quinta-feira, 9 de julho de 2015

Nem Tudo que Reluz é Ouro! Entretanto...



Num vilarejo muito antigo, onde havia muitos seguidores, fizeram  uma belíssima estátua do mestre em ouro maciço.
Ao final do trabalho, maravilhados com a visão daquela obra esplêndida, eles se perguntaram se não haveria o risco de roubarem a estátua.
Então, decidiram cobri-la com barro.
Assim, os seguidores de Buda contemplavam a estátua diariamente com adoração e a sensação de estarem diante de algo sublime.
Mas aqueles que não sabiam da verdade não viam motivo para tamanha reverência a uma simples estátua de barro, tosca e sem valor.
(Extraído do livro: A Lavanda Como Caminho - Claudia Obenaus)



4 comentários:

  1. Do livro da Cláudia temos lindas leituras sempre a fazer! bjs às duas,chica

    ResponderExcluir
  2. Este livro é maravilhoso!!!
    Boa noite!
    Beijos!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  3. Olá Amiga,
    Um livro repleto de sabedoria!
    História essa que faz pensar!
    Beijinhos e um óptimo fim de semana.
    Ailime

    ResponderExcluir
  4. Linda história, Rosélia! É no interior que está a grande beleza e é preciso sobretudo acreditar que está ali! Abraços!

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...