quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Retrato de Mãe



Sou uma simples mulher, pensando bem, sou menos ainda...


Parece que todo problema dos mais jovens é fruto mesmo da imaturidade. Ela um dia chegará. Acho que o segredo para ser um bom pai ou uma boa mãe é ter paciência e complacência, esperando que um dia o juízo pleno apareça nos filhos. De resto, é como disse a canção:


"Você culpa os seus pais por tudo,
Isso é absurdo.
São crianças como você.
O que você vai ser,
Quando você crescer".]

Só existo pela imensidão do meu amor... pois é Deus quem me dá a possibilidade de dá-lo...
A constância na minha dedicação aos filhotes, me faz ser, desde moça, uma anciã... e, tendo uma idade já razoável, ainda reside em mim as forças da juventude...
Quando fico ignorante num assunto... me vem a Sabedoria a realçar meus atos...
Vou desvendando os meus segredos e os dos tesouros que Deus me concedeu...
Quanto mais sabedoria, mais vou ficando simples e me relacionando melhor com eles.
Me enriqueço com a felicidade deles...
Me empobreço se o coração deles não está feliz...
Viro uma leoa para defendê-los... mesmo eu sendo muito fraca...
Consciente de que, viva, não é totalmente revelado para eles meu valor... mas consciente também de que, morta, eles darão a medida certa para o aperto dos meus abraços... as palavras dos meus lábios...
Não podem exigir-me nada além de ser mãe...
Ensopo meus travesseiros e lençóis só de pensar que possam não estar tão bem...
Filhos não passam só no nosso caminho...
Ainda em vida seus beijos e abraços me cobrem a fronte de FELICIDADE... sou uma pobre viajante neste mundo... recebo hospedagem suntuosa no coração deles e lhes deixo simplesmente o meu retrato de mãe impresso em suas vidas e em seus corações...


0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...