sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Refletindo no Advento (II)









É uma felicidade tão grande ver o fruto de um pensar profundo e o produto do trabalho duro?

O valor da vida não depende das horas, dias ou anos que ela é vivida nem do número de pessoas às quais estava ligada, nem do impacto que teve na história humana.

Poucas horas podem ser mais dignas de se viver? 

Diário-
(Henri Nouwen)

4 comentários:

  1. Gostei muito das imagens, Roselia! Uma belo lembrete ao Advento, que costuma ser esquecido. Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Refelxão e fotos muito lindas e graciosas! bjs,chica

    ResponderExcluir
  3. Momentos gostosos e preciosos.

    bkokas =)

    ResponderExcluir
  4. Oi Roselia!
    Adorei as imagens, mas em especial a primeira. Achei bem natalina.
    Acho que dependendo da vida, ela pode ser importante e digna em vários anos (conheço pessoas que oraram anos pela conversão de seus familiares a Jesus e obtiveram a graça), sejam dias ou apenas alguns minutos, que nem chegam a formar uma hora, de grande importância.
    Beijos e bom advento para ti.

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...