domingo, 10 de maio de 2015

Mãos Vazias






Sinto a mudança...
Que muda, que transforma,
Que me faz viver de novo
Sem pretensões e sem projetos.
Sinto a mudança que me faz repensar a vida,
Vida sem fronteiras de temores,
Sem temores do parecer,
Sem temores da obrigação do vir a ser.
Nada mais importa do que me deixar esvaziar,
Esvaziar sentindo a fraqueza
Do nada ter, do nada possuir,
Mãos estendidas diante do Criador.
Tu me vês, como sou:
Inteira, sem máscaras, sou eu, Senhor!
Preenche-me com teu tempo de AMOR,
Preenche-me com tua graça, dom, gratuidade.
Tu sabes que nada posso Te dar em troca,
Só o vazio das mãos e a entrega de meu ser.
(Marly Amoroso Lima)

FELIZ DIA DAS MÃES!

3 comentários:

  1. .:*♥*:._.:*♥*:._.:*♥*:._.:*♥*:._.:*♥*:.

    Feliz dia das mães!

    .:*♥*:._.:*♥*:._.:*♥*:._.:*♥*:._.:*♥*:.
    bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Linda mensagem, Rosélia!
    Deixo o meu carinho:
    Mãe, colo que acolhe, abraça e ama sem medida.
    Beijinhos e Feliz Dia das Mães.
    Ailime

    ResponderExcluir
  3. Oi Roselia! Feliz Dia das Mães em dobro para ti amiga, afinal, é avó e ser avó é ser mãe duas vezes! :)))))
    Belo poema escolhido, mas a real é que tudo o que temos para oferecer ao Criador é o que Ele realmente almeja. Ele quer essa nossa entrega total.
    Não sei se conseguiria viver de modo tão despretensioso assim, de não ter projetos na vida.
    Beijos minha querida!
    Uma semana abençoada para ti.

    Rivotril com Coca-Cola

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...