domingo, 31 de maio de 2020

Pacificar o Outro


Felizes os pacificadores, pois eles serão chamados filhos do Autor da existência.

Mas onde estão os que apaziguam  as águas da emoção?

Onde estão os mestres em resolver conflitos interpessoais?

Não somos nós peritos em julgar os outros?

Onde estão os que protegem, apostam, se entregam, reconciliam, acreditam?

Toda sociedade implica em divisão, toda divisão implica em diminuição. Pacificar não é, portanto, ensinar a matemática da soma, mas compreender a matemática da subtração.

Quem não compreender essa matemática está apto a conviver com outros animais e com máquinas, mas não com seres humanos.

(Augusto Cury)



Abençoado Pentecostes!

Dai-nos o Dom da Paz!

Da saúde, Senhor...

8 comentários:

  1. Bom dia Roselia,que o Espírito Santo nos dê capacidade de compreensão e de doação. Assim as divisões competitivas se convertem em soma que multiplica verdade e paz..
    Xeru

    ResponderExcluir
  2. Augusto Cury sempre com textos para que reflictamos sobre o nosso papel na sociedade e na própria vida
    Abraço, saúde e bom domingo

    ResponderExcluir
  3. Abençoados os que transportam Deus Pai no coração.
    .
    Um domingo feliz

    ResponderExcluir
  4. Muito lindo e tão importante isso... Tantas vezes temos que apagar fogueiras por onde passamos...beijos, lindo domingo,chica

    ResponderExcluir
  5. O dom da paz que é tão importante como os demais, pois onde não há paz também não pode haver harmonia ou amor.
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde Amiga Rosélia,
    Palavras sabias de Augusto Cury.
    Pacificar é subtrair nosso egoísmo, nosso orgulho e amar, sobretudo amar o próximo.
    Beijinhos continuação de Pentecostes com muitas bênçãos.
    Ailime

    ResponderExcluir
  7. Texto de Cury com mensagens fortes e profundas para refletirmos!
    Abraços fraternos!

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...