sábado, 4 de janeiro de 2014

Luz


Uma costureira deixou cair uma agulha
Logo foi procurá-la sob a luz de um poste de rua. Uma amiga, passando por ali, perguntou-lhe o que fazia.
- Estou procurando minha agulha.
A amiga também começou a procurar, mas não encontrou a agulha. Finalmente, a amiga perguntou:
- Onde você perdeu a agulha?
- Em casa, disse ela.
- Então, por que estamos procurando aqui, agora?


- Por que não há luz lá dentro, a única luz está aqui fora.

2 comentários:

  1. Rosélia, fiquei pensando sobre esse instigante conto... pensei em duas vertentes... não adianta buscar algo no lugar errado, e isso inclui sentimentos, sempre haverá a decepção, o vazio... por outro lado, na escuridão não conseguimos enxergar.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Rosélia, um texto reflexivo, portanto tem sua mensagem pertinente e com vários campos de visão... uma delas, ao meu ver, que muitas vezes procuramos em lugares errados ou de forma errada, e/ou podemos ser a luz que tanto procuramos, e por onde passamos... basta estarmos conectados em Deus!!!

    Um ano repleto de felicidades e paz!

    Paz e bem!

    Leandro Ruiz

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...