sábado, 2 de julho de 2022

Castelos no Ar da Imaginação




"Era noite.

A fogueira alumiava um pequeno espaço em roda; mas nem era precisa, porque a lua começava a surgir de trás de um morro, pálida e luminosa, brincando nas folhas do arvoredo e nas águas tranquilas do rio que serpeava ali ao pé.
O tropeiro cessou de cantar, e dentro de pouco tempo tudo era silêncio no pouso.

De vez em quando, chegava aos seus ouvidos urros longínquos, de alguma fera que vagueava  na solidão. Outras vezes eram aves noturnas, que soltavam ao perto os seus pios tristonhos.
Os grilos, e também as rãs e os sapos formavam o coro daquela ópera do sertão, que o  admirava decerto"...

Imagine que você ficou sozinho (a) na noite, que estava formosa e solene ...


Deixe vagar o seu espírito ao sabor das saudades,  levantando e desfazendo mil castelos no ar...

Faz ressaltar seu lado espiritual que pode ser em prosa ou em verso...

Crie algo que lhe tocar o coração de acordo com o texto acima de Machado de Assis, em Parasita Azul.

Gratidão a quem, generosamente, participar de mais uma interação aqui no blog, pondo no comentário sua contribuição em poucas linhas que transcreverei ao post com seu link.

NÃO é continuação, cada um solta a imaginação em base ao texto original...


No final dos 3 dias, porei a minha participação que já está prontinha, em prosa de poucas linhas...


A noite estava linda, lua timidamente se mostrava ainda em metade. 

Mas era o que bastava para fazer Rosa voar...

Lembrou-se que naquela madrugada apenas iniciara outro mês, agora já Julho.  Mas como? Nem vira o tempo passar... Ou melhor, vira, sim!  Tanto lhe trouxe de surpresas...

Tantas mudanças na sua vida... 

Agora, olhando para o céu via a luz...

E essa lhe  mostrava caminhos a seguir....

Ouviria o seu coração e de joelhos, pediria ao Alto que todas as mudanças que estava vendo ocorrer, fossem para melhor ...

Rosa e o parceiro de vida estavam de mãos dadas, mas parecendo atadas. 

Só podiam rezar, ajudar  como podiam, mas a vida a viver era dos envolvidos...

Tomara soubessem bem o que estavam fazendo...

Só orações... 

E assim, juntos, de cansaço físico e mental, adormeceram...

Eis que o celular  toca,  os trazendo para vida real novamente... 

Trocaram beijos e abraços de desejos de bom dia, um ao outro e mudaram a folhinha do calendário. 

Era JULHO!  

Forças pediam para o novo semestre do ano encarar. E o fariam... 

Apesar das promessas de deixar que filhos se "virassem nos trinta", sabiam que ali sempre estarão, ou melhor, enquanto forças tiverem...

E aquele toque do telefone já os fazia iniciar! 

Corre que a vida nos chama!!! S'imbooooooora...

 💙 Chica 💙


Não tenho medo, não hoje quando a Lua está cheia. Suspiro, sinto a brisa a acariciar-me a pele. Será a brisa a convidar-me para dançar? Será a Lua que desce por se ter apaixonado pelo rio? Não sei... eu danço com os raios de Luar e sinto-me FELIZ.... 


💙 Marta 💙

Eu ficaria assustada, mas pediria ao bom Deus que me guardasse das feras e do sombrio da noite, apesar de enluarada, e seguiria pé ante pé, devagarzinho na direção de algum casebre que me pudesse acolher. Pensaria no amanhecer que logo estaria chegando e finalmente me sentira aliviada do que afinal não tinha sido senão um pesadelo. Acordei e estava deitada na minha cama com o quarto inundado pela luz do sol.

💙 Ailime 💙

Nas noites de julho, de lua cheia, 

quando seus ardentes olhos o sol, fecha, 

A festa galopa nas florestas, 

Uma orquestra de grilos se manifesta.


As cigarras dizem que cantam alto 

para que todos ouçam seu belo canto.

As corujas uivam de igual modo

Com um som agudo, comprido e teimoso.


Com sapatos de ouro e prata saltam 

As centopéias  mais alegres das montanhas.


As corujas de olho no vigilante

Ouvido atento e  caixa alertaram:

Avançam os tipos de duas pernas!


(En las noches de julio, de luna llena,

cuando sus ardientes ojos  el sol cierra,

 y la fiesta galopa en las florestas,

una orquesta de grillos, se manifiesta.

.

