domingo, 29 de setembro de 2013

Pentecostes



Quem és Tu, suave luz, que me preenches
E iluminas a escuridão de meu coração
Tu me guias com mão materna,
E se me  abandonasses,
Eu não saberia dar mais nenhum passo
Tu és o espaço
Que circunda
O meu ser e o recolhe
Se fosse por ti desprezada, cairia
No abismo do nada
Do qual tu me levastes à Luz
Tu, mais perto de mim do que eu mesmo,
E, mais íntimo do que o meu íntimo,
E, todavia, inatingível e incompreensível,
E transpassas todo nome:
Espírito Santo, Amor Eterno.

Hoje estamos aqui:

http://www.lacosdepentecostes.com.br/

2 comentários:

  1. Boa tarde, Rosélia!

    Um lindo poema, ao Espírito Santo! Ele que é nosso guia, nosso divino e oculto amigo.

    Tenha um bom domingo, com muita paz!

    Socorro Melo

    ResponderExcluir
  2. O caminho de Deus é perfeito; a palavra do Senhor é provada; é um escudo para todos os que nele confiam. Salmo 18:30
    Venha nos visitar:
    http://botefeamor.blogspot.com.br/
    Abraços Fraternos

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...