sábado, 17 de dezembro de 2016

A Arte de Desanuviar a Cabeça


"Muitos dançam sobre o solo...
Mas não na pista do autoconhecimento (território psíquico)...
São deuses que não reconhecem seus limites...
Como podem se achar se nunca se perderam?
Como serão humanos se não se aproximam de si?

Quem são vocês?
Sim, digam-me quem são?

Vazios...
Entediados...
Ansiosos...
Inundados de tranquilizantes...
Não humanos...
Deuses que morrem a pouco...
Deuses que negam seus conflitos"...

6 comentários:

  1. Bonita reflexão ,muitos beijinhos no coração querida amiga.

    ResponderExcluir
  2. Bom sábado, Roselia!!!
    Uma reflexão profunda e tocante... Olhar para dentro de si é preciso, dia após dia... E isso com quebrantamento e humildade... O barro precisa do Oleiro todos os dias!...
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Oi amiga. ..São meros deuses cheios de empáfia...mas se Deus os coloca diante de nós é porque é por esses que devemos orar e resgatar para a glória do Senhor senão onde estará o serviço? Onde estará a Obra que fundamenta a Fé?
    Beijos .

    ResponderExcluir
  4. Nessa inversão de valores... o conflito é inevitável!
    Abraços natalinos, Roselia!

    ResponderExcluir
  5. Rosélia, vi que me seguia e procurei-a.
    E gostei do que li em vários posts.
    Vou tentar segui-la também (está a dar erro) e voltarei de vez em quando para a ler.
    FELIZ NATAL.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  6. Rosélia, que poesia forte! Lembra-me aquela passagem das escrituras em 1 João 1: se andamos nas trevas achando que estamos na luz, nós mentimos e a verdade não está em nós.Quanto menos as pessoas se conhecem ou buscam conhecimento longe da Fonte Suprema, mais é fácil ficar a tatear no escuro. Obrigado pela sua reflexão!
    Beijos!
    http://vivendolaforanoseua.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...