sábado, 11 de dezembro de 2010

Calendário do Advento (XI)



Um Natal para ficar na memória da gente...

Ainda sobre a referida revista que mencionei ontem, sigo postando outros pontos que lá achei e me pareceram bem concernentes ao Tempo que vivemos...
Encontrar uma forma criativa e divertida para celebrar a data cristã... driblando questões como distância de pessoas amadas...
Não deixar que sentimentos típicos de Natal passem em branco...
Blog, skype, webcan, tel, cel, foto blogs... várias maneira de interagir com parentes e amigos do coração...
É só colocar o lado criativo para trabalhar que ideias diferentes logo surgem...
Solução inusitada para ser um tempo feliz é indispensável...
Cenário adequado para celebrar é tradicional...
Cantata de Natal...
Vou participar de uma no próximo domingo... estamos bem afinadas... é para encantar o coração da gente...
O certo é que exige de nós FLEXIBILIDADE...
Respeitar tradições e credos de cada um...
Chegar a um senso comum para comemorar o Natal...
Aspectos afetivos e gastronômicos são ressaltados... comer junto é partilha... é amizade... é parceria...
As festas de Natal em minha casa, quando criança, sempre foram maravilhosas... o cheirinho de vinho no abacaxi... (e suave...) meu pai adorava e eu aprendi a gostar muito porque me identificava em tudo com ele...
Ainda hoje sinto, quando entra dezembro, o cheirinho de tal prato natalino...
Têm outros aspectos que não me deixaram desencantada com este lindo período natalino que chega... de mansinho... ainda que nas ruas seja muito agressivo o burburinho...
A família reunida pois minha avó Celina morava conosco... que saudade da minha madrinha linda e santa!
O espírito natalino no sentido de curtirmos algo com as pessoas que amamos...
Não permitir que depois do começo mágico numa amizade linda... (seja entre amigos ou familiares...) desdobre-se em humilhações até mesmo públicas...
É Natal!A bebida alcólica não pode ser o ponto forte desta data especialíssima...
Mesmo oculta, a força está sempre no coração da gente, a do amor entre nós...
Um aperto de mão vale muito mais do que mil palavras ditas por cortesia sem sentimento profundo...
A vida é o que a gente faz com ela... muitas vezes...
Natal é tempo de sonhar... trabalho difícil e extenuante, às vezes...

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...