sexta-feira, 7 de maio de 2010

Bem-Aventurança


A primeira Bem-Aventurança implica na disposição espiritual de se viver em espírito... (ESPIRITUALIDADE)...

Humildade é se curvar internamente...
Ser desapegado de tudo e de todos não é fácil, reconheço que TUDO é graça mas há a nossa parte indispensável...

O cuidado excessivo com a matéria nos deixa tão vazios que nem vale a pena a vida, carece de sentido total... tenho visto...
A nossa resposta de vida seria a partilha... a paz... a fraternidade...
Grifes... carros... imóveis... não nos podem alcançar a felicidade, bem sabemos... há os valores internos que têm primazia...
Em alusão à segunda Bem-Aventurança... nos instiga a rever nosso conceito de mansidão... que Ele aumente nossa FORÇA DE ESPÍRITO!

Ser não violenta (o)... é questão primordial para a felicidade tão sonhada...
As posses temporárias são perecíveis...
O violento não dura para sempre... se extingue como palha levada ao vento... tenho visto também!!!

A simpatia, o amor, o coração, a alma... conquista para sempre... eternamente...

A SUAVIDADE DO AMOR É QUE O TORNA POSSÍVEL...
Sentimento de raiva não nos deixa felizes... só serve para corroer nosso ser...
Na terceira Bem-Aventurança estive durante muito tempo... mas se refletir sobre os demais que não choram por medo... os que temem o sofrimento... e os que não abrem seu coração em hipótese alguma... afirmo que sempre fui feliz, posso dizer...
As lágrimas me deixam sempre serena...
Na quarta Bem-Aventurança me encontrei um belo dia, há vinte anos atrás... quando num Mosteiro Beneditino, pude fazer minha entrada no Caminho da Oblação...
É possível sim alcançar a felicidade... tenho experimentado...
O não se acovardar diante dos fatos injustos é bom sinal de estar nela...
Quanto à quinta Bem-Aventurança, a Bondade, a Compaixão, a Misericórdia... a benignidade... é um modo de agir, ultrapassa uma disposição interna... a sensibilidade... estar com os míseros... é empenho de verdade!


Como trato os demais... como ajo em relação a eles?
Na mesma medida serei medida, certamente...

Na sexta Bem-Aventurança... se tenho boa conduta... sou pura de coração... não me sinto manchada em nada...
Deus é amor mas é exigente... lógico!
Não somos inertes... quando conformamos a Vontade d'Ele com a nossa... tudo dá certinho...
não nos basta termos boas intenções...
Afastamento da malícia... da maldade (é o que vemos por todo canto)...


Peçamos a graça de sermos promotores da paz...

Que não andemos vivendo por aí a pôr fogo na fogueira... lenha... nas discórdias!



Tenho experimentado que todos nós precisamos estar constantemente antenados aos desejos divinos para cada um de nós... Assim tomaremos decisões em base às escolhas acertadas que fizermos no dia a dia...

Quando eu era muito jovem... na flor da idade... na imaturidade de uma dúzia e meia de anos... fiz opção de vida... creio eu ter acertado... ou melhor: Deus escreveu certo por linhas tortas...
Minhas escolhas me fizeram ser como sou... com tudo o que implica em sombras e virtudes...
Mesmo tendo feito escolhas mal feitas... em minha tenra idade... cumpri com minhas obrigações... era o mínimo que podia fazer...

Decisões trazem sempre reações... umas desagradáveis... outras não...

Sofri muito em horas erradas... escolhas errôneas... mas acolhi decisões para o resto de minha vida... elas são ainda meu sagrado alimento no meu dia a dia...
Chorei uma vida quase que inteira... estive secamente enganada que me iriam entender... que fosse respeitada pelos que me rodeavam... críticas mil... enganei-me!
Paciência! Arrependimento não tenho... meus filhos são tudo para mim... Deus me foi de uma fidelidade sem limites...

Mar de sofrimento... dores intermináveis... não se comparam às alegrias de ser mãe...
Sobrevivi aos obstáculos... um por um... estive só... muito só... na dor todos se vão...

Comecei a fazer por mim o que ninguém mais faria... tive ajuda sim... de alguns poucos que me queriam bem...
Adversidades foram sendo saltadas... vencidas... com coragem e "paciência de Jó"...
Até hoje nem sei explicar o que vivi... como diz meu padrinho: destino!

Deus não interferiu no processo que pontuou a minha vida para o meu crescimento interior... como Ele é sábio!



5 comentários:

  1. Me faz muito bem te ler sabia? PArabéns pelas palavras.
    Que nos afastemos de tudo que nos faz mal e tenhamos sempre Jesus no coração.

    Lindo dia!
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Muita linda sua demostração de Fé amiga seja sempre assim firme na sua fé, um monte de beijos a vc.

    ResponderExcluir
  3. ola passe por recomendação do blog um pouco de mim fico feliz de fazer parte da sua amizade tem aqui frases e textos muito sensatos e que nos faz reflectir um beijinho

    ResponderExcluir
  4. Belíssimo post, amiga! Transmitiu muita paz!
    Bjkas, muitas!

    ResponderExcluir
  5. Tuas mensagens , passando essa fé toda, são maravilhosas!beijos,lindo dia,chica

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...