segunda-feira, 15 de julho de 2019

Cristiane ou sonia?



💙Querida amiga Sonia💙

💙Estimados amigos do blog 💙

Com essa série que não só divulga blogs amigos que interagiram comigo ao longo de quase uma década como também quer ser grata a todos.
Sempre as segundas, um amigo muito querido estará por aqui no Cantinho Espiritual do Leitor.
🖊📘
Busquei textos onde me identifiquei.
Agradeçro a todos que deixarem um carinho aos amigos  do dia.
🙏🙏🙏
O critério que escolhi desta vez foi o da antiguidade com que apareceram em meus comentários e ficaram raízes em meu 💙  
Assim que os mais novos amigos estarão por aqui no segundo semestre, com igual carinho e predileção. Tive que ir por um critério sem parcialidades. Todos são iguais em laços que se fortalecem com o desenrolar   dos anos.
Tenho já programado o primeiro semestre com textos dos amigos mais antigos do blog e meus, reforçando.
🙏🙏🙏

É muito boa e saudável essa partilha  de links e textos em prosa ou poesia... Vamos  nos conhecendo e nos enriquecendo com nossa família virtual que é tão cara para nós. 
🙏🙏🙏

Com o reinício desta nova série, meu blog e eu estaremos já nas comemorações dos 10 anos deste blog que me devolveu voz  e vez três...

🌻🌼🌷🌹🌺💐🌸🏵

Conheço uma pessoa que por anos viveu um relacionamento abusivo, permeado por 
medo, dor e muitos conflitos internos.
Em todo esse tempo nunca deixou de sonhar, fazendo planos e tecendo histórias com final feliz.
Enfim, o tempo passou, as filhas tornaram-se se independentes e ela tomada de coragem e esperança, resolveu que era o momento para dar um basta e traçar para si um novo caminho.
Pegou suas coisas - roupas e alguns utensílios pessoais - fechou a porta e saiu sem olhar para trás.
No começo parecia um bichinho acuado, mas aos poucos o seu entusiasmo pela vida foi lhe dando forças para seguir adiante e não esmorecer.
Alguns anos se passaram e o universo conspirou para que ela conhecesse alguém, uma pessoa boa que cuida dela com muito respeito e amor.
Ela ainda carrega marcas que o tempo não foi capaz de apagar, mas escolheu continuar sorrindo ao invés de ficar chorando e se lamentando.
Ainda que tenha vivido dias cinzentos e de chuva fria, ela ousou ser cor.
E eu que tenho minha vida entrelaçada a dela, sei que mesmo com tantos problemas ela sempre arrumou tempo para auxiliar outros a sua volta.
Afinal - para colorir a alma - é preciso se esvaziar de si e colorir com o coração.
                       (Sônia A.)








0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...