segunda-feira, 13 de julho de 2015

Empurre!



Um homem dormia em sua cabana quando, de repente uma luz iluminou a sala e Deus apareceu.
O Senhor disse que tinha um emprego para ele e mostrou-lhe uma grande rocha na frente da cabana.
Ele explicou que devia empurrar a pedra com toda a sua força.
O homem fez o que o Senhor pediu.
Por muitos anos, dia após dia, desde o nascer ao pôr do sol, o homem empurrou a pedra fria com todo o seu poder, e ela não se movia.
Toda noite, o homem voltava para sua cabana cansado, sentindo que todos os seus esforços estavam sendo em vão.
Quando o homem começou a sentir-se frustrado, pensamentos ruins começaram a entrar em jogo constantemente: "Você tem empurrado essa rocha por um longo tempo e ela nada se moveu."
Estes pensamentos deram ao homem a impressão de que a tarefa que lhe foi confiada era impossível realizar e que ele fora um fracasso.
Estes pensamentos aumentaram seu sentimento de frustração e decepção. Pensou: por que lutar todos os dias para essa tarefa impossível...
Basta fazer um mínimo esforço e isso será suficiente.
O homem pensou naquilo, na possibilidade daquela proposta, mas decidiu elevar uma oração diante do Senhor e confessar seus sentimentos: "Senhor, eu tenho trabalhado duro por muito tempo ao seu serviço. Usei todas as minhas forças para conseguir o que você pediu, mas ainda assim, não consegui uma polegada da rocha."
Por que... Por que falhei...
O senhor respondeu com compaixão e ternura: "Caro filho, quando eu lhe pedi para me servir e você aceitou, eu lhe disse que sua tarefa seria empurrar a rocha com todas as tuas forças, é o que você fez. Eu nunca disse que você devia movimentá-la.
Sua tarefa era de empurrar.
Agora vêm-me sem força para me dizer que você falhou...
Você não falhou.
Agora olhe para você, seus braços são fortes e musculosos, sua parte inferior forte e bronzeada, suas mãos calejadas pela pressão constante e suas pernas se tornaram firmes."
Apesar das adversidades você cresceu muito e suas habilidades são maiores do que antes.
É verdade, você não moveu a rocha, a sua missão era fazer pressão e confiar em mim. Foi o que você fez.
Agora, caro filho,  eu moverei a rocha.

(Extraído do livro: A lavanda Como Caminho - Claudia Obenaus)







Hoje estou aqui:

http://ceuepalavras.blogspot.com.br/2015/07/ceus-daqui-e-da-roselia.html?showComment=1436789520476#c5632750124912481063

3 comentários:

  1. Lindíssimo! Vale iniciar a semana assim! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Haja força e perspicácia para entender os desígnios de Deus quer para nós! Embora já conhecida e muito divulgada nos e-mail da vida gostei de relê-la. Meu abraço de feliz semana!

    ResponderExcluir
  3. Evidente que essa parábola tem grande efeito!
    Deus move nossos rochedos, sim!
    Abraço.

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...