quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Um Rei 'Miserável' (II)



Os mais íntimos fizeram uma reunião e perguntaram-lhe: - "Por que estás tão tristes."
E ele disse: - "Como posso me alegrar tendo consciência de que a dor fez morada nos humildes das minhas terras".
Quero saber o que se passa nos becos de suas vidas, nos recônditos de suas emoções
Disseram-lhe: - "Sabemos que Tu amas MUITO os homens do povo, mas Tu tens todas as notícias sobre cada um deles e, além disso, eles são arrogantes e erram diariamente.
- "O Amor que sinto por eles não me faz descansar. Eu sei o que eles sentem, e tudo o que tenho feito não consegue despertá-los."
Disse o sábio e afetivo rei. E completou:
- "Quero sentir a dor de cada miserável."
Receosos, perguntaram-lhe: "Como poderás fazer isto".
Para espanto dos seus íntimos, disse o rei sem titubear: "- Abandonarei meu palácio e me tornarei como uma longa caminhada e sem que eles percebam penetrarei nas suas alegrias e chorarei com as suas lágrimas."
Indagaram: - "Grandioso rei, Tu deixarás teus milhões de súditos, tua glória marcescível e todo o conforto que toda a tua grandeza te proporciona.
Ele reafirmou: -"Sim. Nada me satisfaz se não souber como aliviar a miséria do meu povo.
Perturbados, perguntaram:
"- Quantas legiões de exércitos queres que te acompanhe".


- Nenhuma, irei só, disse o rei.
"- Mas não é lógico", retrucaram.
- "Eu sei, O AMOR NUNCA É LÓGICO", afirmou.

(Continua...)

3 comentários:

  1. Bom dia Rosélia
    Que lindo! Que Rei esse que dá tudo pelos seus súbditos!
    Para reflectir mesmo!
    Um beijinho grande.
    Ailime

    ResponderExcluir
  2. Bem previsível, como eu já esperava! Abração e continuo!

    ResponderExcluir
  3. Que lindo! Esse rei lembra Jesus, que desceu até nós, para sentir nossas dores e auxiliar-nos. Muita paz!

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...