 Las chicharras dicen que cantan alto

para que todos oigan su bello canto.

 Las lechuzas cantan de igual modo

con un sonido agudo, largo y tozudo..

.

 Con zapatos de oro y plata, saltan

los ciempiés más alegres de la montaña.

 

 Los búhos  ojo avizor,

Oído atento y escrutador  alertarán:

¡Cuidado, cuerpos a tierra!

¡Avanzan los tipos de las dos piernas.)



Noites enluaradas de Julho, com os montes descobertos, os ribeiros cantantes, os corações por amor desertos, prados de flores distantes 
a aguardar manhãs de orvalho, regatos a debruar com águas ledas a dançar, e este meu esperar sem esperanças, anda o amor num vai-vém, dá fruto mas sabor não, já não tem... daqui a pouco lá vem mais uma estação, paixão já não ouso esperar, e amor, é flor a murchar.


"Por trás dos montes, a lua surgiu majestosa, porém tímida. O reflexo dela no rio lembrava muitas cenas iguais, registradas pelos olhos, ou eternizadas em fotos e filmes. Em volta, a brisa fria favorecia o arrepio, que sobrevinha aos urros das feras longínquas ou aos rumores de animais próximos, como as corujas. Dentro do peito uma combinação estranha de temor, coragem e pura satisfação por estar como que mergulhado nas profundezas da natureza, experimentando a essência da vida."

💙 Marly 💙

Que podemos fazer, se as nuvens tecem no azul castelos encantados? Ou serão as sombras dos barcos sem rota, esperando os marinheiros perdidos e desvairados do apelo do mar? Que fazer quando, de olhar assombrado, é infrutífera qualquer tentativa de suspeitar dos sentidos?


Os trovões ribombavam ao longe. Clarões na noite, a espaços. A chuva começou a cair, em grandes bátegas. Eu e os meus irmãos, rogávamos a Santa Bárbara pela sua intervenção. De repente, da arriba uma grande "quebrada" iniciou-se trazendo pedra, água,lama na direcção da nossa casa, mesmo à beira do precipício.Sem que soubéssemos como nem porquê a enxurrada parou mesmo a meio caminho. Do alto do Tabuleirinho uma luz intensa brilha e banha-nos numa grande doçura. E o António, meu irmão mais velho, grita jubilosamente: Viva, Santa Bárbara!

💙 Olinda Melo 💙


Numa noite de Verão
Que nunca foi assombrada,
A Lua e o coração
Tornaram-na encantada.


Numa noite de Lua Cheia, 
sentada ao lado de uma fogueira Vejo estrelas dançando no céu Embalando minhas fantasias. 
Que teimam fugir do real.

💙 Loiva 💙

Boa noite, meu amor! 
Boa noite, luar! 
Vamos, juntinhos, passar esta noite. 
Como se não houvesse amanhã. 
Sonhar e amar. 

💙 Verena 💙

sexta-feira, 1 de julho de 2022

Paz SIM, Escarcéu, não!

 





♥Vamos brincar com a chica 26♥

 

💙 Chica 💙




A palavra de hoje é: escarcéu




Bem-aventurados (Felizes) os pacificadores porque serão chamados filhos de Deus.

(Mt 5,9)

Ato de exagerar, ou levar demasiadamente a sério, coisas sem importância...



(Clique na foto e veja o homem pescando, tirei hoje)

Não criemos escarcéu inutilmente, pesquemos nas pedras.

Mulheres brigando, puxando cabelo, quanta infantilidade!


Quem gosta de escarcéu é muito  mal-amado.




Prefiro paz de espírito ao escarcéu descabido.



Escarcéu pós Pandemia: fome mundial aumenta aceleradamente.


(Na praia da Arrebentação aqui perto)

Grande vaga ou onda formada por mar revolto...

O mar anda agitado, escarcéu me assusta.










São Pedro, Protetor dos Pescadores e Navegantes

 




Assim, concluímos o ciclo dos santos juninos.


São Pedro, protetor das viúvas.🙏












Gosto muito de passear na Prainha de Muquiçaba.

Vez por outra vou por lá...

São Pedro na pedra a nos abençoar está.

É um cantinho aprazível de estar.

Os pescadores com seus barquinhos e, na venda dos seus pescados, dão um toque pitoresco ao lugar .


FESTA DE SÃO PEDRO, padroeiro da nossa cidade.

Moro exatamente aqui no lugar da foto acima.









Logo cedo, fui à igreja, havia missa habitual.
Mais tarde, teremos procissão e missa campal.
Após, quermesse...

