quarta-feira, 18 de julho de 2012

O Menino do Dedo Verde (III) - Tistu


Continuação do que ficou em mim do livro que li nestes últimos dias:
O Menino do Dedo Verde- Maurice Druion- tradução de D. Marcos Barbosa, OSB

Aprendendo com Tistu sobre flores:
"não me toques"...

Quando as pessoas grandes começam a falar em voz baixa e a dizer segredos, logo os meninos apuram o ouvido e procuram escutar, justamente, aquilo que não lhes queriam dizer... Nesse ponto são todos iguais...
A guerra é a mais terrível de toda desordem que há no mundo pois cada um perde aquilo mais estima...
Demonstração de bons sentimentos aclamam provisoriamente a cólera...
Ia e vinha, suspirava enxugava a fronte, o que é sempre sinal de emoção e perplexidade. O homem estava muito contrariado...
Suspirava cada vez mais fundo... Realmente, era um homem no auge da contrariedade:
Bardanas
Espinheiros
Carrapichos
Urticas
Não me toques

Nunca a conquista todos com as rosas e a batalha de flores nunca foi levada a sério...
Há silêncios que despertam...
Uma chuva de:
Amores perfeitos
Papoulas
Miosótis
Violetas
Girassóis
Jacintos
Peônias
Cravos
Lilases
Mimosas
Angélicas
Junquilhos
Rosa azul (cada pétala um pedaço do Céu)...

Podemos fazer parar guerras com flores!

Fazer brotar flores dentro dos canhões perturba, profundamente, a vida das pessoas grandes...
A coragem é sempre recompensada...
Pessoas destituídas de imaginação trancam as outras em cadeias...
Plantai flores que crescem numa noite!
As flores de Miraflores crescem até sobre o aço...

Dizer não à guerra, mas dizer com flores!

Um comentário:

  1. Olá!
    Hoje passando para um convite:
    Te convido a vir participar do meu sorteio no blog: http://pequenosgrandespensantes.blogspot.com.br/2012/07/sorteio-para-comemorar-meu-niver.html
    Leia as regrinhas... Desejo boa sorte!!!
    Tenha uma semana feliz e abençoada.
    Bjokas...da Bia!!!

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...