sábado, 15 de julho de 2017

Mosteiro São José - Itapecerica da Serra - SP


Adentrando por estradas novas e desertas, em busca de paz e do bem...

O Senhor é minha luz e salvação,
de quem eu terei medo?



O Senhor é a salvação da minha vida; perante quem eu tremerei?



Meu coração  fala convosco confiante
e os meus olhos vos procuram.


Poderosa é vossa mão, é sublime a vossa destra.



Senhor, é a vossa face que procuro,
Não me escondais a vossa face.


Exultará de alegria em vosso nome dia a dia
e com grande entusiasmo exaltará vossa justiça.


Quão feliz é aquele povo que conhece a alegria!


Vós fundastes o universo e tudo aquilo que convém.


De geração em geração eu cantarei vossa verdade.


Que eu ande na presença do Senhor,
na presença do Senhor na luz da vida.


Minha Mãe amada e santíssima, sempre me protegendo de todo mal...


Confio em Deus e louvarei suas promessa;
é no Senhor que eu confio e nada temo.




Eu, então, hei de cantar vosso poder
e de manhã celebrarei vossa bondade.


Deus virá com seu amor ao meu encontro.


Seja bendito o Senhor Deus que me mostrou 
seu grande amor numa cidade protegida.


Minha força é a Vós que eu dirijo,
Porque sois o me refúgio e proteção.


Amai ao Senhor seus santos todos,
Ele guarda com carinho os seus fiéis.


Exultai no Senhor nossa força
e ao Deus de Jacó aclamai!


Fortalecei os corações, tende coragem,
todos vós que ao Senhor vos confiais.



Seja bendito o senhor Deus que me mostrou
seu grande amor numa cidade protegida.


Em vossas mãos, Senhor, eu entrego meu espírito.


Vosso amor me faz saltar de alegria...


Sede uma rocha protetora para mim,
um abrigo bem seguro que me salve.


Senhor, eu ponho em vós minha esperança;
que eu não fique envergonhado eternamente.


Sois vós o meu auxíliio.


Ensinai-me, ó Senhor, vossos caminhos
a mostrar-me a  estrada certa.


Sei que a bondade do Senhor eu hei de ver na terra dos viventes.


Todas as nações virão a Vós,
porque só Vós sois o santo.


Dom Plácido, OSB


Muitos justos virão rodar-me por todo bem que fizeste a mim.


Sois Vós meu abrigo, minha herança na terra dos vivos.


Em voz alta eu imploro,
em voz alta suplico ao Senhor!


Meu coração não me deixeis inclinar-se
às obras más nem às tramas do crime;
que eu não seja aliado dos ímpios.


A Vós, Senhor, se dirigem meus olhos,
Em Vós me abrigo; poupai minha vida!


Minha oração suba a vós como incenso
e minhas mãos, como oferta da tarde.


A Vós, Senhor, se dirigem meus olhos,
em vós me abrigo: poupai minha vida!


Feliz  povo a que isto acontece
e que tem o Senhor por seu Deus!


Um canto novo, meu Deus, vou cantar-vos.


Ele é meu amor, meu refúgio,
libertador, fortaleza e abrigo.


Bendito seja o Senhor, meu rochedo,
que adestrou minhas mãos para a luta
e meus dedos treinou para a guerra.


Meu coração por vosso auxílio, rejubile
e que eu vos cante pelo bem que  me fizestes.


Quem tem reto coração
há de ver a sua face.




Justo é o Senhor nosso Deus,
o Senhor amam a justiça.



No Senhor encontro abrigo, como, então, podeis dizer-me:
Voa aos montes passarinho!



Voltando do Mosteiro...


Foi um momento num sábado à tarde de muita unção...

Ainda passamos nas Irmãs Franciscanas:





Eis o meu querido São Francisco que me cuidou desde os 9 até os 17 de uma forma toda especial... no Colégio das franciscanas de Dillingen...




Amo as serras... tão místicas são elas!






Filhos, Jack, vizinha e eu nos deliciamos...



Andando de metrô em SP, um desafio que, outra vez, superei...




Estive lá no ano passado, é lindo demais!




Portas fechadas para a tristeza da Jack...






Mosteiro de São bento em SP...


Voltei feliz... e abençoada demais!









http://www.celasaojose.org.br/

Um comentário:

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...