No domingo, haverá a procissão dos barcos.

É feriado na cidade hoje.

Salve São Pedro! Salve São Paulo!

Fiz broa de milho para comemorar.





terça-feira, 28 de junho de 2022

Metamorfose do Cenário

 


"A cada amanhecer Deus oferece uma nova chave de recomeçar, mas somente você sabe o que é preciso fazer para encontrar a coragem necessária para seguir adiante."




Somos a única presença que não nos deixará até a morte.

 (Clarice Lispector)







O céu e o mar acinzentou...

O plúmbeo me agradou.

O cinza azulado me encantou.



É nas coisas mais simples e anônimas que se encontram os maiores tesouros da emoção.
(Augusto Cury)


Simplicidade é isso: quando o 💙 busca uma coisa só.
(Rubem Alves)

"Quanto mais eu estudo a natureza, mais eu

 fico maravilhado com a Obra do Criador.

A ciência me aproxima de Deus."




Sinto tanta paz ao caminhar,

Cada ângulo é como um postal.

Cores difusas, bem encantadas,

Um ar de sol, na areia, sombras.


O que me fascina mais ao olhar?

Não é descritível em palavras,

É  metamorfose a me provocar,

Mesmo em cenas desfiguradas.


Que me importam dias cinzas?

Nuvens negras me rondando...

O que sinto é alvo nas partilhas,

Continuo servindo e amando...


Nova Estação, novos ares frios,

Novos sentimentos, argumentos,

Outros movimentos sem prantos,

Outras renovadas esperanças.











domingo, 26 de junho de 2022

Noite de São João

 




💙 Mari 💙


1 Imagem 140 caracteres 450




I

É noite de São João!

Uma estrela anuncia o Salvador,

Ana faz fogueira e balão,

Ela prevê a chegada do Amor.


II

Maria e José a Joaquim e Ana  vão visitar,

Levam bolos para partilhar,

Estendem  uma toalha ao luar apreciar.


III

O principal da festa não esquecem,

Em breve virá o Salvador, no esplendor,

Seus corações palpitam e se aquecem.


〰️🔥〰️🔥〰️🔥〰️🔥〰️🔥〰️🔥〰️🔥〰️

E viva São João!

Tivemos também bolo de aipim ou macaxeira e bolo pamonha (de milho verde) em nossa comemoração.




É noite de São João,
A fogueira está acesa,
Tem mungunzá,
Cocada, pé-de-moleque,
Bandeirolas coloridas,
Não fico está,
Ponho minha caipira,
Abro meu leque 


quinta-feira, 23 de junho de 2022

Fotografia Literária IX (Árvores)





Vamos Legendar?

Dando continuidade ao projeto que comecei no ano anterior, convido aos leitores a escolherem uma imagem e legendarem da forma que desejarem, ou com um poeminha,  ou com um pensamento seu ou de outro autor.
Muito obrigada aos que reagirem à minha proposta, sempre atenciosa e carinhosamente.

No Projeto, todas as fotografias são minhas, embora que modestas e tiradas no celular, sem artifícios.
Gosto de guardar lembranças dos lugares que frequento ou visito, não mais.
〰️🌳〰️

As árvores são santuários.
Quem sabe falar com eles, quem sabe ouvi-los, pode aprender a verdade. Eles não pregam conhecimentos e preceitos, eles pregam, sem se deixar abater pelos detalhes, a antiga lei da vida.

Uma árvore diz: Um grão está escondido em mim, uma faísca, um pensamento, eu sou a vida da vida eterna. A tentativa e o risco que a eterna mãe levou comigo é único, único a forma e as veias da minha pele, único o menor jogo de folhas nos meus ramos e a menor cicatriz na minha casca. Fui feito para formar e revelar o eterno em meus menores detalhes especiais.


Hermann Hesse


1


Olhar em fuga 
Já não vejo 
Saltitar pardais 
De manhã e à tarde 
Nos beirais 
Da casa dos meus pais 
Já não vejo a 
Figueira mansa 
Da irmandade 
A família a colher figos 
Já não vejo 
A sociedade 
Dar às pessoas 
E aos mais pobres 
Por amor 
Só vejo em sonhos profundos 
A fome 
Tortuosos caminhos 
A Bruma seca 
Fantasmas..


🌳Olinda 🌳

2




Coqueiros

Árvore é como a Vida 
Que nós temos p'ra viver. 
As folhas da despedida 
Renovam o bem crescer. 

