!!
      Obrigada pelo carinho fraterno..
      Obrigada por nos enriquecer...
      bjm quaresmal

      Excluir
  9. Roselia,

    Á princípio, imaginava que não seria bom, sair do mundo virtual para o desvirtual. Não por medo ou desconfiança, achava que poderia acabar o encanto.
    Mas, aconteceu ao contrário. Amei a experiência, e valeu muito a pena.
    Algumas amizades, cresceram ainda mais depois do encontro.
    Algumas amigas do mundo virtual, desejo muito trazer pra meu mundo real. Uma delas é você. rs
    Gosto demais da Verena, e gostei muito de vê-las juntas.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querida Lucinha
      Como a princesa do castelo,né? rs...
      Elas se fortalecem sim... se tornam mais autênticas e a gente sabe o solo onde pisa um pouco mais...
      A recíproca é verdadeira e sei que sabe disso, amiga...
      Obrigada por nos enriquecer...
      Bjm quaresmal

      Excluir
  10. Adorei este quadro, amiga! Vc como sempre mt inspirada a nos fazer o bem sempre! Que delícia de encontro com a Verena! Meu primeiro encontro de desvirtualização foi com vc e amei! Fiquei tranquila pq era você, mas acho que me esquivaria se conhecesse alguém virtualmente hoje para um encontro amanhã, complicado assim, né?! A falsidade existe no real e no virtual não é diferente! Se já nos decepcionamos com pessoas que vemos e temos contato (físico), imagine com as pessoas que não vemos! É difícil saber quem realmente está por trás da tela do computador! É preciso estar muito segura para a desvirtualização, com vc me senti assim, segura e confiante, por mais que a minha razão dissesse o contrário, o meu coração sempre dizia para ir na fé, acho que é obra de Deus mesmo (no nosso caso). De um modo geral, acredito que confiantes em Deus, Ele não nos desampara! Olhando para o lado bom, a desvirtualização estreita ainda mais os laços ora criados virtualmente no dia a dia. Lindo seus versos!
    Grande beijo! =)

    Vivendo e Aprendendo
    Fotos e Prosas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querida amiga Sileni
      Vc abordou um ponto crucial na convivência aqui ou atrás da tela: a falsidade... Cruz credo! Mas existe, claro!
      Chega fede..
      Sim, foi obra de Deus e no Santuário da nossa Mãe Aparecida... Uma linda lembrança que vai se repetir... se Deus quiser!
      Eu também vou pela fé e dá sempre certo... meu coração me avisa e não vou se não for assim...
      DEUS me abençoa e só me põe gente sadia no caminho, graças sejam dadas a ELE!!!
      Obrigada pelo carinho e por enriquecer nossa postagem...
      Bjm quaresmal

      Excluir
  11. Querida amiga Rosélia.
    Gostei de me ver por aqui...rs
    Como já disse, adorei te conhecer.
    Te espero aqui em casa, em breve,para tomarmos mais um café fresquinho e colocar o papo em dia.
    Vai ser um enorme prazer, querida
    Fique com Deus!
    Um grande beijo de
    Verena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querida amiga Verena
      O prazer foi todo meu e após minha viagem e Retiro, vou aí sim pra comemorarmos a Pácoa tanto com as amigas de Niteroi como com vc...
      Vc viu como é querida por aqui?
      Que bênção é termos amigos e conservarmos a amizade virtual que deixa de sê-lo!!!
      Seja feliz e abençoada!!!
      Bjm quaresmal

      Excluir
  12. Olá Roselia.
    Desvirtualizar. Participei de uma que organizamos, lá no Passo Alfândega, em Recife. Foi bom conhecer todos que já nos comunicavam através do blog e que vieram acompanhados de alguns familiares. Fizemos um lanche em clima de alegria, trocamos brindes, foi uma festa.Assim ficamos mais confiantes e tempos depois encontrei uma das participantes, que veio até me cumprimentar. Foi uma alegria, graças a Deus. Quero continuar participando desse quadro. me avise do próximo, por favor.
    Beijos
    Maria Luiza (Lulú)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querida Maria Luíza
      Pode deixar que lhe aviso sim, com muito gosto...
      Sempre é uma festa harmoniosa e um esbanjamento de alegria o encontro também...
      E vamos ganhando amigos quando eles moram na mesma cidade que nós...
      Obrigada por dar a sua contribuição...
      Bjm pascal

      Excluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...