domingo, 21 de dezembro de 2014

Refletindo no Advento VII(I)


Devo encontrar saída...
Minha própria transformação, inferno, infortúnio, traumatismo...
acontecimentos infelizes...
Grandes fragilidades...
Não perder a bússola ainda que esteja sem mapa (meu centro interior)...
Experiência do infinito ninguém me pode tirar...
Retornar à terra firme... cumprir minha missão!
Coma profundo... sair do peixe: lugar de purificação...
Passo pelo fogo...
Provações para maior autenticidade...
Medo da autenticidade?
Não fazer o que não amo...
O meu ser qualifica todos os meus atos...
Enfrentar meus medos interiores... aprender a amar a parte de mim que não aceito
Amar a minha covardia para sair dela...
Ser habitada por uma força confiante...
Não tenho mais nada a perder...
Não há mais nada a ser tirado de mim...
Não espero mais nada dos outros...
Podem pensar o que quiserem..
Não temo mais...






4 comentários:

  1. Intensa reflexão e belas fotos! bjs, lindo domingo! chica

    ResponderExcluir
  2. Feliz Natal Rosélia
    e obrigada pelas reflexões que tão bem nos fazem, durante todo o ano,
    Lindo 2015!
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto e lindas fotos!!
    Roselia, desejo a vc e toda sua família um Feliz Natal e 2015 repleto de bençãos de Cristo, beijos.

    ResponderExcluir
  4. Um momento doce e cheio de significado para as nossas vidas. É tempo de repensar valores, de ponderar sobre a vida e tudo que a cerca. É momento de deixar nascer essa criança pura, inocente e cheia de esperança que mora dentro de nossos corações. É sempre tempo de contemplar aquele menino pobre, que nasceu numa manjedoura, para nos fazer entender que o ser humano vale por aquilo que é e faz, e nunca por aquilo que possui. Noite cristã, onde a alegria invade nossos corações trazendo a paz e a harmonia.
    Desejo a você e a todos aqueles a quem mais ama um Feliz e abençoado Natal. Beijokas

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...