🌳Sol da Esteva🌳

3


Mamoeiros

Logo chegará a maturidade
e com ela a frescura
e o delicado sabor
de saúde e alegria
nas manhãs.

🌳 Celina 🌳

4


(Cajueiro)

🌳🌳


5




🌳🌳

6



(Jambeiro)

🌳🌳

7



(Cacaueiro)

Vida que frutifica, vivifica a alimentar. 
Berço, semente para a vida perpetuar. 
Raízes fincadas no chão, 
galhos tocando o infinito. 


8


Junto ao lago
 espraio o meu olhar
 e sob as frondosas árvores 
respiro silêncio 
e sinto o meu ser 
inundar-se de paz. 

🌳 Ailime 🌳

9





Nosso troncos fortes enlaçam –se; 
somos parte das histórias seculares
 que testemunhamos. 

🌳 Norma 🌳

10


Jesus Cristo é a luz no fim do túnel.
 Ele dissipa trevas,
 ilumina pensamentos,
 guia os passos 
e oferece verdadeira esperança!

🌳 Renata 🌳

11




O tempo?
 O Mundo? 
Mas o que é isso se aqui estou em Paz? 

🌳 Marta 🌳

12



As árvores trazem à cidade a beleza, 
vida, cor e encanto da natureza. 
Elas encantam sempre o meu olhar
 e dão asas à minha alma.

Como escreveu Khalil Gibran: 
"Árvores são poemas que a terra escreve para o céu."

🌳Maria 🌳

13


🌳 🌳

14



Do pouco espaço que me sobra. 
Adapto-me, finco raízes. 
Mesmo que meu tronco 
precise ceder espaço

🌳Loiva 🌳

15



🌳🌳

16


🌳🌳

17


🌳🌳

18


🌳🌳

19


🌳🌳

20


🌳🌳

21



🌳🌳
22


🌳🌳

23


🌳🌳

24


🌳🌳
25



🌳🌳

26





🌳🌳

27





🌳🌳

28




🌳🌳

29




🌳🌳

30




🌳🌳

31




🌳🌳

32




🌳🌳

33





🌳🌳

34






🌳🌳
35




🌳🌳

36




🌳🌳


37





🌳🌳

38





🌳🌳

39




🌳🌳

40




Ofereço paz. 
Minha sombra satisfaz.

🌳 Verena 🌳

41





🌳🌳

 42









 Neste chão vermelho ressecado, 
cresci vendo passar as romarias. 
Acolhia os romeiros já cansados, 
da viagem de longos duros dias.


🌳 Toninho 🌳

43




🌳🌳

45





🌳🌳

45




🌳🌳
46




🌳🌳


47






Amarro os pulsos nas árvores em flor
 para atrair os insectos e os pássaros,
 com a urgência do verão no tear das seduções.  



Imaginando a fala da árvore: 

Sigo sempre para o alto... 
Com minhas flores enfeito, 
tentando encostar no céu! 
Umas já quase lá, 
outras, se perdem pelo caminho! 

🌳 Chica 🌳

48




🌳🌳

49






🌳🌳



"Eu amo as árvores principalmente as que dão pássaros".


"Senhor, ajudai-nos a construir a nossa casa
Com janelas de aurora e árvores no quintal -
Árvores que na primavera fiquem cobertas de flores
E ao crepúsculo fiquem cinzentas
como a roupa dos pescadores."

Na lateral do blog, tem TODAS as anteriores Fotografias Literárias com outros temas.

🌳


"Espírito das árvores
Transporta a tua seiva no meu corpo cansado
Alimenta-me de telas de esperança engendrada
Nesta alma que ama e é mal-amada
Ajuda-me a trepar pelo tronco secular
Abraçando a rugosidade dos ramos
Colhendo as folhas cheirando as flores
Em danças ao sabor do vento permanecendo intacta
Desabrochar sem marca vestindo
Tonalidades de fé afastando os predadores!

Espírito das árvores!
Acompanha-me no deambular pela floresta
Feita de armadilhas de caçadores furtivos
De rios que me indicam o caminho do mar
De grutas onde se escondem os fugitivos
Por entre caudais que me orientam na escolha de partir ou ficar
Porque persisto nesta inquietude enquanto por aqui vaguear!"

🌳

"Chegaste
com a tua tesoura de jardineiro
e começaste a cortar:
umas folhas aqui e ali
uns ramos
que não doeram...
Eu estava desprevenida 
quando arrancaste a raiz."

🌳




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...