terça-feira, 8 de maio de 2012

Era uma vez



"Era uma vez uma menina que tinha amizade com um pássaro. Pássaro este diferente dos outros pois era encantado.
O pássaro ficava mais lindo a medida que partia e conhecia outros lugares.
Ele sempre voltava transformado nas cores do lugar que tinha visitado. E a menina fiava saudosa e apreensiva, sofrendo com a ausência do pássaro.
O seu amor pelo pássaro foi tanto que ela resolveu prendê-lo numa gaiola, uma gaiola linda...
- Menina, o que fez comigo? Perguntou o pássaro. E a cada dia ele ia definhando e ficando feio... E a menina também. Ele chorava, o pássaro não era mais o mesmo, até que resolveu soltá-lo e ambos novamente ficaram felizes. O pássaro viajava e retornava cada veza mais exuberante. A menina partilhando da beleza do pássaro, também se embelezava. Seu amor fez com que a saudade fosse certeza da volta. E toda ausência na verdade era uma presença, pois a lembrança o mantinha junto de si.
Quando amamos, deixamos o outro livre para ir e vir. Pois o amor pode ser aprisionado. Amor é liberdade.
Amor é renúncia.
Amor é doar-se ao outro para completá-lo.
Amor é compreensão, é diálogo, é vida compartilhada.
E nesse jeito gostoso de amar que ficamos na expectativa de reencontro; quando estaremos mais belos e alegres, porque sentimos saudades... E se não houvesse distância? Como seria?"

DEUS É AMOR... Ele nos deixa livres...


3 comentários:

  1. Eu acredito que só assim o amor se realiza e se manifesta em sua verdadeira plenitude. Muito lindo.

    obrigado pela visita durante a minha longa ausência. um ótimo dia, paz e bem.

    ResponderExcluir
  2. Oi Rosélia!
    Amar é viver e conviver com diferenças e com a liberdade de cada um ser o que é, ter sua individualidade e neste respeito alcançamos a liberdade de ir e vir.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  3. Amor de passarinho faz sofrer..
    beijo carinhoso Rosélia
    e um feliz dia das mães!!!

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...