quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Vale a Pena ler de Novo


http://www.elainegaspareto.com/

A querida Elaine teve uma ideia similar à minha e encaixei-me na dela, claro!
Havia pensado e programei posts mais comentados do ano de 2010... quando ela lançou a proposta, já estava com os post no ar... Até na "net" vamos dançando conforme a música...
Afinal, é Tempo de Festa e interação!

Estou voltando hoje de férias de quinze dias... aos poucos...

SER PROFESSOR (A)
Com 16 anos e meio, me formava em professora primária (quinta série atual)...
ESCOLA NORMAL SANTA MARIA (75 anos de Tradição) a quem devo a minha formação como pessoa e profissional capacitada para enfrentar concurso público com excelente vitória...

Barra da Tijuca... turma de quarta série do Ensino Fundamental... Que saudade desses meninos, foram meus amigos!

Barra da tijuca, com meninas, lindas... dançava junto com elas na coreografia...

Passeava com meus menininhos queridos do Recreio dos Bandeirantes... Conhecendo pontos turísticos do RJ e até para casa os levava no final de semana...

Alegrando a Zona rural no Recreio dos Bandeirantes... pura alegria!

Meus anjinhos lindos... eram as minhas bonequinhas...
Recreio dos Bandeirantes...

Confraternizava com as mães pelo dia delas, também na Pavuna, com alunos especiais...

Recreio dos Bandeirantes, com alunos especiais...

Entrava na roda com aquela turminha feliz...

Foram alguns anos de CIEP... que experiência!!! Meu Deus!
Realengo...

O carinho deles recebido foi o que sempre me impulsionou...

http://bordadoseretalhos.blogspot.com/2010/10/roselia-na-serie-eu-frequentei-escola.html

... começou a amiga a mencionar um pouco de minha carreira como professora...
Quando me formei... professor(a) tinha muito valor... era título nobre...
Toda "menina de família"... tinha que se tornar professora...
Velhos tempos!!
Estive meditando um pouco sobre este post e me atrevo a resumir em muito poucas palavras o que cheguei a conclusão do que é ser professor nos dias atuais...
Antes, professor era TUDO...
Hoje, quase nada...
Percebo que não basta ser nomeado professor nos dias atuais... é preciso ser muito mais: ser formador(a) de opinião, educador(a), facilitador(a), colhedor(a) de experiência...
Antes, tudo estava implícito no título e no coração d0(a) "formando(a)"... que pretendia... almejava formar...
Hoje, nem sempre...
Que constrangimento para nós!
Moro em frente a um colégio público municipal... me sinto envergonhada com o que vejo por aqui... e por aí também...
Mas, a razão está na falta de vocação... atualmente se escolhe a profissão pelo lucro... não pelo Dom... no caso: de ensinar... de partilhar experiências...
Não sou pessimista em relação à profissão... voltaria a ser professora... faria tudo de novo...
Quando tinha cinco aninhos escrevi algo e meu padrinho de Batismo guardou como recordação: "EU QUEIO SÊ POFESSOIA"...Reconheço como presente de Deus minha vocação e por isso postei a foto inicial, tenho muitas outras fotos... mas destaquei estas para lhes dizer, com grande alegria interior Deus me concedeu o Dom de ouvir, de ministrar informações e formar corações...
Obrigado, meu Senhor e meu Deus!
Não poderia ter-me dado presente melhor...
Sabem de uma coisa?
Sou, dos meus irmãos, a única que não progrediu financeiramente (não vale contar com salário do esposo ou esposa)... no mesmo patamar...
Sabem por que?
SOU PROFESSORA POR VOCAÇÃO!!! Não arredei pé... enfrentei!!! E venci!!!
Trabalhei em 3 turnos... horário integral no término da Faculdade e depois, a regalia das duas vezes por semana no segundo grau... um brinde à minha perseverança na vocação...
Em meu fusquinha, levava andador, carrinho de bebê, dois filhos (um para cuidar do outro)
Vocação não tem preço à altura mesmo... nem pagam o suficiente por ela... nunca se pagou, em época alguma creio eu...
É uma pena!
Mas: apesar dos "pesares"... FELIZ DIA DOS MESTRES PARA TODOS NÓS que contribuímos, de alguma forma, com o progresso da nação... do ser humano... da humanização do animal bruto que, antes de ser polido, habitava em nós...
Quanto a mim: fui e sou muito bem paga, sim!
Olhem os abraços... carinho... alegria das fotos acima... Não valem a pena?
Isso não vai além da má remuneração?
Meu coração exulta por ter sido (além de professora)... mestra, com dignidade e "orgulho"...
Passei por diversas fases e idades... aprendi muito com todos meus "alunos"/professores...
Sem eles poderia hoje comemorar, com consciência reta, o "meu" dia?
AOS MESTRES, COM TODO O MEU CARINHO...
E aqui, está valendo chorar, viu?
Lindo dia e lindas lembranças do nosso tempo escolar, afinal, todos as temos...
Vamos festejar?
Uma dedicação, no post de hoje, ao MESTRE dos mestres...
Jesus, que tinha tanta doçura no ser, no julgar no sentir e no agir...
Que Ele seja o nosso paradigma!

