domingo, 14 de julho de 2019

Cantinho Espiritual do Leitor ( Aleska Lemos)




💙Estimados amigos do blog 💙



Com essa série que não só divulga blogs amigos que interagiram comigo ao longo de quase uma década como também quer ser grata a todos.
Sempre as segundas, um amigo muito querido estará por aqui no Cantinho Espiritual do Leitor.
🖊📘
Busquei textos onde me identifiquei.
Agradeço a todos que deixarem um carinho aos amigos  do dia.
🙏🙏🙏
O critério que escolhi desta vez foi o da antiguidade com que apareceram em meus comentários e ficaram raízes em meu 💙  
Assim que os mais novos amigos estarão por aqui no segundo semestre, com igual carinho e predileção. Tive que ir por um critério sem parcialidades. Todos são iguais em laços que se fortalecem com o desenrolar   dos anos.
Tenho já programado o primeiro semestre com textos dos amigos mais antigos do blog e meus, reforçando.
🙏🙏🙏

É muito boa e saudável essa partilha  de links e textos em prosa ou poesia... Vamos  nos conhecendo e nos enriquecendo com nossa família virtual que é tão cara para nós. 
🙏🙏🙏

Com o reinício desta nova série, meu blog e eu estaremos já nas comemorações dos 10 anos deste blog que me devolveu voz  e vez três...

🌻🌼🌷🌹🌺💐🌸🏵



Sou muito grata à amiga Aleska por ter facilitado uma Antologia onde participei com dois contos de cinco páginas na época, sobre a Violência Contra a Mulher e me incentivou a publicar outros livros, fui perdendo  o  medo.
Hoje, não bloga mais, mas é uma excelente escritora, mesmo assim. Sou-lhe grata! 

Envelhecer

Sempre tive medo de envelhecer. Não, minto, depois que envelheci que adquiri essa fobia.
Não é exatamente uma vontade de permanecer bonita, daqueles tipos de beleza que exalam o frescor da pele e fazem os homens loucos (até porque nunca tive paciência para essa exibição).
O medo é de ter que mudar, me adaptar a um novo papel que infelizmente já vem se avizinhando. Como eu poderia deixar de ter um espírito jovem e brincalhão para ser séria e responsável? Minhas desculpas estão acabando enquanto a coluna me cobra uma nova postura (para não me travar na cama e na vida).
O mais apavorante, entretanto, é olhar para o que gostava antes com um certo distanciamento. Há um bom sentimento de nostalgia, mas parece que aquilo não mais te pertence, ou você que não pertence mais a ele.
Não há mais aquela fé ingênua de que tudo vai dar certo e não se sofre mais de amor como antes. Taí uma vantagem ao menos: as dores não são mais tão profundas, mas fica a dúvida: estarei me tornando uma pessoa rasa? Ou apenas mais forte? É normal não ter grandes sentimentos em relação a nada? Tudo vai ser sempre assim tão morno como um mingau esquecido na mesa ou às vezes teremos momentos de uma intensidade verdadeira?





Rumo aos 10, se for da Vontade de Deus!
🙏🙏🙏

Mês de Janeiro:

Chica

Maria Luísa Saes

Elys Vianna

Toninho

Mês de Fevereiro:

Xunandinha

Norma Emiliano

Claudete Herculano

Calu Barros

Mês de Março:

Clara Lúcia

Jeanne Geyger

Lucinha

Meri Pellens

Mês de Abril:

Anne Lieri

Débora Acácio

Luconi


Aqui, encerramos nosso quarto mês de homenagem gratidão, onde os amigos mais antigos (mesmo tendo parado de blogar, continuam sendo meus amigos) estão sendo ressaltados.
Agradeço, em especial, aos amigos que não vêm só no seu dia e prestigiam a todos os amigos irmãos da nossa família virtual.

Hoje estou aqui:



24 comentários:

  1. Muito bom!! Amei tudo. Parabéns pela sua alma bondosa!
    *
    Seria um sonho tornado realidade...
    Beijo e uma excelente semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia de paz interior, querida amiga Cidalia!
      Deus e bondoso!
      Muito obrigada pelo seu carinho.
      Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

      Excluir
  2. Excelente texto para reflexão. O segredo estará talvez em saber envelhecer com sabedoria… É muito difícil.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia de paz interior, querida amiga Graca!
      Que comentario sabio!
      So Deus para nos dar sabedoria.
      Tenha dias felizes!
      Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

