quarta-feira, 27 de abril de 2011

Violência no Ar



VIOLÊNCIA no ar!

Mil detalhes a cuidar
Sem condição de nenhum amor dar-me
Recordo-me a dor experimentada no lar
Por parte de quem deveria mimar-me.


Estreiteza com a tristeza
Semelhança no trilhar se vê
No coração da indigente
Que precisava animar-se.


Infeliz do seu próprio destino
Tem suas mãos acorrentadas
Não gera laços fermentados
Que triste desatino!


Como desprender-se da VIOLÊNCIA
Se as chaves se perderam por falta de abrigo
No coração de quem a prendia
E a fez correr tanto perigo?


Quanta força desmedida!
No desperdício da ignorância
Nas frentes em conflitos, na ida e vinda
A cultuar a violência...
.
Quem garante que isso é vida?
.
Que o Deus da libertação nos livre de todas as amarras que ainda nos prendem e nos impedem a nossa conversão!
Fiquemos na paz!

3 comentários:

  1. A violência não pode ser tratada como normal nunca em nossas vidas.naõ? Lindo tema e alerta.beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Este é um tema vivido no nosso dia a dia , infelizmente. Que o amor um dia reine no ar.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente isso acontece, mesmo em versos, dá para sentir a dor...Paz e bem

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...