9 comentários:

  1. Ser professor(a), a quem eu chamo de mestre, é algo desenvolvido com amor, através de um dom particular que a pessoa nasce. Não tem como não parabenizar um professor nos dias de hoje por sua dedicação, nessa guerra que se tornou o ensino público!

    Abraços renovados!

    ResponderExcluir
  2. São lindas as lembranças do tempo de escola mesmo... E hoje tô chorona...meu filho e netos foram embora ,novamente pra Inglaterra.Dói...beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Valeu a pena ler
    Parabéns professora por tudo que ensinou e ainda ensina,
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Rosélia, eu também me formei e dei aulas com verdadeira paixão! Nunca tive preguiça, não me sentava à mesa. levava todas as novidades. Preparava com caprichoas aulas. Recortava papel de presente e ao terminar de corrigir um caderno eu colava e escrevia uma coisa legal! Olhe só, fui precursora do selinho. Ficaria horas e horas, falando das coisas maravilhosas que fiz, mas nunca fotografei. Elas só ficaram na minha mente e olhe, eram coisas diferentes que nenhuma professora fazia. Cheguei a ficar com uma aluna pq os pais se mudaram para outro estado e para ela não perder o ano eu pedi que a deixassem comigo. Abração! Parabéns a nós!

    ResponderExcluir
  5. Oi Querida que bom que voltou, obrigada pela visitinha lá no blog. Espero que tenha voltado renovada. Um Feliz e abençoado 2011.
    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Olá Mirtes!
    Passando para agradecer sua simpática visita e desejar-lhe um ano de muita saúde,paz,sabedoria,prosperidade...e tudo de bom que Deus tenha pra vc e fam.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  7. Oi Rosélia, vou te contar uma particularidade, não costumo falar muito sobre isso, sou também uma professora, mas sem voz, descobri uma anomalia nas pregas vocais assim que terminei a faculdade, nunca pude estar em sala de aula. Tenho a maior admiração e respeito pelos mestres, sou do tempo em que eles eram os ídolos dos alunos e não o que acontece hoje.

    ResponderExcluir
  8. Amiga!
    Voltaste com todo o gás! rsrsrs
    A profissão professor é essencial, mas tão pouco valorizada. Inclusive pelos alunos atualmente!
    Muito triste!
    Beijos queriiiida!

    ResponderExcluir
  9. Oi Rosélia

    Sou mestre, porque nunca deixaremos de o ser, e sei muito bem o que é ter amor à profissão.
    Ninguém é nada sem passar primeiro pelo professor. Ele é e sempre será o iniciante da vida de todos no aprendizado Cultural, Social e de Vida.
    Parabéns pelo texto e à você minha querida pela bela profissão.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...