quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Otimismo





Tenho observado que temos dificuldade em aceitar os outros como eles são realmente e não como gostaríamos de que eles fossem...
As expectativas que criamos nos fazem sofrer no meio do caminho... num relacionamento em qualquer nível...
Acabamos por culparmos também a outra parte quando não encontramos o que queríamos nela...
Se a gente aceitasse de verdade os limites alheios seria um Paraíso a vida a dois ou em grupo...
Como tenho visto gente amarga e infeliz mesmo tendo dinheiro... quero dizer, tendo o indispensável para viver bem, mesmo assim não são felizes...
Ter pena é desconcertante... é o pior sentimento do mundo... ninguém deve ser digno de pena... mas fico entristecida em ver meus amigos não muito felizes no coração e na vida...
Li um artigo de uma psicóloga clínica sobre A MARIPOSA E O BEIJA FLOR... achei interessante a comparação que estabeleceu:

"A MARIPOSA QUANDO ESTÁ DENTRO DA SALA COM VIDRAÇA E PORTAS FECHADAS E VÊ A CLARIDADE LÁ FORA TENTA IR DE ENCONTRO A ELA. AO TENTAR, CHOCA-SE COM A VIDRAÇA E CAI NO CHÃO. REPETE O COMPORTAMENTO POR DIVERSAS VEZES ATÉ CAIR TONTA NO CHÃO OU MORTA".

Se a gente faz sempre a mesma coisa que sempre fez... obteremos os mesmos resultados... muitas vezes não tão bons...

"O BEIJA FLOR, AO SENTIR-SE PRESO EM UMA SALA, TAMBÉM É INSISTENTE COMO A MARIPOSA, SÓ QUE BUSCA OUTRAS ALTERNATIVAS. ELE PERCORRE RAPIDAMENTE TODOS OS PONTOS DA SALA EM TODAS AS DIREÇÕES ATÉ ACHAR UM ESPACINHO PARA PODER SAIR... ELE EXAMINA E BUSCA TODAS AS POSSIBILIDADES."

Não nos basta, durante muitos anos ou até durante toda a vida fazermos sempre tudo igual...
Sobretudo nos relacionamentos devemos inovar... diante das dificuldades...
Uma das formas é termos dentro de nós muito otimismo e perseverança...
Não desanimarmos... pois é a nossa maior "tentação", abandonarmos o caminho começado...

O negativo ao meu redor me deixa tão esgotada... pessoas pessimistas... infelizes, amargas e revoltadas com a vida... nos diversos grupos em que mantemos contato.
Tenho experimentado viver mais em paz, procurando o que alcançam minhas mãos... caso contrário, corro o risco de querer demais da conta e me frustrar...
O tempo está tão fresquinho por aqui... que calorão fez no verão, ainda bem que é outono... que delicadeza esta Estação do ano... suave!!!
Estou aprendendo a ser só, a estar só...
Ninguém pode resolver minhas dificuldades... nem enfrentar nada por mim...

Não é o fato de tentarmos sermos bons e honestos que vamos ser poupados de termos problemas... muito pelo contrário...
O jeito é encararmos o que a vida nos oferece...

Muitas vezes me sinto só, com a sensação de que todos me abandonaram...
Mas progrido... vou continuando a caminhar... se entregar os pontos, estou perdida...
Preciso tomar minhas decisões com competência, ou seja, acertadamente...
Preciso crescer... Não há fórmula mágica para a felicidade...

A vida muitas vezes é implacável com todos igualmente...

Hoje presenciei, enquanto caminhava pela manhã, um fato inusitado: uma senhora, na sua varanda, bordando, em frente ao mar... numa casa linda sem muros altos e sem tanta "segurança"... Lindo! Pensei eu... fiquei "invejando" tal condição...
O certo é que me pontuou para os próximos dias tentar ser "indiferente" (no sentido Inaciano de ser...) às investidas de toda espécie de derrotismo dos que me cercam e tentar ser mais otimista no coração pois assim nada me impedirá de esboçar um sorriso sincero mesmo diante das adversidades...
Fico esgotada muitas vezes de tentar driblar a convivência com os demais negativos que me circundam de todos os lados... e até pelos meios de comunicação social...

Não há ( e nem somos isto) um Anjo Bondoso que fica atento à nossa dor... pronto (a) para nos socorrer... exceto Deus, todos estamos demasiadamente ocupados conosco mesmos...

