sexta-feira, 31 de outubro de 2014

São Bruno- Santíssima Trindade



Sabendo que chegara a hora de passar deste mundo ao Pai, Bruno convocou seus irmãos, passou em revista todas as etapas de sua vida desde sua infância e lembrou os acontecimentos extraordinários de seu tempo. 
Em seguida, expôs sua fé na Trindade em um discurso detalhado e profundo.
Eu confesso e creio na santa e inefável Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, um único Deus natural, de uma única substância, de uma única natureza, de uma única majestade e poder. 
Nós professamos que o Pai não foi gerado nem criado, mas que Ele é não gerado.
Ele mesmo, o Pai não tirou de ninguém sua origem; d’Ele, o Filho recebe o crescimento e o Espírito Santo a possessão. 
Ele é, pois, fonte e origem de toda a Divindade. 
E o Pai, inefável, pela essência, gerou o Filho de coisas que o que Ele é em si mesmo. Deus gerou Deus, a luz gerou a luz, é, pois, dele que decorre a paternidade no céu e na terra. 
Amém!  





2 comentários:

  1. Uma meditação sobre o Espírito Santo!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Amem.
    Tão simples e belo como as flores. belas.
    beijos

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...