      Excluir
  3. Parabéns a Aleska um texto repleto de questionamentos reais! Eu creio que com o envelhecer minha fé ficou mais forte, cresceu porque agora é uma fé solidificada através de tantas batalhas vividas. E hoje sei que as batalhas que
    julgava ter perdido foram as que mais me ensinaram. Então estas batalhas se tornaram vitórias, Outras que perdi foram as batalhas com os defeitos de minha alma, as doenças da alma, Algumas doenças amenizei outras venci e me curei mas outras ainda não venci, as reconheço e ainda luto para as vencer. Não posso mudar o passado, dele guardo o que aprendi e vivo o presente conforme a correnteza do rio se apresenta, não luto mais com a correnteza. Os meus passos se tornaram lentos e a eles me adapto. Tudo tem o tempo certo e ao tempo dou tempo. Linda postagem Rosélia! Adorei ler, muita reflexão! Obrigada Rosélia e Aleska! Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde de paz, querida amiga Luconi!
      Ela é bem nova e já sabe discorrer como uma anciã pela sua sabedoria... muito bonito e escolhi por esta razão também.
      Lindíssimo o texto e seu comentário fez jus amiga.
      Muito obrigada pelo seu carinho e contribuição sempre generosa.
      Tenha dias felizes, minha amiga!
      Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

      Excluir
  4. Olá rosélia, o post está maravilhoso com belos relatos
    e imagens sobre a questão do envelhecimento: desde criança
    convivo com o envelhecimento a minha mãe visitava um asilo
    e eu ia junto depois vi meus pais envelhecerem depois meus irmãos amigos
    e eu.. talvez não tenha chegado na curva de Gaus ainda k, mas vejo o envelhecer
    como uma tranquilidade emocional que vai se adquirido querendo ou não k.
    Em determinadas vezes não é um acomodamento e sim preferências de ser ou não; ter ou não k; Quando Dalai Lama visitou os EUA pela primeira vez chegou na frente de uma vitrine e começou a rir, então lhe perguntaram: mestre está rindo de que? então ele disse: estou rindo porque não preciso de nada disso. o envelhecer é isso... escolhas dentro do melhor ou do pior que se viva. Quería ter a sabedoria dos mais velhos
    quando tinha 30 anos k.

    Obrigada pela sua presença lá na casa.
    Tenhas uma boa entrada de mês de Maio.
    PAZ E BEM.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde de paz, querida amiga Jannice!
      Está sim maravilhosa e fiquei feliz como caiu bem aqui... faz parte da pessoa espiritual saber envelhecer, sem traumas, sem complexos, sentindo-se nem pior nem melhor...
      Bonito e bem formulado seu comentário e muito enriquecedo também a postagem.
      Muito obirgada pelo seu carinho incentivador.
      Vejo como um grande sabedoria é saber calar os prórpios dsejos em função de se feliz e fazer também... não querer ter razão de mais nada... assim estou... deixo cada um na sua, peço mas não me vejo no direito de exigir nada de ninguém... cada com sua consciência.
      Vou lá em seu blog com prazer ver seus passeios e netinhos lindos.
      Tenha dias felizes!
      Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

      Excluir
  5. O Vai dar certo... não é necessariamente uma fé ingênua.
    Palavras são como mantras ou orações de tanto repetir podem se tornar realidade;
    e pra nós seres humanos ainda é o melhor a se fazer.
    Querendo ou não k, vibrar pelo melhor k.
    Desculpe... eu não sou de muitas palavras nos blogs mas gostei do post e quis desta
    vez melhor contribuir k.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, calro! É pensamento positivo que nos cai muito bem e também a questão de já termos vivido e visto a coisas acontecerem de repente, sem mão humana e sim, divina... nisso creio muito.
      Que lindo isso das palavras serem mantras... eu acredito sim... e como...
      Eu repito o que faz o outro feliz para que ele creia no coração e não só no entendimento o que seria muito pouco pois não se valoriza tanto papo cabeça.
      Vibrar pelo melhor, que beleza imensa!
      Que qualidade na sua contribuição, amiga, muito obrigada, uma vez mais.
      Não é preciso ser de muitas palavras... mas, quando elas vêm com este bom tom, são maravilhosas e sejam bem-vindas!
      A efemeridade com que vive a maioria faz-nos ter medo de falar o que sentimos... que pena! Por mim, continue assim aqui e nos meus blogs que aprecio quem tem a coragem de ser o que é sem fingir para agradar a maioria tão sem conteúdo de hoje que se realaciona com símbolos ou meias palavras sem graça ou rotineiras... haja coração!
      Tenha dias abençoados, amiga!
      Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

      Excluir
  6. Boa tarde minha Amiga,
    Um texto de que gostei imenso que me faz refletir, pois já me encontro no mesmo barco;))!!
    Que Deus nos ajdue nesta fase da vida!
    Saber envelhecer é também um ato de amor próprio.
    Beijinhos fraternos e muita paz no seu coração.
    Ailime

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde de paz, querida amiga Ailime!
      Estamos no lindo barco da idade melhor e feliz com maturidade e serenidade...
      Ele ajudara sim, amiga... Ele nunca nos falta
      Muito obrigada pelo seu carinho.
      Tenha dias felizes!
      Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

      Excluir
  7. Já passei lá no Art and Kits... Realmente não há que rir da diferença, há mais é que sorrir-lhe.

