sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Rumo à Vida Nova



No fundo de um poço vivia um sapo. Vivia uma vida solitária, acomodada, instalada. sentia-se seguro e confortável, protegido contra ameaças e perigos.
Estabeleceu-se num lugar que considerava sua casa, sua vida, sem presente e sem futuro.
Movia-se num curso estabelecido, num círculo fechado. Não havia mais surpresas, mudanças, novidades. Tudo era conhecido, previsto. Ao meio dia aparecia, às vezes, o sol, a meia noite brilhava uma estrela, quase sempre zumbiam alguns mosquitos. O tédio era o clima geral.
Certo dia, recebeu a visita de um peixe.
- O que há de novo neste mundo maravilhoso de Deus?
- Nada de novo, meu irmão peixe. Cada dia é sempre a mesma coisa.
Sempre neste mundo escuro e poluído, abafado.
- Você está cego, de olhos eternamente fechados.
Você parece estar morrendo no seu próprio túmulo. Você jamais saiu dele.
Quero contar-lhe uma grande novidade:  venho de um rio imenso, cheio de vida, de vitalidade, acompanhada por milhares de peixes, cercado de vales coloridos e montanhas imensas. À margem  do rio cantam pássaros, conversam as árvores, brincam as flores, dançam a pluralidade vertiginosa de pássaros e borboletas; às vezes, sai o sol e nos ilumina com cores fantásticas; à noite, se espelham nas águas brilhos das estrelas. O rio dá vida a milhares de peixes e mata a sede de todos. Gostaria que você abandonasse sua casa tão fachada, sua escuridão e me acompanhasse para conhecer, sentir e viver uma vida nova, emocionante, vida ampla, vida alegre, vida luminosa, para que a plenitude da vida nascesse em você.
- O que você está dizendo?
Você está dicando louco?
Você deve estar sonhando!
Que fantasia incrível!
Não existe outro mundo.
O único mundo que conheço é o mundo onde vivo.
Tudo o mais é conversa mole ou vontade de me expulsar para ocupar o meu lugar.
Me deixe em paz com suas mentiras e fábulas.

Um comentário:

  1. Oi amiga que bom te ver aqui. Ando atarefada. Mas hoje deu um tempinho pra rever voces.
    com carinho Monica
    Vida Nova sempre principalmente a espera da Pàscoa!

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...