quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Visita à Fantasia



"Minha criança adivinhou, em seus sonhos, o adulto que eu queria ser. E traz alegria e esperanças à minha idade atual. Hoje sou, há muito tempo, o adulto que sonhei ser. Talvez com menos tensões, mas igualzinho em meu modo de amar a vida." 
(Artur da Távola)

Como ser feliz uma criança sem AMOR?
Ao menos um dos pais tem que nos amar...
INTENSAMENTE pelos dois, talvez...
"Sorte" de quem tem os dois amando-os...
O sorrisinho puro brota do coração amado...


O AMOR às crianças....
Vai além de roupas bem cuidadas...
Última geração em roupinhas de grife...
Impecável no corpo e tolhida na alma infantil...
Tristeza no coração...
Sonho reprimido...
Afeto não sentido...

AMOR às crianças provoca sorriso na alma
Um misto de ternura e encantamento
Um acolher a mão e o coração
Num ilimitado AMOR de para netinho...
Todo especial e meigo
Diferenciado
Especial...


Dar o que talvez não tenhamos recebido
Contrariando a máxima de que se dá o que se recebe...
O AMOR é imprevisível...
Exuberante
Abrangedor
Eloquente por si só...



O AMOR é cheio de magia e mistério
Contentamento com pouco
Ou quase nada
Pode ser um aviãozinho ou barquinho de papel tão somente
Qualquer caixinha serve
Como me disse um amigo
O importante é o coração cheio de afeto...

Amar às crianças ao nosso redor
Os que DEUS nos brindou com tanto AMOR
Ele que só pode dar o que é.
O que tem dentro do seu Bondoso coração...


A pureza do coração de uma criança ninguém pode roubar
Ela permanece através do tempo...
Mesmo diante de tanto percalço imprevisível e aterrador...


O coração infantil amado
Se enternece e é notado
Pelo carinho que recebe tão espontaneamente
Delicadamente...


Criança feliz estuda e brinca
Dá espaço à sua imaginação
Experimenta e conhece
Cheia de graça e sabedoria cresce...


Quer melhor do que abraço acolhedor de ?
Desemburra qualquer menininho arisco e quieto...


Descansar nos braços da
Que tanto ama como aquece
Pois feita de mel e açúcar ela permanece...



Boquinha de guloseimas dadas pela querida
Colinho para os olhos que adormecem...
Quanto carinho...
Viva a fase mimosa que não perece!


Orgulho da
Que deixa livre de roupinhas e de pressão...
Tudo pode na casa da vovó
Tem AMOR e carinho
E...
Nunca falta uma prece...


EM BASE AO POST DA AMIGA QUERIDA CALU DO BLOG:

Resolvo postar hoje falando da minha fantasia infantil... que nunca se foi... (com quase sessenta anos)...
Incrível, não?

Se comprei o brinde infantil para os netinhos?
Claro que sim!
Fiz-lhe agradinho do fundo do coração... como faço sempre independente de datas pré fabricadas pelo lucro comercial... porque os amo, simplesmente...

MEU SONHO INFANTIL?

MINHA FANTASIA PERMANECE?

CLARO QUE SIM!

Hoje mais do que nunca quero morar numa casinha assim:

Numa casa feita de sonhos... de ninho de amor... quentinha... DOCE COMO O MEL...Alta como uma torre... inacessível pra qualquer outra pessoa que não tenha amor no coração...

Você a conhece?

Primeiro tem que ter AMOR no coração para partilhar tal delícia...

FELIZ DIA DA CRIANÇA PARA TODOS NÓS!

Nunca deixemos de sonhar como só as crianças o sabem fazer porque nada temem pois a vida ainda desconhecem...
Sejamos todos felizes e abençoados pelo DEUS que nos disse: DEIXAI VIR A MIM AS CRIANCINHAS!

Que Maria Santíssima interceda por todas as crianças do mundo inteiro sobretudo as famintas, sem teto e sem AMOR!

14 comentários:

  1. que lindo Rosélia.....adorei...beijos e feliz dia das crianças para os netinhos

    ResponderExcluir
  2. Lindo post, Ro!
    Percebe-se o seu amor grandioso...

    Feliz dia das crianças, para aquelas que ainda vivem e moram em nós...

    Liz

    ResponderExcluir
  3. Rosélia, emocionante seu post, amei muito ver, obrigada por compartilhar, parte importante da sua vida, parabéns, aquela foto com a bandeira atrás é comum e desvenda a época eheh, eu também tenho, ehhe, bjinhos, obrigada pelo carinho, um abençoado dia para você.

    ResponderExcluir
  4. Feliz dia das crianças!Que apesar de tudo a gente nunca perca o encantamento e a alegria da criança que um dia fomos.
    Beijossss

    ResponderExcluir
  5. Que lindas fotos Ro.
    Sabe que eu só tenho três fotos da minha infância? e nenhuma na escola.
    bjos querida e parabéns pelos netos

    ResponderExcluir
  6. Lindas fotos e maravilhosas palavras...
    Que Nossa Senhora, consiga trazer luz aos sonhos daqueles que mais precisam para que possamos ter um mundo mais humano e com mais amor.

    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Rosélia, quanta ternura na tua alma existe e como bem as expressa. Deus te conserves assim uma ternura sempre a extravasar. Beijão!

    ResponderExcluir
  8. Olá Rosélia.
    Feliz dia da criança para você e seus netinhos! Um amor este post, falando da sua criança interior, ela mora sempre dentro de nós. Devemos sempre cuidar dela com todo o carinho. Bjs.

    ResponderExcluir
  9. lindo!
    Adorei, muito a refletir.
    É preciso aproveitar, pois o tempo anda rápido.
    bjus

    ResponderExcluir
  10. Rosélia, eu sinto muita a falta de minha avó, e é sim um lugar de aconchego, de ternura, de afeto, o cheirinho de vó, as guloseimas que fazem com todo o carinho...
    Muitas saudades mesmo!
    Um dia vou encontrá-la novamente...

    Beijossss, querida

    ResponderExcluir
  11. Rô,
    adorei o álbum tão afetuoso que vc preparou com carinho, para falar das crianças de tua vida.Com poesia e amor retocando cada momento de gostosos encontros e brincadeiras. Agradeço a participação ao post lá do Fractais e compartilho contigo a importância de permanecermos cultivando nossa criança interior e com isso adoçarmos nossos dias.
    Obrigada amiga por teu carinho sempre presente.
    Muitos bjos p/ vc e as crianças.
    Calu

    ResponderExcluir
  12. Oi Ro que lindo post !!!
    Morro de vontade de ser avó ... é uma coisa tão forte que tenho certeza que será muito especial, mas também sei que tenho que esperar, afinal tudo tem seu momento certo não é mesmo?
    Parabéns por ser essa pessoa e principalmente essa avó maravilhosa.
    Beijos no coração
    Marcia

    ResponderExcluir
  13. Tive a sorte de crescer numa família boa e fez toda a diferença.Espero uma dia ser metade do que a minha mãe foi pra mim.

    Amei o texto!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  14. Vóé mãe com açucar...Com elas tudo pode...minha mãe faz todas as vontades.Eu gosto, embora não tenha recebido tudo dessa maneira, pelo menos eu posso ver e sentir seu amor...
    Paz e bem

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...