quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Deixar-se Tocar Pelo Sagrado (IV)




Uma  mulher sonha que se encontra na cela de um convento, ela fica diretamente ao lado de uma capela. Uma grade separa das pessoas e do restante da capela. A missa tem início. De sua cela, ela acompanha a celebração da missa. Está sentada com as pernas cruzadas, segurando um terço  na mão. Ela ouve o murmúrio das respostas às orações do padre. As vozes são calmas. Ela fecha os olhos para receber a comunhão, embora nenhuma pessoa e nenhum objeto tenha entrado na cela. A Missa terminou. Em um lado da cela, ela descobre flores. Sente uma profunda paz interior. Quando adulta, esta mulher não sabia direito o que fazer com suas raízes católicas nem com a fé de sua infância. Sentia-se cada vez mais atraída pelo budismo e pela meditação.

Mostra-lhe que dentro de si mesmo ela deve buscar a união entre oriente e ocidente que corresponder à sua natureza. Para esta mulher, é importante permanecer em contato ou voltar a estar em contato com o lugar santo que existe nela, o lugar que representa a experiência do sagrado e do eterno.No que diz respeito ao cultivo de sua própria convicção religiosa, à maneira como ela cultiva e a vive, de início não importa a religião a que pertence, mas sim, até que ponto esta religião contribui a entrar em contato e para experimentar em um nível mais profundo o sagrado nela, o divino Deus.



De nossos sonhos também pode provir um efeito santo e salutar. Por vezes, encontras nele uma atmosfera que te envolve e te protege. Uma atmosfera que te envolve como um manto protetor, mergulhando-te na esfera do Inteiramente Outro. 

Experimentas a força de salvação que procede daí. Experimentas algo que não consegues nem sentes quando analisas a tua vida ou refletes sobre o seu sentido.
Consegues algo que te faz falta.
Cada vez mais, tanto mais quando mais complicada tua vida passa a ser. Voltam-te lembranças, épocas de tua vida em que ainda conseguiras sentir a proteção e a atmosfera do sagrado. Tempos em que eras criança, o momento da primeira comunhão, ora outras experiências que deixaram em ti marcas profundas... 


Continua a série amanhã...




Clique aqui... é para você se sentir em casa:


2 comentários:

  1. Estou gostando de acompanhar.beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. A proteção e a atmosfera do sagrado habita em nossas profundezas, no âmago de nosso ser e, às vezes, vem à tona para nos lembrar que somos escolhidos consagrados e abençoados mesmo antes de nascermos, quer queiramos ou não! Beijos amada!

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...