quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Antes que Eles Cresçam



Chega um período em que nós ficamos órfãos dos próprios filhos...
Crescem, ficam independentes de nós como árvores e nem pedem licença...
Crescem com uma estridência alegre ou com alardeada arrogância...
Um dia disse a meu pai algo que ele me contestou que não podia responder diante de tal veracidade das minhas palavras... nunca me esqueço disso...
Adeus, gotinhas de leite materno na boquinha... pazinha de areia na praia... festinhas de aniversário... amiguinhos, carrinhos e bonecas...
Apesar dos golpes dos ventos... das colheitas... "amestrados" saem os filhos...
Tempo do balé, inglês, judô, catequese e outros...
Deveríamos ter tido mais tempo para irmos à cama deles à noite...
Um dia disse à filha que, se soubesse que passava tão rápido, eu teria permitido tanta coisa que não autorizei... fui recebida com uma resposta inesperada:

MÃE, VOCÊ É A MELHOR MÃE DO MUNDO!

Cresceram sem que esgotássemos neles todo o nosso afeto...
Os netos é a hora do carinho ocioso e estocado...
Nós, avós, somos desmensurados e incontroláveis no afeto...
Parecemos que desejamos reeditá-lo...
Temos novamente que fazer algo a mais antes que eles cresçam...

(Em base ao artigo lido de Affonso Romano de Sant'Anna)

10 comentários:

  1. Verdade Rosélia, o tempo passa muito rápido, infelizmente muita coisa fica por fazer...Ahhh que arrependimento!
    Ainda bem que vem os netos para recuperarmos o tempo perdido, porque ser avó é ser mãe duas vezes.
    Grande abraço!
    Paz e bem!!

    ResponderExcluir
  2. Isso é lindo e emocionante,...Curtir tudo sempre!!!beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Lindo demais! Tanta coisa eu faria diferente para não viver a ausência que estou vivendo agora. Emocionante o seu texto baseado no de Affonso Romano. Bjs

    ResponderExcluir
  4. Os filhos crescem e tem, naturalmente as suas vidas.
    É preciso buscar sempre manter o carinho através das oportunidade que surgirem. O maior carinho que eu vejo é a verdadeira amizade entre pais e filhos.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  5. Ás vezes penso que não controlamos nada: nem tempo, nem o crescimento dos filhos e nem a própria vida!
    Então a solução, é deixar tudo nas mãos de Deus! Ele sabe porque o fez e isso nos deve bastar!
    Linda a resposta da tua filha, sinal de que tudo está correcto no teu percurso como mãe!
    Mil beijos.

    Graça

    ResponderExcluir
  6. Os meus filhos são teenagers e eu aproveito enquanto posso, em breve eles levantarão voo também.
    Parabéns pelos netos.
    Bj

    ResponderExcluir
  7. Netos são filhos com açúcar!!!!
    Não pense em como deveria ter sido...pois como foi era o certo...tua filha disse tudo:
    És a melhor mãe do mundo!

    ResponderExcluir
  8. Olá Ro,

    Você tem toda a razão, é muito verdadeiro o seu post...


    Tenha Lindos Sonhos e um amanhecer de Paz!!!
    1000 Beijokinhas

    ResponderExcluir
  9. Esse texto é lindo, Orvalhinho!
    Adoro A.Romano, ele fala as coisas do nosso cotidiano, da nossa vida real.
    linda foto com seus netinhos.
    bjs cariocas

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...