quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Deixar-se Tocar Pelo Sagrado (X)




No encontro com certos lugares, regiões e paisagens, nós entramos em contato com o excelso em nós, com o sagrado dentro de nós. É como se entrássemos no recinto sagrado, no templo que existe dentro de nós mesmos, é como se com isto nós estivéssemos sendo tocados pelo numinoso que está presente aí. Podemos entrar em contato com este espaço também quando descemos às nossas próprias profundezas. A santidade que nos acolhe aí nada tem a ver com perfeição no sentido comum. Ela não nos eleva acima dos outros.

Pertence-nos de uma maneira perfeitamente natural. Nós a experimentamos agora.  Para isto não temos nenhuma necessidade de formação teológica ou de sermos membros de alguma religião organizada.


Não precisaremos mais reprimir o que é parte integrante de nós.


Tocados e fortalecidos pelo sagrado que experimentamos em nós mesmos, nós podemos andar pela vida de cabeça erguida.
Teus pensamentos e fantasias, teus desejos e anseios, tua tristeza e alegria, tuas ações e aspirações, teu simples estar aí, teu inspirar e expirar, teu orar é esperar, teu viver é morrer.


Que te inunda e que te traz felicidade!



Continua a série amanhã...



Continuo postando minha viagem ao Pantanal:






Clique aqui... é para você se sentir em casa:



4 comentários:

  1. Roselia,é verdade!Quando viajamos ficamos mais atentas ao nosso redor,ás belezas de Deus e nos aproximamos do sagrado.Bom passeio pra vc!bjs,

    ResponderExcluir
  2. Não tenho passado esses dias, mas hoje li os posts anteriores! Bjks Tetê

    ResponderExcluir
  3. Nas viagens descobrimos mais sobre a grandeza de Deus e o sagrado põe-se a mostra, parece sair pelos poros! É o estar conectado Nele!. Grande abraço! Fique bem! Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Rosélia, comentei aqui, mas ao sair, não me lembro de ter clicado no enviar. Só para vc saber que li e estive aqui!

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...