terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Saúde Mental


CAMINHADAS PARA A SAÚDE MENTAL

A GENTE SABE MUITO BEM QUE ESTA VIDA É UMA CAMINHADA DE FÉ...

As pré ocupações são oriundas, muitas vezes, da falta de fé...
O tédio pode apossar-se de nós, mesmo sendo cristãos... alguém pode rejeitar o que falo, mas tenho visto... em MUITOS... e em mim ele me "assedia" lentamente... é preciso ter olhos bem abertos... o "assédio" pode ser consentido e aí sim fica bem pior: um caos!
O descanso é necessário para uma boa saúde mental... todos sabemos bem...
Trilhando esta senda, vamos nos abrindo a um mundo novo... vamos vivenciando um frescor de ares novos... visualizando matizes tênues ou fortes e nos envolvendo totalmente com o inusitado...

HOJE, por exemplo, estou no AZUL... combinei com uma amiga de sentir e escolher a cor a dar no dia de hoje e depois partilhar... Logo na madrugada, momento em que me vem a melhor inspiração, pude dormir já consciente da cor a dar ao meu novo dia que apenas estava começando a alvorecer... ACORDAR = COR A DAR...

A sensibilidade me deixa fluir livremente em minhas emoções, sensações, sentimentos... desafoga meu ser... liberta-me da opressão, da tirania, da mesmice do pensamento incessante... repleto de ansiedade e sofreguidão...
Nesta semana experencio a calmaria... portanto o azul é bem condizente com minha realidade atual...
Tenho descansado bastante, é férias... que ótimo!
Apesar de que não tenho saído do "meu lugar comum", do "meu cantinho"... mas, certamente, vivo como me disse um e-mail recebido à noite: A VIAGEM... ao interior (meu ser) e não só aos "exteriores"... como fuga, tão e simplesmente...

Saborear a minha própria "casa" e me sentir "em casa"...

A inércia do menor esforço deve ser vencida sempre... custe o que custar, tenho me esforçado para resistir a tentação de fugir... para o mais cômodo, é desgastante em princípio, mas depois vem o fruto do almejado quando se persevera... é gostoso demais!
As necessidades prementes da vida nos põem em xeque mate... mas, é necessário ter sabedoria para afastarmo-nos, de vez em quando, das Resistências que nos querem sucumbir...
Pressões, mágoas, memórias entristecidas do passado... tarefas não alcançadas ou interrompidas abruptamente... expectativas futuras e precipitadoras de fins... que desgaste é!
CAMINHAR... Pedalar... como quisermos chamar... mas PERSEVERAR...
Tirar férias!
De tudo o mencionado acima... e de mim mesma, do meu egoísmo... do meu próprio querer...
Abrir-me a uma dimensão maior do mundo... distanciar-me... ter a dimensão real e não fantasmas cerebrais imperando em mim...
Quando faço minha caminhada pela manhãzinha, sozinha, em lugar bem calmo... junto da natureza e do mar... me sinto aliviadíssima...
Não pratico só exercício físico... mas por trás deste condicionamento cardio vascular, está meu descanso de mente e espírito... mais importante ainda...
Vejo pessoas que correm e se desgastam, numa caminhada aeróbica tremenda, que talvez não corresponda às suas expectativas de recuperação do profundo do seu ser, que é um misto de todas os níveis, não só do físico...
Não perco minha sensibilidade em saborear um coqueiro que se balança ao vento... a cor extasiante do mar... me "toco" pelo belo que vislumbro e agradeço diariamente ao Deus que nos criou para apreciarmos a sua Beleza refletida na Criação...
Tenho necessidades intelectuais, certamente, mas a hora de caminhar para a minha saúde mental me restaura, não perco a oportunidade...
Quando a faço com as amigas, à noitinha, no verão, é outra história, às vezes, andamos rápido, outras mais devagar, dependendo do "quadro" de todas... À luz artificial não nos permite penetrar na escuridão mar adentro... portanto já é outro tipo de Contemplação...
Nesta hora de caminhar saudavelmente, nada de pensar no aspecto financeiro... discussões sofridas, orçamentos apertados... conflitos... fatos e expectativas... é tirar a viseira mesmo...
Mas, podemos chegar a um estágio, que é Graça, de superar as observações da caminhada e sermos mais sutis... e refinados... é atentar ao que o Espírito nos direciona e nos diz...Acolho sempre, com atenção, as Impressões me dadas por Ele... as Inspirações me vêm com mais facilidade... fico solta e à mercê do divino que há em mim...
Fico receptiva e aberta aos seus Apelos... me sinto serena e alegre... esteja passando o que estiver... é incrível!
Cessam as reflexões...
Ah! se não fossem estas "pequenas pausas" no meu dia!
Sou reciclada, sou renovada... pela Força de Deus, Senhor da Criação... Competências são otimizadas em mim...
Esta é a nossa diferença para os irracionais: temos a capacidade de rever paradigmas... procurar atingir níveis mais altos de maturidade e lucrarmos com a nossa saúde mental "em alta"!
Obrigado, Dr. Paulo César, por palavras tão sábias no texto em que me espelhei, depois de saboreá-lo, para me posicionar no contexto atual em que vivo...

CAMINHAR SEMPRE... SEMPRE CAMINHAR!

Às diversas "caminhadas" estejamos susceptíveis... para nossa ótima saúde mental e espiritual!


Um comentário:

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...