domingo, 1 de março de 2020

Tratar com Carinho - Campanha da Fraternidade




Tudo caminha para um mesmo lugar; tudo vem do pó e tudo volta ao pó.” 
Eclesiastes 3, 20



"Jesus trata o doente com carinho.

Nós vemos as pessoas como se elas fossem árvores."

Sobre o tema: 

"Fraternidade e Vida: Dom e Compromisso" 

 Sobre o  lema

 "Viu, sentiu compaixão e cuidou"...

Neste ano, estou bem unida à Campanha da Fraternidade pois sem compromisso não sei viver... Sem cuidar tampouco. Parece que tanto o tema como o lema veio para mim...

Muitos de nós paramos na compaixão e, depois, deixamos o outro sem o cuidado que ele precisa.
Sempre senti que o cuidar ultrapassa  à compaixão.
Ter piedade não implica em doação, em dar carinho...
Doar uma esmola é fácil para quem tem... Mas doar tempo, afeto, sensibilidade, compreensão, já exige ofertar o 💙, muita disponibilidade, altruísmo, ânimo e uma dose bem calcada de generosidade.
Fico muito triste ao ver pessoas tão frias, calculistas... Egoístas...

Como estão minhas emoções?

💙
Até que ponto me doo a quem me necessita?
💙
Dou somente o mínimo do mínimo?
💙




12 comentários:

  1. Belo tema e oferece grandes e profundas reflexões que cabe a cada um fazer! Lindo domingo,f e luz março! Bjs,chica

    ResponderExcluir
  2. Querida amiga Roselia: uma bonita reflexão. Neste mundo cada vez mais "desligado" dos problemas do outro, é sempre bom ver alguém como vc, altruista e que nos faz pensar.
    Bjn e bom domingo.
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir
  3. Oi querida amiga, também eu penso que de nada adianta a compaixão sem doação, doação de si, de seu tempo, de suas palavras, seu carinho.
    Procuro sempre doar além do "material".
    Beijos e meu carinho.
    Obrigada por ter ido me ler.

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde Amiga Rosélia,
    Sublime reflexão e questões.
    Doar um pouco do nosso tempo a quem necessita é sempre um ato de amor.
    Que o Senhor nos capacite para fazermos o nosso melhor.
    Um beijinho fraterno.
    Ailime

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Rosélia!
    Que importante reflexão você nos traz com a Campanha da Fraternidade deste ano!
    E eu gostaria de te convidar a olhar novamente a compaixão porque ela vai muito além do que apenas apiedar-se, ou colocar-se no lugar do outro. A compaixão é corajosa e junto dela há uma ação - que pode ser um sorriso, um alimento material, ou estar presente, mesmo que, muitas vezes, a gente não conseguirá mudar completamente uma situação. Mas olharmos para um irmão e ele se sentir olhado, se sentir realmente nosso irmão, é lindo, é compassivo!

    Quero deixar aqui uma citação e também um link de uma amiga blogueira que postou um vídeo maravilhoso sobre a campanha.

    "A compaixão não é só um instinto de cuidar e não é só uma forma de amor ou conexão. A compaixão parece ser uma forma de coragem. É a fonte de uma energia física real, motivação física e força. Há algo na experiência da compaixão que nos dá coragem para ficar, para permanecer com, ao invés de fugir do sofrimento. A compaixão é um estado corporificado que nos prepara para agir"
    Kelly Mcgonigal

    O link é esse:

    http://filhadejose.blogspot.com/2020/02/o-bom-samaritano.html

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, foi exatamente o que disse no post.
      Jesus teve compaixão e foi além dela... Ele cuidou, foi como comecei a postagem.
      Muito obrigada pelo lindo comentário e link que vou ver com carinho.
      Ultrapassamos a compaixão sempre... Como Jesus fez...
      Bjm de gratidao

      Excluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...