terça-feira, 8 de setembro de 2009

Subindo Para Jerusalém (II)


Ontem visitamos o túmulo do meu pai... colocamos flores brancas... eu havia sentido o perfume do jasmim pela manhãzinha... minha filha chega com as flores... Coisas de Deus!
Tenho certeza interna, uma convicção de que a presença física do meu pai se transformou em espiritual... Isso me assustou no início... havia pensado que não iria suportar... humanamente falando... não chorei o suficiente quanto queria ter chorado... tive muito medo de não ter trabalhado o luto no coração e no emocional e ocasionar no meu ser um trauma para o futuro... mas é mesmo como meu amigo me disse:
"Nós temos proteções naturais que nos protegem dos grandes traumas. Há uma espécie de anestésico produzido pelo corpo e que é lançado na corrente sanguínea quando sofremos um ferimento muito grave. Já ouvi diversos relatos de pessoas que não sentiram uma dor proporcional à extensão do ferimento devido à ação desse anestésico ...
...da mesma forma, acho que há proteções naturais contra os traumas psicológicos. Parece que em algumas ocasiões há a ruptura de um fusível para evitar um dano maior ao nosso psiquismo. Em um aparelho elétrico ou eletrônico, quando há uma sobrecarga de energia, o fusível se rompe para proteger partes mais vitais do aparelho."
(assim ocorreu mesmo comigo...)

Ontem à tarde viajamos com minha filha e família para continuar seguindo o ritmo de ficarmos unidas nesse período especial... estamos aqui neste lugar de clima ameno... região bonita demais... Domingos Martins é belíssimo! O neto caçula não nos deixa ficarmos tristes de forma alguma, pelo contrário, fala do bisavô como se nada tivesse acontecido... é criança e feliz de quem sente como as crianças, como já nos ensinou Jesus...

Hoje é extensão do feriado, pois é aniversário de Vitória, capital antiga do nosso Brasil e que tem muita beleza... Vivendo aqui por quase quinze anos, estou sempre falando aos demais por onde passo que aqui é tão bonito como o RJ e sei que lá, minha terra natal é tudo muito lindo e comprovadamente dito pelo mundo, mas não menosprezo este Estado que me acolheu e onde muito aprendi em todos os níveis durante estes últimos anos...

Hoje prossigo com o Tema iniciado nestes dias passados e sei que temos muito o que falar em relação a ele, este livro que me inspira nestes dias, foi um marco no início de minha caminhada espiritual: Manuel Iglesias, SJ é simples e fala com experiência dos Mistérios de Cristo, nos envolve aos que também nada sabemos...

A FÉ DO VIOLEIRO: sinto que preciso ter Fé para aprender tudo... a fé muda minha tristeza em alegria... o meu medo em coragem... e só Deus sabe o quanto de tristeza e de medo tem dentro de mim por estrutura, no entanto, todos me dizem ser alegre e corajosa... é o que chamo de Bondade de Deus... é o que chamo de Vida no Espírito, que é para mim, pura Graça!
Sempre que tenho alguma preocupação, paro um tempinho... olho o que me habita... esquento a cabeça mas volto a tranquilidade, não por meu mérito, mas por Delicadeza Divina...
Estudar Teologia não me deu essa Transcendência... estar na Presença de Jesus de Nazaré é envolvente demais e sei que é Gentileza d’Ele... Passo sempre do menos (eu) para o Mais (Deus em mim)... Ele, o que me resgata... quando estou perdida... A isso chamo de estar vivendo... achar Deus é o sonho mais nobre que temos... mas só na Teoria não me basta... viver a experiência pascal é o que me proponho... contando sempre com a valia d’Ele...
Fé viva é a recuperação da minha dignidade... o Deus vivo em mim... Ele é um "intrometido"... Ele identifica meus interesses... preocupações... expectativas e me ajuda... me entende... vibra comigo, como um violeiro com a corda do seu violão...
Esse Deus que me aparece sempre, no cotidiano, no dia a dia, me dá coragem, me muda, caminha comigo e me leva PARA JERUSALÉM...
Mas o leitor desse blog deve estar perguntando o que tem a ver Jerusalém, comigo... é como se fosse um pano de fundo da minha própria vida... sempre foi assim... JERUSALÉM não é desconhecida por mim... muito mais do que um lugar geográfico... tem um significado especial para mim...
A minha Jerusalém é onde Deus me propõe... é variada...
Meus sentimentos atuais vão da SAUDADE à alegria... a subida é árdua e corajosa...
A resposta para minha vida não está pronta, tenho certeza disso!
O Senhor sempre me surpreende... Ele me quer da condição de discípula triste, que repete rotineiramente algumas mensagens... para a alegre discípula que contagia por ter experimentado uma nova vida... com mais profundidade há dezoito anos... em relação à ESPIRITUALIDADE INACIANA há treze...
Ele deseja que eu passe do conhecimento desfigurado d'Ele... da confusão de toda ordem... da ambiguidade de vida... à LUCIDEZ!
PRECISO ESTAR ATENTA ÀS:
MOÇÕES DELE PARA MIM... AS LUZES DE DEUS ME SÃO VALIOSAS DEMAIS...
Deus se aproxima de mim...
As ideias informam minha mente... mas os fatos vividos me formam...
EDUCAR É ENSINAR A PENSAR! Deus me ensina sempre a pensar com o coração, ou seja, por inteiro em todos os fatos...
Rezo... lembrando... ouvindo...
Comparo a um encontro ente amigos humanos o Encontro com o DEUS vivo a quem procuro seguir por graça d’Ele mesmo: a hora da minha oração é esperada como o Pequeno Príncipe dizia com tanto carinho: SE VOCÊ VEM AS QUATRO... AS TRÊS EU COMEÇAREI A SER FELIZ!
Jesus é o TESOURO na minha vida... uma pérola preciosa que me encontrou...
Ele me mantém em sintonia com Ele... eu vibro... com o Projeto d’Ele para mim... sempre querendo o meu bem...
Ele me amou e serviu primeiro... Me lavou os pés cansados de viver... Ele me ama!
SEI QUE SOU dom, imagem e semelhança de Deus É PRECISO ESTAR ATENTA A ESTE GRANDE COMPROMISSO...
Termino este dia com este poema de uma criança de apenas dez aninhos:

O bambuzal e o homem

O bambuzal é lindo
com o vento soprando, mais ainda
O homem é lindo
com DEUS falando mais ainda.

O bambuzal é grande
com o vento, mais ainda
O homem é grande
com DEUS mais ainda.

O bambuzal só tem vida
se o vento sopra
O homem só tem vida
se de DEUS gosta.



Um comentário:

  1. É interessante essa questão de sentir o perfume de flores... bem ecumênino isso!
    De tudo devemos tirar proveito, até das dores.
    Tenho certeza que Murilinho não dá espaço para tristezas.
    Bjs.

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...