sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Sentimento: Orgulho


Mais uma vez estou participando, com muito prazer, da Blogagem Coletiva da Glorinha:


Hoje inicio agradecendo, uma vez mais, aos inúmeros e queridos comentaristas que me dispensaram umas linhas tão gentis... amistosas... respeitosas e que me incentivam a continuar nesse "oficio" que me dá tanta alegria interna.
A imagem que me veio em primeira instância foi a do famoso p a v ã o... e sua crise de PAVONITE AGUDA... mas percebo que TODOS os participantes se esmeram em dar o seu melhor em cada Blogagem Coletiva que participo... Vi também que Glorinha já o havia postado... como imagem ilustrativa...
Assim que, como segunda inspiração, me veio essa imagem do nosso próprio Blog...
Ele pode ser canal de comunicação que une forças... potencialidades... competências... onde levamos aos nossos semelhantes um pouco dos Dons que recebemos do Alto ou o nosso próprio ego inflado...
Enquanto caminhava pela manhã no calçadão à beira da Lagoa... senti que o texto de Teresa de Ávila viria a calhar aqui nesse post de hoje cujo Tema é o ORGULHO...
Sempre que prego, falo dos "CARRAPICHOS" que grudam em nossas roupas quando passamos pelo mato ou lugar campal... Só os percebemos quando chegamos em casa e os vemos grudados em nossas roupas... OU SEJA: SÓ COM MUITA ATENÇÃO NOS DAMOS CONTA QUANDO O ORGULHO ESTÁ ENTRANHADO EM NOSSO SER... CASO CONTRÁRIO, PODE PASSAR DEPERCEBIDO AOS NOSSOS OLHOS...
É necessária uma circunspecção!!!
Teresa disse uma frase que marca bem o contexto do Tema de hoje no meu modo de sentir as coisas internamente:
"É BOM ANDARMOS DE SOBREAVISO"...
Me veio à mente também o Salmo 130 (131) que é um dos meus preferidos e me faz ficar de bem com a vida gozando da mais perfeita SERENIDADE...
CONFIAR NO SENHOR COMO AS CRIANÇAS
"Aprendei de mim que sou MANSO E HUMILDE DE CORAÇÃO.(Mt 11,29)"
Senhor, meu coração não é orgulhoso,
Nem se eleva arrogante o meu olhar;
Não ando à procura de grandezas
Nem tenho pretensões ambiciosas!
Fiz calar e sossegar a minha alma;
Ela está em grande paz dentro de mim,
Como a criança bem tranquila, amamentada
No regaço acolhedor de sua mãe.
Confia no Senhor, ó Israel,
Desde agora e por toda a eternidade!
Bem, ao rezar esse Salmo, fico tão tranquila e se acalma em mim todo tipo de "carrapicho"... ORGULHO... ARROGÂNCIA... PRETENSÃO AMBICIOSA...
A soberba ocupa o primeiro lugar entre os "pecados capitais" (erros no alvo), porque é a raiz de todos os males. Aliás, foi pela soberba que o homem se afastou de Deus no início da história, cometendo o "pecado original"; em consequência, todo o pecado pessoal tem sua origem na SOBERBA ou ORGULHO, no desejo que o homem traz em si de se preferir a Deus ou de ser o senhor das situações.
Afinal, em que consiste o ORGULHO?
Todos nós temos valores naturais... inteligência...talentos... dons artísticos... e valores sobrenaturais... graça... carismas...
Quando reconhecemos (não só falando ou escrevendo...) que são brindes... presentes... dons... e os atribuímos à liberalidade divina... com alegria e gratidão... é MORALMENTE RETO...
Mas... muitas vezes nos esquecemos de que tudo é DOM (mimo de Deus) e queremos parecer grandes aos olhos dos nossos semelhantes... como que se tivéssemos tudo por nossas próprias forças... aí estamos na VÃ GLÓRIA ou no ORGULHO...
Geralmente nos julgamos melhores do que os outros... e nos endeusamos...
O ORGULHO gera em nós o desejo de honras vãs... louvores... fanfarronice... presunção (julgamos ter prendas que os demais não têm)...
Pode se tornar "doença" e tem "remédio" para dissipar (diferente de dissimular) o ORGULHO...
É só recordarmos a GRANDEZA DE DEUS e a nossa fragilidade humana...
"QUANDO UM HOMEM MORRE, HERDA INSETOS... FERAS... VERMES"... (Eclo 10,10...).
"Quem hoje é rei... amanhã morrerá"...
"Uma longa doença zomba do médico"...
Podemos aproveitar a bonita sugestão da Glorinha no dia de hoje e meditarmos, um pouco mais conscientemente, na HUMILDADE... e no que ela representa para nós até mesmo com o nosso BLOG...
Me lembro de uma brincadeira de criança que ilustra bem o que tenciono dizer:
"Eu tenho... você não tem..."
Lembram-se?
Se o ORGULHO é o nosso ponto fraco... por onde deve começar a nossa mudança de direção (conversão... metanóia...) sabendo que nos é prejudicial... e para os que nos rodeiam... para um bom desempenho dos nossos direitos e deveres???
Hoje podemos pedir a graça de sermos limpos no mais profundo do nosso ser (coração)... e termos a condição de superarmos essa fase de pavonite que nos ronda e volta e meia nos pega de cheio a todos, quase que sem exceção... (desculpem-me incluí-los).
O mal quando detectado pela raiz pode ser reduzido e eliminado por Graça Divina como muitos "santos não canonizados" (muitos nem aceso à internet têm)que vivem a sua vida ao redor de nós como no Salmo com que iniciei a minha participação de hoje...
Podemos também imaginar uma enorme floresta... Contemplemos as belezas de múltiplas árvores gigantescas... e se umas resolvessem dizer para as outras: "Ei, chegue suas raízes pra lá que o espaço é só meu"... que confusão reinaria!!
Hoje nos caberia, muito adequadamente, um belíssimo e sincero EXAME DE CONSCIÊNCIA...
Se o ORGULHO OU A SOBERBA é achar-me melhor do que os outros... peço a Graça ao Senhor da Sabedoria e Vida o Dom da HUMILDADE... de sentir-me necessitada d'Ele e dos outros, meus semelhantes...
Quando caminhava pelo calçadão também me veio um cântico do N.T. que para mim exemplifica todo o conceito do não orgulho que concebo em minha capacidade de ver, julgar e sentir as coisas:
Comecei cantando... e vou encerrar entoando também esse lindíssimo canto que faz parte de um dos Ofícios Divinos nos Mosteiros Beneditinos:
Está em Fl 2,6-11
Nosso Senhor Jesus Cristo,
De natureza divina,
Não exigiu ser tratado
Na qualidade de Deus.
Mas despojou-se ele mesmo,
Tomando a forma de servo,
Igual aos homens em tudo
E simples homem julgado.
Quis humilhar-se a si próprio
e obediente mostrou-se até a morte de cruz.
por isso Deus o exaltou
e o distinguiu com um nome,
que a todo nome supera.
Ao nome, pois, de Jesus,
todo joelho se dobre
no Céu, na terra e no Inferno.
E toda língua proclame
para o esplendor de Deus Pai,
que Jesus Cristo é o Senhor.
Fiquemos todos tranquilos (se nos for possível) como uma criança amamentada no regaço de sua mãe...
Abençoada semana para todos nós, meus irmãos!


