quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Deus Disfarçado



Ele  se disfarça na violência, injustiça, abandono, solidão, humilhação...

Getsêmani: horas de amargura humana...

Abandono... solidão... angústia...

Iluminar a minha vida é preciso!

Transcender!

Desfrutar o hoje!

Ruminar: sigo um crucificado... um ressuscitado...

Re-ler minha história..
Integração do meu ser...

Degustar o néctar da própria vida...
Abandonar hábitos superficiais...

(Ir. Consuelo Guardo)

6 comentários:

  1. Oi Roselia! Somente Ele nos dá a paz profunda em meio a tantas desordens da vida humana. Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Por mais disfarçado que Ele seja, a fé diz que Ele está sempre presente.
    Ró, um xero grande.

    ResponderExcluir
  3. É pela cruz que passamos da morte para a vida! Bjks Tetê

    ResponderExcluir
  4. Linda poesia do Deus disfarçado.
    E a gente ainda teima em nao procura-lo neles.
    com carinho Monica

    ResponderExcluir
  5. Nas coisa mais simples, aí Ele está.
    Bjoooo...

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...