domingo, 4 de agosto de 2019

Cantinho Espiritual do Leitor (Ana Bailune)





💙Estimados amigos do blog 💙

Com essa série que não só divulga blogs amigos que interagiram comigo ao longo de quase uma década como também ser grata a todos. Sempre às segundas, um amigo muito querido estará por aqui no Cantinho Espiritual do Leitor.
🖊📘
Busquei textos onde me identifiquei.
Agradeço a todos que deixarem um carinho aos amigos  do dia.
🙏🙏🙏
O critério que escolhi desta vez foi o da antiguidade com que apareceram em meus comentários e ficaram raízes em meu 💙  
Assim que os mais novos amigos estarão por aqui no segundo semestre, com igual carinho e predileção. Tive que ir por um critério sem parcialidades. Todos são iguais em laços que se fortalecem com o desenrolar   dos anos.
Tenho já programado o primeiro semestre com textos dos amigos mais antigos do blog e meus, reforçando.
🙏🙏🙏

É muito boa e saudável essa partilha  de links e textos em prosa ou poesia... Vamos  nos conhecendo e nos enriquecendo com nossa família virtual que é tão cara para nós. 
🙏🙏🙏

Com o reinício desta nova série, meu blog e eu estaremos dando início às comemorações dos 10 anos deste blog que me devolveu voz  e vez...


Todas participações da amiga Ana estão aqui:


🌻🌼🌷🌹🌺💐🌸🏵




Estrelas que há muito se foram
Emitem seu brilho lá de cima
E distraídos, apontamos para elas...
Como pode ser possível
Que elas estejam lá, sendo que não mais estão?

O vento passa, arrancando as folhas,
E elas sempre voltam  a brotar, 
Soltam-se sem reclamar,
E nenhuma delas, nenhuma,
Tenta segurar-se.
Quem são essas folhas, em quem tanto confiam?

As águas de um rio passam sobre as pedras,
Tantas e tantas vezes, que as tornam lisas,
Limosas, arredondadas,
Pedras formatadas em vida...
Como podem as pedras saberem mais do que eu?

Como pode o mesmo céu ser azul e ser breu,
E o dia ensolarado de repente virar chumbo
Numa tempestade que arrasta mundos?
Como pode, meu Deus, eu conversar contigo
Sem nem sequer saber de que o teu rosto é feito?

Eu me olho no espelho, e de relance
Rapidamente, em um breve lampejo,
Vejo dentro dos meus olhos estrelas que brilham,
Que estão aqui, mas que já se foram.

Eu deixo que o vento me arranque as memórias,
E as espalhe pelo chão, sem que eu tenha certeza
De que um dia elas voltarão...
O rio passa, e carrega consigo
Tudo o que foi meu, e o que tem sido.
Sobre a minha pele, um musgo antigo,
Escorregadio e muito, muito liso...

Ana Bailune







Rumo aos 10, se for da Vontade de Deus!
🙏🙏🙏


Mês de Março:




Mês de Março:


Mês de Abril:


Mês de Maio:




26 comentários:

  1. Ana sempre inspiradíssima e agora está também no you tube. Tri legal! bjs às duas,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite de paz, querida amiga Chica!
      Ja ouvi varios e ela tem muita desenvoltura no you tube. Muito bom e com temas excelentes.
      E uma escritora de mao cheia.
      Muito obrigada pelo seu carinho.
      Tenha dias abencoados!
      Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

      Excluir
  2. Gostei de ler o poema de Ana Bailune, com imensos motivos de reflexão…
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite de paz, querida amiga Graca!
      A escritora Ana e excepcional ao expor suas ideias tanto em prosa como em verso.
      Duas escritoras reflexivas aqui: Voce e ela
      Muito obrigada pelo carinho de sempre.
      Tenha dias abencoados!
      Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

      Excluir
  3. Respostas
    1. Boa noite de paz, querida amiga Cidalia!
      Vale a pena conhecer o blog da Ana. Vai gostar muito, tem excelente conteudo em cada um...
      Muito obrigada pelo seu carinho.
      Tenha dias abencoados!
      Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

      Excluir
  4. Boa tarde minha Amiga,
    Um poema belo de Ana Bailune.
    Um momento especial para interiorização e reflexão.
    Beijinhos para ambas.
    Desejo uma semana muito abençoada.
    Ailime

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite de paz, querida amiga Ailime!
      Ana escreve muitissimo bem, nao resta a menor divida.
      E o que pretendía ao postar este texto dela. Sao tantos lindos que ela escreve, escolhi este pela reflexao que voce tambem percebeu, amiga.
      Muito obrigada pelo seu carinho.
      Tenha dias abencoados!
      Bjm carinhoso e fraterno de pazbe bem

      Excluir
  5. Muitos bons poemas,adorei, beijinhos e um forte e terno abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite de paz, querida amiga Xunandinha!
      Que bom lhe ver bem e com saude, minha amiga!
      Muito obrigada pelo seu carinho.
      Tenha dias abencoados!
      Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

      Excluir
  6. Olá, querida Rosélia!
    Essa interação é muito importante nos dias de hoje, muitos blogs estão parados e vocês estão firme.
    Eu mesma não deixo de blogar, foi através do blog que conheci tanta gente bacana inclusive você.