45 comentários:

  1. Adoro os textos é um momento maravilhoso e agradeço a vc pela presença no meu blog.Grande beijo.

    ResponderExcluir
  2. Oi Rosélia! Quero comecar dizendo que sinto muito a sua perda, minha amiga. Se foi dolorosa a passagem do amigo Hod (que não conhecíamos pessoalmente) imagino como você se sentiu com a despedida de um amigo com quem convivia. Minhas orações contigo e com a família.
    Gostei muito dos pontos que você abrangeu com sua postagem, Rosélia. Deus é maior do que todos nós, e não se enche de orgulho - o que leva os humanos a agirem assim?
    Que Ele toque nossos corações, amplie nossos horizontes e leve para longe o orgulho, a soberba, o julgar o próximo insistentemente. Só Ele sabe o que vai em nossos corações, e com a morte tão perto servindo como lembrete de que nada adianta nos colocarmos acima dos outros. Que possamos ser felizes sem precisar estragar a felicidade alheia, por puro orgulho. Um beijo, Deia

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito de tua participação e adorei a parte dos carrapichos...

    Boas lembranças me deram...beijos,lindo dia!chica

    ResponderExcluir
  4. Belo e sábio texto, Rosélia querida. Que fique sempre distante o mal da "pavonite". Excelente participação, um grande beijo para você, um bom dia, bom final de semana também :)

    ResponderExcluir
  5. Sabe tenho observado que o ser humano esqueceu o que é ser HUMILDE, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  6. Oi, amiga, tem sorteio das Lixas Cel´s no Antenada, passa lá para participar!
    Bjs! Lu.
    http://antenadaedescolada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Roselia amiga,
    Muito obrigada por suas visitas tao queridas no meu periodo de ausencia dos blogs.
    Estive literalmente de cama por mais de 3 semanas e somente aora estou bem e voltando a minhas atividades normais.
    Muito boa a tua opiniao sobre o orgulho... ja havia visto sobre o mesmo tema em outros blogs e me pareceu um tema muito interessante.
    Beijos, flores e muitos sorrisos!