    É bom fazer homenagem aos amigos. Gosto muito dessa música da Taizé: Nada te Turbe!

    Beijinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde de paz, querida amiga Fá!
      Fico muito feliz de que esteja vindo em meus blogs e honrada com sua presença tão suave.
      A vida é para sorrir sempre que possível e esforçar-se para ir além...
      Sim, aprecio homenagear desde o início do blog, querida.
      Taizé é uma Comunidade Ecumênica maravihosa de muita unção.
      Tenha dias felizes!
      Muito obrigada pelo carinho de sempre.
      Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

      Excluir
  8. Belíssimo texto, com o qual só nos podemos identificar. Parabéns, Rosélia, por mais esta homenagem.
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa Noite de paz, querida amiga Márcia!
      Muito obrigada pelo seu carinho de sempre, amiga.
      O texto é belo e muito bem escrito, por sinal.
      Amo agradar, com sinceridade de coração, aos amigos do meu blog que me incentivaram desde o início.
      Tenha dias alegres!
      Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

      Excluir
  9. Bom fim de noite querida amiga!
    Não tive o prazer de conhecer na ativa o blog da amiga, mas pela partilha percebe-se que é um espaço inspirador e incentivador. Justo destaque nesta galeria.
    Meu abraço para vocês.
    Bjs de paz no coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite de paz, querido amigo Toninho!
      Sim, amigo, ela escreve muitíssimo bem e é uma pesosa carinhosa. Conhecia-a na vida real e é de uma delicadeza extrema. Era do grupo de amigas do RJ sempre presente nos lançamentos simples dos meus livros. Saudade de todas de lá.
      Muito obrigada pelo seu carinho incentivador!
      Ela é uma jovem escritora. Tem um potencial incrível!
      Tenha dias felizes!
      Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

      Excluir
  10. Envelhecer..como se desdobra o conceito para cada um de acordo com sua vivência nõ é mesmo? entretanto quem não teme essa etapa pela qual somente os predestinados chegam lá?Pensar assim já é confortável se soubemos ter o que oferecer de melhor que é a experiência de vida que tivemos.O corpo muda, independente das plásticas ( nada contra) , do botox ou ácidos( tudo faz parte) , mas somente nos torna "mais apresentável" aos outros, que as vezes nem sabiam como éramos antes de conhecê-los, entenderam?os tabus e "pré conceitos" estão dentro de nós mesmo, que por nos amarmos nas etapas anteriores não nos achamos, diante das limitações atuais, tão mais interessantes assim. O que vale agora é o que realmente somos e construimos e somente isso importa. A amiga escritora não se comprazia nisso, maravilha de comportamento,mesmo com as ponderações aqui colocadas . É uma pessoa forte, corajosa e nada RASA! Entende e coloca perfeitamente o sentimento que perpassa por todas nós ao envelhecer.Parabéns a Rosélia pela escolha do post da autora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde de paz, querida amiga Claudete!
      Que beleza imensa seu comentário!
      Entrou no espirito do texto da escritora Aleska Lemos...
      E uma nenina que me encantou demais. Infelizmente não bloga mais por motivos justos. Estuda e muito. Dedica-se as letras, história e outros.
      Como disse acima, noutro comentário e bem como você falou: nada RASA... Um exemplo para os jovens de hoje. Nota-se pelos seus escritos sua profundidade.
      Muito obrigada pela linda participação, querida amiga.
      Muito me honrou seu parecer tao relevante.
      Deus a abencoe!
      Tenha dias felizes!
      Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

      Excluir
  11. Uma belíssima publicação, de agradecimento e de reflexão...
    Envelhecer... algo que ninguém gosta de sentir na pele... mas que é inerente a continuar vivendo!... E só envelhecendo... podemos continuar somando... tantos momentos preciosos da nossa vida!...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderExcluir
  12. Boa noite de paz, querida amiga Ana!
    O texto foi muito bem escrito e sei que foi do agrado de quem passou por aqui.
    Que bonito acréscimo colocou aqui!
    Ninguém gosta de sentir mesmo e é na pele... ao vivo e a cores...
    Muito obrigada pelo seu carinho colaborativo.
    Tenha dias felizes!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
  13. Roselia, a Aleska não posta no blog, mas sempre no Instagram
    Agora posta seus desenhos muito bonitos

    Tive que rir mansamente quando li sobre o mingau morno. A quem goste de mingau morno e frio
    pois assim,o sabor fica mais acentuado. Quando quente é sorvido tão rápido que mal se sente o sabor ...
    rsrs

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite de paz e Amor, querida amiga Zizi!
      Eu sei... mas ela participou de inciativas minhas aqui no blog e o objetivo dessa série é essa, valorizar quem me prestigiou ao longo destes 10 anos...
      Que bom tê-la por aqui, já vai chegar seu dia muito em breve, duas antes de você, amiga.
      Muito obrigada pelo seu carinho de sempre.
      Tenha dias felizes e abençoados!
      Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

      Excluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...