quinta-feira, 13 de setembro de 2012

À flor da Pele (VI)


Ainda continuando o livro intitulado: À flor da pele...
(Antônio Gil Neto e Edson Gabriel Garcia)

Desgostos do amor:
Maior estresse...
Quase anemia profunda...
Um pouco de deprê...

O meu amado ainda não se tornou um homem de verdade...
- Diz a avó para a sua neta...
Um homem de bem na vida é íntegro mesmo provocando tremores, calafrios, suspiros... sendo bonitões, sedutores... indiscretos...

Aprendizado:


Do mesmo modo que te abriste à alegria
Abre-te agora ao sofrimento
Que é fruta dela
E seu avesso ardente.

Do mesmo modo 
Que da alegria foste
Ao fundo
E te perdeste nela
E te achaste
Nessa perda
Deixa que a dor se exerça agora
Sem mentiras
Nem desculpas
E em tua carne vaporize
Toda ilusão.

Que só a vida consome
O que a alimenta
(Ferreira Gullar)

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...