    Parabéns a todas pelas participações!

    Beijinhos no seu ♥
    Andréa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite de paz, querida amiga Andrea!
      Estamos firmes pela Graca divina.
      Semana que vem e nossa querida Silene que, mesmo parada, nunca vou me esquecer. Uma doce amiga como voce
      Pois e! O mesmo eu digo, amiga.
      Muita gente linda no meio virtual, concordo perfeitamente.
      Muito obrigada pelo seu carinho e conheca o blog da Ana. Vai gostar.
      Tenha dias abencoados!
      Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

      Excluir
  7. Que linda postagem, essa linda música a nos fazer sentir o relaxamento da alma!
    Amei ler os belos versos da nossa amiga em comum, a Ana Bailune, sempre com lindos poemas bem inspirados, parabéns às duas, abraços bem apertados!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite de paz, querida amiga Ivone!
      Fico feliz com este encontro de duas grandes amigas em comum.
      Gosto demais de músicas e as instrumentais sao belas.
      Muito obrigada pelo seu carinho, amiga
      Tenha dias abencoados!
      Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

      Excluir
  8. Um bonito poema da Ana. Parabéns às duas.
    Abraço e uma boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite de paz, querida amiga Elvira!
      Muito obrigada pelo carinho.
      Ana e uma escritora bem antenada.
      Tenha dias abencoados!
      Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

      Excluir
  9. Que beleza encontrar a Ana por aqui, minha amiga deste o Recanto em 2010 e sempre irrequieta e poética viaja com arte pelas palavras com belos poemas e contos. Hoje sou seguidor de seus videos, cada dia melhores. Aqui um belo sempre de sua inspiração com este poema na partilha.
    Parabéns Rosélia por trazer a Ana com sua arte.
    Meu abraço para as duas.
    Beijos de paz e feliz semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia de paz, querido amigo Toninho!
      Almas irriquietas postam e escrevem com sensatez e lucidez.
      Os videos que ela faz sao otimos.
      E dificil escolher um so escrito na imensidao de coisas lindas que ela tem publicado. O mesmo acontece com o amigo...
      Dois escritores especulares e humildes no trato conosco.
      Muito obrigada pelo carinho de sempre
      A semana esta linda e o mesmo lhe desejo, meu amigo.
      Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

      Excluir
  10. A Ana é uma amiga muito querida! Há muitos anos! Seu talento é ímpar! Está poesia eu qdo li no blog dela me apaixonei! Muito bela. Parabéns Rosélia pela escolha! Linda postagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite de paz, querida amiga Luconi!
      De fato, talento de competência e elegância carinhosa no que posta.
      Muito obrigada pelo seu carinho.
      Multo bonita a poesia, tem razao.
      Tenha dias felizes!
      Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

      Excluir
  11. Sempre muito profunda nossa amiga Ana, nos brindando com textos que tocam a alma e nos faz refletir.
    Beijos carinhosos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite de paz, querida amiga Lúcia!
      Fico tao feliz de lhe encontrar as segundas aqui prestigiando os amigos do meu blog dando valor a amizade virtual.
      Ana tem mesmo profundidade no que escreve.
      Muito obrigada pelo seu carinho,amiga.
      Tenha dias abençoados!
      Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

      Excluir
  12. Olá, querida Roselia!
    Gostei muito do poema da Ana.
    "Como pode o mesmo céu ser azul e ser breu,
    E o dia ensolarado de repente virar chumbo
    Numa tempestade que arrasta mundos?"
    A vida é assim, um dia nos ergue, em outro nos derruba. Haja vontade, e alguma ajuda divina, para continuarmos de pé.
    Agora, vou conhecer o cantinho da amiga ANA. Sim, porque sua amiga, minha amiga é.
    Beijos de luz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde de paz, querida amiga Teresa!
      Estes versos também me chamaram muita atencao. Bonitos demais!
      Os altos e baixos fazem parte da nossa vida e sem a Forca do Alto e impossível vencer, como bem disse, amiga.
      Fico muito feliz de que tenha ido a Ana. Vai ver in loco o que todos estamos falando...
      Que lindo! Minha amiga sua e... Tão bom ter um 💝 aberto aos semelhantes!
      Tenha dias abencoados!
      Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

      Excluir
  13. Olá, querida Rosélia, limpando minha caixa de emails que nem eu mais entendo, vi essa postagem da Ana. O que tenho a dizer é que gosto muito de seus textos, muito coerentes e desenvolvidos numa linha que gosto muito; seus poemas são belos, também gosto muito. E, recentemente começou com seus vídeos que vejo todos.
    Beijos para as duas, junto de votos de uma ótima semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde de paz, querida amiga Taís!
      Que maravilha ter uma amiga da Ana a mais por aqui!
      Amigos se confraternizam...
      A semana seja linda para nós!
      Muito obrigada pelo seu carinho.
      Tenha dias abençoados!
      Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

      Excluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...