domingo, 10 de junho de 2012

Sabedoria que brota do Cotidiano (III)


Era uma vez um antigo conto monástico, onde um ancião disse a um homem de negócios:
- Assim como o peixe morrer na terra seca, assim você perece enquanto estiver embaraçado com as coisas do mundo. O peixe deve retornar à água e você, ao espírito.
O homem de negócios ficou irritado...


- Você quer dizer que devo abandonar meus negócios e ir para um Mosteiro?
- Perguntou.
E o ancião respondeu:
- Absolutamente!
Estou dizendo para aguentar seus negócios e entrar em seu coração...


(D. Chittisten. OSB)

5 comentários:

  1. Lindo isso e verdadeiro. "Dai a César o que é de César e dar a Deus o que é de Deus! cuidemos pois, com devotado desvelo de nosso espírito! Sabemos disso, né querida amiga! Grande abraço!

    ResponderExcluir
  2. Linda mensagem,sabedoria!!beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Eu também já fui assim, muitas coisas eram prioridade em detrimento do alimento espiritual, mas Deus vai dando uma cutucadas e, não sendo cabeça dura, a gente aprende e inverte a situação. Rô, uma semana abençoada prá vocês! Tetê - Manancial

    ResponderExcluir
  4. Oi Rosélia
    Interessante mensagem!
    Passei para desejar uma semana do Dia dos Namorados muito especial!
    E avisar que a minha participação na BC Amor aos Pedaços já está pronta e programada para o dia 15/06!!!
    bjs Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com//

    ResponderExcluir
  5. Bela reflexão!
    Realmente! Devemos cuidar do corpo, das coisas materiais sem nos esquecermos que o espírito é que é eterno e requer cuidados especiais e contínuos.
    abraços e votos de paz.

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...