Peço a Deus uma coisa que para mim é indispensável: aceitar meus limites... sair das aparências... da fachada... não ter sempre cara de paisagem... conseguir expressar meus sentimentos sem medo de ser taxada de isto ou aquilo... de evitar viver de tapinhas nas costas para ser simpático(a)
Não estou num trono... não sou rainha...

Livre-nos, Senhor, de toda vaidade pessoal, de toda ambição desmedida, do desejo de vida fácil sem muito esforço...
Agradeço a você o privilégio de viver aqui neste mundo, é uma oportunidade única... de crescer e evoluir...
Faça, por caridade, com que eu não pare no sofrimento inútil... que eu não jogue energia fora, depois posso precisar...
Faça-me realista sem deixar meus sonhos de lado... encarar a vida do jeito aparentemente amargo que ela se me apresenta...
Não me abandone, Senhor, jamais!
Preciso do seu auxílio para ser sempre otimista!


9 comentários:

  1. Olá, amiga...
    Dando um saltinho em seu blog, que o encontrei por acaso, para dizer-te que adorei as palavras e as reflexões encontradas por aqui. Cheias de otimismo e esperança..
    Ah, principalmente pq tem a imagem de S.Francisco..rsr, gosto muito deste santo.

    grande abraço e Paz e Bem...

    Escreve mais, viu?!

    ResponderExcluir
  2. Isso mesmo, querida...

    Infelizmente as pessoas não aceitam as outras como são.
    Preferem olhar a sua cor de pele, seu bolso, sua casa do que seu interior.

    Bela reflexão para início da semana.

    Beijão

    ResponderExcluir
  3. Algumas pessoas até que conseguimos mudá-la, mas outras não é fácil...

    beijooo.

    ResponderExcluir
  4. O importante é viver de bem com todos e com a vida...
    Vim te ver amiga....beijos...bom estar aqui...

    ResponderExcluir
  5. Que tenha sorrisos,
    suspiros
    e abraços.

    Sinta pelo menos uma gota de alegria,

    Desfrute do caminho,
    conte os seus passos.

    Olhe o céu,
    as nuvens brancas
    Sinta o vento soprando o rosto

    Renove as velhas esperanças
    Prove novos sabores,
    um novo gosto.

    Distraia-se, não faça nada

    Pelo menos, um minuto esqueça
    Das vozes,
    dos sons,
    das estradas...

    Ore, por aquele que mereça.

    Se doe, de alma e coração
    Ou não, mas também não faça nada mau.
    Olhe nos olhos, deixe fluir a emoção
    Não perca, a paixão, pois o corpo é mortal.

    O que temos são apenas sentimentos,
    Vontades, desejos e sonhos.

    Vivemos de bons momentos,
    Fantasias, visões e planos.
    Mas de nada vale,
    se não temos um bom dia
    Pois a vida é a soma de cada um
    E na soma dos dias,
    o saldo positivo é o que tem de ficar.
    Então... que você tenha um ótimo dia!

    (texto da net).

    Bom dia!

    beijooo.

    ResponderExcluir
  6. A ilustração da mariposa e do beija-flor é bem interessante.
    Às vezes é difícil perceber o limite da perseverança com a teimosia... E podemos cair na repetição do erro.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Olá, Gina
    Sejamos teimosinhas ou perseverantes... mas não deixemos jamais de lutar e caminhar sempre... Bjs cheio de vontade de vencer...

    ResponderExcluir
  8. Oi, amigos sempre lembrados
    Will, Pelos Caminhos, Naty e Zininha
    Que bom aumentarmos o círculo de amigos pela nossa escrita.
    Muito otimismo, esperança, sorrisos,reflexões, coragem,dias bons vividos no BEM... pra todos nós.
    Bj grande e voltem sempre... me fazem muito feliz.

    ResponderExcluir
  9. Enquanto a mariposa vê apenas uma saída o beija flor é mais otimista, pois tem a esperança de encontrar outra?
    Não pesquisei sobre mariposas e beija flores, por isso pergunto: é sempre assim o comportamento da mariposa? E sempre assim o comportamento do beija flor? Se for, eles foram criados dessa forma e sempre terão a mesma atitude.
    Já o ser humano tem o livre arbítrio e pode mudar os seus paradigmas. Mas para mudar é preciso aprender. Aprendemos lendo, pesquisando, quando alguém nos ensina e nessas trocas maravilhosas entre blogues, como o seu.

    Grande abraço.

    PS. procurei o convite que informaste no comentário que deixaste no meu blog e não encontrei. Tu tens vários blogs. Podes indicar em qual deles e a página?

    bjs

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...