domingo, 28 de dezembro de 2014

Questionamentos de fim de Ano (II)


Travessia de todos os medos. 
O contrário do amor é o medo.

Quem sou eu?
Por que eu vivo?
Para que eu vivo?

Tudo o que não faço por amor é tempo perdido.

Vida doada... meu eu fica pleno...

Medo de desejar (desejo simples e belo)
Medo de ser misericordiosa
Medo de ser Deus (Deus é Amor)
Medo de perder o controle

Infelicidade: estar parado...
Felicidade é caminhar.

As bem aventuranças é andar...
Caminhar quando sofremos, quando choramos, ficar de pé mesmo assim...
Nos tornamos mais divinos.
Deitados... torpor, cansaço, estado depressivo... de sono... FUGA...
Melhor vale morrer que viver assim...
Capaz de perdoar o imperdoável.
Olhar materno nem sempre é um olhar complacente.
Não desesperar-me de mim...
O que é justo num momento não é em outro.
Deus deu... Deus tirou...

Deus seja bendito!

2 comentários:

  1. Uma meditação excelente para balanço de um final de ano!
    Feliz Ano de 2015, Roselia!
    Abraços.

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...