segunda-feira, 28 de maio de 2012

A Voz Íntima do Amor (I)



Outra delícia que li em meu Retiro foi uma obra de um autor meu preferido nos últimos tempos...
(Henri J. M. Nouwen)

Pude perceber, ao ler o livro, com calma:

O amor me tira de um abismo insondável...

O amor me confronta com a minha própria insignificância:
Me sinto colada ao chão... sem chão... sem base... em total escuridão... desgastada mental e emocionalmente... dominada pela escuridão... esmagada... desestruturada por vagalhões internos...

Por outro lado, me faz crescer também emocional e espiritualmente...
Antes do amor, me paralisava... tudo parecia sombrio... súbita interrupção de relacionamento...
O luto me deixou vulnerável... encurtou a distância do desespero... sem esperança...
O amor me encoraja, traz alegria e paz.

Abre-me a porta... onde eu estivera trancafiada para o  próprio amor...
O amor me ampara...

Agora é tempo de estio...
Abro o meu coração pois posso ser útil aos demais... fazer o bem... como sempre...
Deus é o meu porto seguro...
O Dom da escrita é minha luta para a sobrevivência dos meus insight...

É meu tempo de estio...
De purificação...

Mostro, nitidamente, meus insights espirituais (sentimentos, apelos e resistências)...
Para mostrar que sou humana e num alto e baixo de luz e escuridão... de esperança e desespero... de amor e medo... numa luta obstinada... eu... num buraco profundo... esgotada na dor... sinto na pele a rejeição que passei... a exposição ao ridículo... que se foi...
Deus me foi revelando com quem realmente posso compartilhar a minha angústia... pouco a pouco... são pouquíssimos os de verdade... que "não caem fora"!
Fé: ajudou-me e tive minha dor cruel curada de novo...
Muito de mim foi-me arrebatado com a perda do meu amado...
Questionamentos: Tive que ouvir a minha voz interior por me sentir livre e alegre de novo...
Me integra o amor...
Deus me ama e o amor de Deus me basta...
Vivi só quase toda a minha vida e precisava reintegrar-me...
Permaneço fiel ao meu amor...
O amor traz descanso ao meu coração...
Alguns me abandonaram porque não podiam dar o que eu precisava, e eu  precisava sobreviver emocionalmente...
Tenho amorosidade dentro de mim...
Unidade... integração... religada ao meu eu real de novo eu fui neste Retiro último...


ALÉM DO HORIZONTE
(clique aqui, por gentileza, para ouvir)

2 comentários:

  1. Roselia,esse livro deve ser muito lindo e envolvente!Estou lendo "Amor acima de tudo"de Max Lucado, eu adoro esse autor tb!Bjs e meu carinho!

    ResponderExcluir
  2. Oi Rosélia!
    Lindas mensagens tem este livro.
    O amor conforta e alimenta nossa vida!
    Beijinhos e uma semana iluminada!

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...