sábado, 1 de fevereiro de 2014

O Vinho de Todos



"Numa região vinícola, um pequeno vilarejo se destacava dos outros pelas suas videiras bem cuidadas, que produziam um dos melhores vinhos das redondezas.

Uma vez por ano, o povo celebrava uma grande festa para comemorar a colheita das uvas e o primeiro vinho novo.

A tradição exigia que nessa festa cada morador do vilarejo trouxesse uma garrafa de seu melhor vinho para colocar dentro de um grande barril, que ficava na praça central.

Mas um dos moradores pensou: Por que deverei eu levar uma garrafa do meu melhor vinho? Levarei uma garrafa de água e a esvaziarei no barril. No meio de tanto vinho não se notará a falta do meu...

Assim pensou e assim o fez.

No auge das comemorações, como era de costume, todos se reuniram na praça, cada um com sua caneca para beber daquele vinho cuja fama se estendia por toda a região. Contudo, ao abrir a torneira do barril, um silêncio tomou conta da multidão. Daquele barril saiu apenas água!

Como isso aconteceu? Foi porque todos pensaram como aquele morador. "A falta do meu vinho não se notará no meio de tanto vinho!" Eu já conheci pessoas que só partilhavam o pior de si mesmos!

Moral da história: sua omissão repercute no conjunto do grupo."

5 comentários:

  1. Linda mensagem e final com essa reflexão! bjs chica, ótimo fevereiro!

    ResponderExcluir
  2. Excelente reflexão Rosélia!
    Infelizmente conheço muitas pessoas assim, não apenas partilhando o pior de si mesmas, mas também sendo omissas a opressões, o que para mim acaba dando no mesmo.
    Não gosto, não tenho a menor admiração por pessoas que não assumem uma posição e colocam-se estagnadas em suas zonas de conforto para "não terem problemas".
    Elas são o problema.
    Adoraria ver este texto em uma das Antologias do Lisérgicos algum dia parceira.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Rosélia! Ótima reflexão! Infelizmente pessoas que querem levar vantagem em tudo estão em número maior do que aquelas dispostas a partilhar seu melhor de fato. Um abraço!

    ResponderExcluir
  4. Que mensagem linda! Isso me faz lembrar de muitas situações, tanto no trabalho, faculdade ou vida pessoal, já tive várias experiências ruins com gente que só sabiam doar coisas ruins aos outros e isso é muito triste. Felizmente aprendi a só absorver o bom e quando chegam essas pessoas pobres de espírito não deixo a energia ruim se misturar com a minha. Se cada um de nós que pensamos assim fizermos nossa parte, com certeza faremos um mundo melhor. Só dou o que tenho de bom e me dou por inteira pra quem sabe receber, acho que você também é assim, pois esse cantinho é lindo...
    Grande beijo!

    Estou seguindo... Amo reflexões...
    http://www.natendencia.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá Rosélia, uma história bem interessante para reflectir. O mundo infelizmente está cada vez mais cheio de valores assim! Vamos fazer o nosso melhor para ajudar a inverter estes procedimentos. Um beijinho e bom domingo. Ailime

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...