sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Metade da Vida Como Tarefa Espiritual



METADE DA VIDA COMO TAREFA ESPIRITUAL - PARTE II


Publicado em 20 de novembro de 2008 no http://espiritual-idade.spaces.live.com/


Um dos meus autores preferidos na atualidade tem sido ANSELM GRÜN.
Sempre que vou ao Mosteiro, Ir. Maria Águeda é a encarregada de me "integrar" e o mecanismo da leitura espiritual me compensa muitíssimo.
Hoje vou colocar em comum minhas anotações sobre a obra do autor acima citado, dentre tantas tão preciosas para mim:" METADE DA VIDA COMO TAREFA ESPIRITUAL".
NESTA FASE PERCEBO QUE acontecem MUDANÇAS, vem o abandono da ROTINA, muitas vezes a SEPARAÇÃO MATRIMONIAL, ocasionais DEPRESSÕES NERVOSAS, TRANSTORNOS PSICOLÓGICOS...
Mas é também tempo de CRESCIMENTO e MATURAÇÃO.
Se fizer um discernimento dos fatos, há como SITUAR-ME e ganhar CIRCUNSTÂNCIAS favoráveis FÍSICAS E PSÍQUICAS, mesmo quando possa haver DIMINUIÇÃO DE FORÇAS CORPORAIS E (muitas vezes) ESPIRITUAIS TAMBÉM.
A vida por si só requer nesta fase que haja PLANEJAMENTO DE NOVOS DESEJOS em contrapartida com as NOSTALGIAS que se fazem imperativas...
DEUS está sempre PRESENTE NA "CRISE"...Disto eu tenho certeza absoluta.
Vejo que urge um maior empenho na liberação do AUTO-ENGANO, característica adolescente-juvenil da qual poderei me livrar definitivamente, com o auxílio da Graça Divina, já que outra época me é apontada.
Até os quarenta anos outra natureza domina o ser humano e, por suposto, a mim também.
É neste novo modo de viver que o CONTATO COM O MEU ÍNTIMO ME FAZ ABANDONAR-ME, ENTREGAR-ME nas mãos do meu CRIADOR com maior ânimo e generosidade.
Tenho tentado combater em mim os zelos sem irradiação do amor e da bondade de CRISTO, o entusiasmo sem pedantismo e estreiteza. A pequenez interior, a falta de alegria, a autojustificação, fixação em princípios religiosos para "escamotear" a CRISE INTERIOR, ocultar a angústia da crise.
Percebo agora que criei IMAGENS DE MIM E DE DEUS, CONVULSÕES DO CORAÇÃO, PRINCÍPIOS FERRENHOS E ANGUSTIOSOS (ÍDOLOS), NARCISISMOS...
Aí DEUS intervém favoravelmente me desestabilizando, me tirando toda segurança, toda convicção.
O ENCONTRO PESSOAL COM O SENHOR fica mais reluzente, mesmo nesta relação nova com este DEUS PERIGOSO, que me MOSTRA a VERDADE, OS MOTIVOS, QUE ME DESMASCARA, me fazendo ver meu antigo modo de ver tão semelhante ao dos FARISEUS.
Antes é como se tivesse bebido dos charcos a invés de inebriar-me da FONTE, antes passava sede, não tinha gosto em DEUS.
O ORGULHO, A OBSTINAÇÃO, A DUREZA DO JULGAMENTO, A "CONVERSA FIADA",O ATIVISMO RELIGIOSO... DEUS COMO UM ESTRANHO, UMA ANGUSTIOSA PERMANÊNCIA EM MIM MESMA, UMA VALORIZAÇÃO EM DEMASIA DO MEU PRÓPRIO EXECUTAR...
Agora vejo com maior clareza que não devo confiar demasiadamente na PAZ, na RENÚNCIA, NO DOMÍNIO SOBRE MIM.

TUDO É GRAÇA!


5 comentários:

  1. Tudo é ação de graças em seu blog.
    Gostei muito
    com carinho MOnica

    ResponderExcluir
  2. A presença constante de Deus é uma realidade, mas a sua intervenção se faz no Seu tempo, no Seu momento.
    Bom fim de semana.
    Beijos fraternais.

    ResponderExcluir
  3. Excelente, Rosélia!! Que capacidade! Quando teremos um livro? Parabéns! Muito sensível! Meu afeto!

    ResponderExcluir
  4. Amiga: Lindo texto tudo é graça e tudo nos é dado por Deus e também de graça Deus não cobra nada da gente, nós a que não sabemos cumprir o que Ele nos ensina, e por vezes vamos nos desviando dos seus caminhos.
    Beijos e bom fim de Semana.
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  5. Rosélia passar por aqui é ter a certeza de encontrar sempre uma profunda reflexão, adorei o texto.

    Beijos

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...