sábado, 24 de outubro de 2015

Beatitude






Ele vive uma constante beatitude e quase esqueceu o universo dos fenômenos.
Mesmo quando seu passadio está imerso em Brama, ele está, entretanto, completamente desperto, mas, ao mesmo tempo, livre das características do estado de vigília.
Não tem mais ideias do 'eu' nem do 'meu' mesmo para o corpo que o segue como uma sombra.
Não lembra os júbilos passados, se inquieta como futuro e considera o presente com indiferença. Olha com equanimidade o mundo cheio de elementos que possuem méritos e deméritos.
Quando se apresentam coisas agradáveis ou penosas, guarda em ambos os casos a mesma atitude, e seu espírito não fica perturbado.
É-lhe indiferente que seu corpo seja adorado pelos bons ou atormentados pelos maldosos, somente esse poder ser um verdadeiro 'sannyasin' que renuncia completamente ao mundo, que não tem a mínima preocupação com o amanhã, que não se pergunta o que comerá ou o que vestirá.

(Shri Rama Hrishna)

Um comentário:

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...