sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Árvore Escolhida para o Natal


Quando o Menino Jesus nasceu, todas as pessoas e animais e até as árvores sentiram uma imensa alegriaDo lado de fora do estábulo havia três árvores: uma tamareira, uma oliveira e um pequeno pinheirinho. Todos os dias as pessoas passavam e deixavam presentes ao Menino.

Nós também Lhe devíamos dar um presente! - disseram as três árvores.

Eu vou lhe dar minhas tâmaras, para ele se deliciar, saborear e alimentar, disse a tamareira ...

Então a velha oliveira disse:
- E eu vou lhe dar óleo. Óleos perfumados poderão ser feitos a partir do meu fruto... Ele vai gostar!

E euperguntou ansioso o pequeno pinheiro, que poderei lhe oferecer?

Tu? Os teus ramos são agudos e machucam - disseram as outras duas árvores, tu não tens nada para lhe dar! O pequeno pinheiro ficou muito triste.Que poderei lhe oferecer?... Pensou muito, mas não tinha nada para lhe dar!

Então um anjo, que tinha ouvido a conversa, sentiu pena da arvorezinha que não tinha nada para dar ao Menino. As estrelas brilhavam na escuridão do céu. Então o anjo, muito de mansinho, pegou uma e depois outra, e as trouxe cá, para baixo, e as dependurou nos ramos pontiagudos do pinheiro.

Dentro do estábulo, o Menino acordou. Olhou para as três árvores e de repente nas folhas escuras do pinheiro brilhavam uma multidão de luzinhas resplandecentes...

O Menino Jesus levantou suas mãozinhas e sorriu feliz para o pinheirinho carregado de tantas estrelinhas...

E, desde então, o pinheiro ficou a ser a Árvore escolhida para o Natal.



9 comentários:

  1. Linda história do pinheirinho cada um sempre pode dar algo...
    Feliz Natal, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  2. Essa história antiga sempre encanta! Beijos natalinos!

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto Roselia.
    Feliz Natal cheio de luz, saúde e paz.
    Beijos do amigo Mauro

    ResponderExcluir
  4. Feliz Natal amiga Rosélia e um 2014 com muita luz à você
    e aos seus familiares.
    bjs
    Carmen Lúcia

    ResponderExcluir
  5. Na impossibilidade de dirigir a cada amiga/o uma mensagem de Natal personalizada, escrevi umas palavras muito simples mas bem significativas do meu sentir:

    “Neste Natal gostaria de trazer-te:
    O verde da árvore – a cor da Esperança;
    E, das bolas coloridas:
    - O vermelho – a cor do meu Amor fraterno;
    - O azul – a cor da suavidade dos Anjos;
    - O dourado – a cor da prosperidade que te desejo;
    - O roxo – a tristeza que sinto quando não te vejo;
    - O branco – A Paz que quero para a tua vida.
    No tanger dos sinos ouve a minha voz pedindo protecção para ti e toda a tua família.
    Seja onde for que te encontres deixa-me ser um pouco do teu Natal.
    Mas… acima de tudo, desejo que, na tua noite de Natal, o “Menino” não tenha que perguntar:
    - Então e eu? - (V. minha postagem de 27/12/2009 – NATAL DE QUEM?)

    Mil beijos natalícios
    Mariazita
    (Link para o meu blog principal)

    ResponderExcluir
  6. Olá amiga Rosélia, uma ternura a historia do pinheirinho decorado pelos Anjos do Céu para alegrar o Menino. Santo e Feliz Natal com Jesus. Beijinhos Ailime

    ResponderExcluir
  7. Feliz Natal e Próspero Ano Novo.
    As palavras podem ser as mesmas, mas os sentimentos e a sinceridade são sempre renovados e crescentes.
    Beijo, e até 2014
    Ângela

    ResponderExcluir
  8. Bela a historinha do Pinheirinho e também tenho uma que dava para os meus alunos. Que nada, eles só queriam saber de ganhar presente de Natal.
    O sentido do Natal esvai-se em muitas famílias, infelizmente
    Bom Natal
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  9. Rosélia querida, desejo um Natal Iluminado e um 2014 de Muitas Projeções!
    bj carinhoso
    Sandra Portugal
    www.projetandopessoas.com.br
    @Projetapessas
    www.facebook.com/Projetandopessoas

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...