quarta-feira, 10 de agosto de 2011

O Monstro da Indiferença





Se eu morrer, morre comigo um certo modo de ver, disse o poeta. Um poeta é só isso: um certo modo de ver. O diabo é que, de tanto ver, a gente banaliza o olhar.
Vê, não vendo.
Experimente ver pela primeira vez o que você vê todo dia sem ver.
Parece fácil, mas não é.
O que nos é familiar já não desperta curiosidade. O campo visual da nossa rotina é como um vazio. Você sai todo dia, por exemplo, pela mesma porta.
Se alguém lhe perguntar o que é que você vê no seu caminho, você não sabe.
De tanto ver, você não vê.
Sei de um profissional que passou 32 anos a fio pelo mesmo porteiro.
Dava-lhe "bom dia" e, às vezes, lhe passava um recado ou uma correspondência. Um dia, o porteiro cometeu a descortesia de falecer.
Como era ele? Sua cara, sua voz, como se vestia? Não fazia a mínima ideia. Em 32 anos, nunca o viu.
Para ser notado, o porteiro teve que morrer.
Se um dia, no seu lugar estivesse uma girafa cumprindo o rito, pode ser que ninguém desse por sua ausência.
O hábito suja os olhos e lhes baixa a voltagem.
Mas, há sempre o que ver: gente, coisas, bichos.
E vemos? Não, não vemos. Uma criança vê o que um adulto não vê, pois tem olhos atentos e limpos para o espetáculo do mundo.
O poeta é capaz de ver pela primeira vez o que, de tão visto, ninguém vê. Há pai que nunca viu o próprio filho, marido que nunca viu a própria mulher.
Isso exige muito. Nossos olhos se gastam no dia-a-dia.
É por aí que se instala no coração o monstro da indiferença.
Texto de Otto Lara Resende


Estava eu num momento de sentir na pele o monstro da indiferença...
Com o meu coração a sangrar... cravejado de pregos... pela incompreensão... por ciúmes... pela impulsividade alheia...
Deus me consolou com esse carinho propício... quando recebi esse e-mail...
DEUS ME É FIEL E ME DÁ TODO CONSOLO DO MUNDO COMO FAZ COM TODOS OS SEUS AMADOS OPORTUNAMENTE...
Recebo mensagens adequadas no momento exato em que necessito...
Obrigado, Senhor, pelos amigos/anjos que nos brindam com sua palavra fraterna...
"Incrível como algumas coisas deixam marcas,
e até parece que foram marcadas à ferro,
porque você ainda as sente".



14 comentários:

  1. Que belo e sábio texto, Rosélia querida! É preciso mesmo educar os olhos e o coração. Um grande beijo, bom dia :)

    ResponderExcluir
  2. O mais fascinante é que a gente sempre lê ou vê o que precisa nessa hora, nesse dia, nem mais, nem menos.

    Bom dia, querida!!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi querida!
    Bem verdadeira essa mensagem. E com certeza todos nós já fizemos isso. E nessa correria do dia a dia algumas coisas passam despercebidas.

    Espero que esteja melhor querida,
    fica bem.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. É tão verdade isso...passamos batidos por tantas coisas.

    Apesar de que eu sou perceptiva. Mas mesmo assim deixo passar algumas coisas, muitas vezes por preguiça de notar. rs

    beijokas

    Nina

    ResponderExcluir
  5. Oi Rosélia!

    Assim com foi para você um dia este texto, hoje para mim ele caiu como uma luva. Obrigada por post´-lo hoje!

    Beijo carinhoso!

    ResponderExcluir
  6. OI ROSÉLIA!!!
    INFELIZMENTE, PSRA NÓS, NUNCA NOS FOI ENSINADA A CAPACIDADE VISUAL DO QUE NOS CIRCUNDA. TEM UM ÓPTIMO DIA. BEIJOS DESTE LADO...

    ResponderExcluir
  7. É... ingratidão é fogo! Mas, se até com Cristo foram/são ingratos o que dirá conosco simples mortais! O melhor nessas horas é levar toda a tristeza e mágoa e depositar aos pés de Jesus. Entregar à Ele e Ele nos conforta e faz justiça! Obrigada pelas visitas ao Manancial e ao Livre Pensamento! Já falta menos de 24 horas... tchan, tchan, tchan, tchan... Bjks Tetê

    ResponderExcluir
  8. Roselia,excelente sua msg!Que possamos prestar mais atenção a nossa volta,tratando com amabilidade e interesse genuino a todas as pessoas!Bjs,

    ResponderExcluir
  9. Querida Rosélia!

    Interessante esta constatação. De tanto olharmos, não enxergamos...
    Dia desses, achei incrível,foi retirado um objeto da minha sala, e eu não percebi, até meu filho chegar e comentar sobre a retirada. Fiquei impressionada,pois,tratava-se de um objeto grande. E o mais curioso, é que percebi que havia mais espaço na sala, mas, não dei conta da ausência do objeto... Assim pode acontecer com as pessoas. A indiferença pode nos cegar, e nos impedir de enxergar a quem amamos, inclusive.
    Boa partilha, amiga.

    Abraços fraternos
    Socorro Melo

    ResponderExcluir
  10. Que triste e dolorosa verdade, para infelicidade de todos nós...olhamos e não vemos, quem perde: todos...

    A indiferença é horrível, talvez um dos piores sentimentos que se possa sentir.

    É preciso estarmos atentos a vida, as pessoas, ao mundo que nos cerca, e olhá-los muito mais do que com os os da carne, mas olharmos tudo e todos com os olhos do coração e que seja pleno de Amor.

    Beijinhos minha querida...
    Valéria

    ResponderExcluir
  11. Oi linda! A mensagem me tocou profundamente.Ontem mesma eu me perguntava por que algumas pessoas agem com tanta indiferença? Quem sabe estou entre elas? bjs e votos de paz.

    ResponderExcluir
  12. Lindo post querida. Indiferença mata e uma das maiores funções da pré escola no meu pensamento é ensinar as crianças a verem e escutarem, o que é muito além e mais profundo do que enxergar e ouvir.
    Parabéns!
    Comovente texto e triste!
    Beijos e boa noite!!
    Carla

    ResponderExcluir
  13. Lindo, lindo, teu blog está cada vez melhor amiga...
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  14. Bom dia, Orvalhinho!
    Esse texto que você deixou aqui (descontando religiosidade, porque não tenho nenhuma) é lindo, e eu que sou uma constante admiradora das belezas divinas (posto que sou espiritual) à minha volta, concordo que passamos muitas vezes e não vemos o que nos é oferecido gratuitamente e para nosso bem. Não me encaixo de jeito nenhum neste perfil, não sou indiferente à vida, à natureza e nem aos seres humanos que necessitam.
    Neste ponto, meu olhar é bastante aguçado sabe.
    um grande abraço carioca

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...