quinta-feira, 15 de novembro de 2018

O Poder da Doçura




O Poder da doçura e da atitude com doçura

"O viajante caminhava pela estrada, quando observou  o pequeno rio que começava tímido por entre as pedras.
Foi seguindo-o por muito tempo.
Aos poucos, ele foi tomando volume e se tornando um rio maior.
O viajante continuou a segui-lo.
Bem mais adiante, o que era um pequeno rio, se dividiu em dezenas de cachoeiras, num espetáculo aos visitantes de águas cantantes.
A música das águas atraiu mais o viajante, que se aproximou e foi descendo pelas pedras, ao lado de uma das cachoeiras.
Descobriu, finalmente, uma gruta.
A natureza criara, com paciência, caprichosas formas na gruta.
Ele a foi adentrando, admirando sempre mais as pedras pelo tempo.
De repente, descobriu uma placa.
Alguém estivera ali antes dele.
Com a lanterna, iluminou os versos que nela estavam escritos.
Eram versos do grande escritor Tagore, prêmio Nobel de literatura de 1913:
Não foi o martelo que deixou perfeitas estas pedras, mas a água, com sua doçura, sua dança e sua canção.
Onde a dureza só faz destruir a suavidade consegue esculpir."






10 comentários:

  1. Que lindo e adorei as palavras de Tagore,sempre sábio! LINDO! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Um texto muito belo e verdadeiro querida Rosélia!
    Quem dera todos tivessem essa percepção.
    Gratidão pelo carinho e presença.
    Tenhas um excelente feriado.
    Abração com carinho

    ResponderExcluir
  3. Um texto maravilhoso que você nos compartilha amiga Rosélia!
    E que lindo a água,deixando sua doçura em dança e canção!
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  4. Olá amiga Rosélia bom dia!
    Maravilhoso esse texto adorei!
    Beijo com carinho, amiga em Cristo!

    ResponderExcluir
  5. Postragem soberba!!

    Beijos e um excelente dia!

    ResponderExcluir
  6. Ola Roselia,
    É a pura verdade, só nos lapidamos
    com os atritos assim vamos nos moldando
    ao nosso crescimento espiritual.
    Beijos e um ótimo feriado

    ResponderExcluir
  7. Comentário que queria deixar em "Meu mundo azul":

    Lugar lindo, Amiga Rosélia!
    Cheio de paz e convida à meditação.
    Muito obrigada por partilhar connosco.

    Quanto a este post, adorei-o. Realmente a doçura consegue milagres.
    Nela reside o amor, e o amor é um sentimento que move montanhas.

    Bj

    Olinda

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde minha Amiga,
    Uma história sublime e a frase final é fenomenal!
    Um beijinho fraterno de paz e bem.
    Ailime

    ResponderExcluir
  9. Que bonita história Rosélia. E que grande ensinamento.
    Abraço

    ResponderExcluir
  10. Boa noite, Rosélia!
    Muito bonita a história mesmo, e a reflexão de Tagore também.
    Um abraço fraterno.

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...