    ResponderExcluir
  8. Olá flor,amo esse texto que vc escrve,me sito tão bem,estou passando por uma face digamos ruin,mas sei se tive Deus dentro do meu coração,tudo ficara melhor.
    Te adoro
    Obrigada
    bjos

    ResponderExcluir
  9. Rosélia, sim devemos ficar sempre de sobreaviso. Excelente alerta.
    É claro que nos orgulhamos dos dons que nos foram concedidos, nos orgulhamos por ver a nossa marca impressa em pessoas, em situações e mais nos orgulhamos por buscarmos sempre o bem. Acho natural o orgulho no sentido de conquista, mas tudo tem peso e medida e quando damos a um fato um peso maior que tem e enaltecemos de forma exagerada, algo que é normal afim de sermos aclamados, aí sim mora o perigo.
    Um beijinho

    ResponderExcluir
  10. Vim retribuir a visitinha e adorei o texto... Bjãoooooooo e um ótimo fds!

    ResponderExcluir
  11. Rô,
    Gostei dos termos "pavonite", da comparação com os carrapichos e da brincadeira de criança...rs! Ilustraram bem o tema.
    Pois é, as estrelas do marido nunca me subiram à cabeça... E nem a dele, graças a Deus!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  12. Olá, minha querida irmã!
    Sou uma devota de Santo Antônio, e buscando pela biografia dele tomei conhecimento duas passagens que para mim fazem a diferença. Antes dele começar a lecionar em Pádua, há um momentos no pulpito em que ele fala de sua abdicação aos estudos e viagens pois ele percebeu que tudo aquilo servia apenas de alimento para seu ego. Depois, no meio de uma aula, em que ele fala sobre sua lição com São Francisco, sobre a capacidade de se auto-enxergar em meio à turbulência da corrida pelo possuir efemeridades.
    Gosto muito dos seus posts, confesso ás vezes volto aqui no meio da semana para reler o texto e realmente absorver o que ele ensina, pois no dia de hoje é difícil aprofundarmos o suficiente para falar com propriedade sobre assuntos tão reflexivos.
    O seu ( tom ) pastoral me agrada muito.
    Ah, quase me esqueço; quanta verdade esquecida nessa palavrinhas: " Dom". quantos não pensam ser o Dom méritos próprios. Vejo isto o tempo todo no meu meio em relação ao Dom da mediunidade.
    Agradeço mesmo por essas palavras maravilhosas!

    Beijo no seu coração.

    ResponderExcluir
  13. Rosélia, suas palavras sempre passam um grande conforto e equilíbrio interior. Como se saltassem para tocar naqueles pontos mais importantes. É sempre bom passar por aqui e me alimentar do bem. Bjoss

    ResponderExcluir
  14. Aqui cabe bem uma frase curta e completa:
    O orgulho se manifesta a pleno quando queremos ser Deus no lugar de Deus!
    Muito bom recado Rosélia!
    Vamos parar para refletir...nunca é tarde!
    Um beijo grande
    Astrid Annabelle

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Seja bem vinda ao Mix!!!
    Obrigada por comentar!
    Vou conhecer seu blog ok?
    Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  16. É preciso sempre tomar consciência de nossa pequenez diante de Deus. Mansidão e humildade é o melhor caminho para que quer se aproximar de Deus e de seus filhos. Bjs

    ResponderExcluir
  17. Querida amiga,linda sua participação, temos que nos orgulhar das boas ações que fazemos, mas isso só para nós interiormente..Tenha um lindo final de semana...Beijocas

    ResponderExcluir
  18. Orvalho do Céu,
    As tuas postagens primam sempre por me provocar uma grande reflexão e eu saio daqui sempre a remoer pensamentos. Se não te disse nunca, eu sou católica por baptismo e educação, mas há muito deixei de ser praticante por falta de fé, no entanto considero que quem a possa ter tem um grande pilar na vida.
    Apesar desta ser a minha realidade, sempre que leio as tuas postagens elas mexem comigo e admiro os conhecimentos profundos que tens.
    Beijinhos,
    Manú

    ResponderExcluir
  19. Oi, Rosélia

    Precisamos tomar cuidado para que não exageremos tanto para o orgulho como para a falta dele.
    Belos ensinamentos você nos traz.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  20. Oi Rosélia, ainda comentei a pouco no blog da Nilce sobre a diferença do orgulho e da soberba.
    Temos orgulho das coisas boas que fizemos, da educação que demos aos nossos filhos, da nossa coragem em levantar cada vez que caímos e até de reconhecer nossos erros.
    Acho que tudo isso é o valor que temos que dar a nós mesmos pelas coisas que conquistamos e aprendemos, nossa auto estima.
    Já a soberba é quando nos sentimos melhores que os outros, quando achamos que temos mais saberes, mais bens e tantos outros mais...
    Penso sempre em ser melhor a cada dia, então esse orgulho de ser flexível, de compartilhar com meus amigos e das amizades que conquistei eu não abro mão e tenho certeza são tesouros que levarei por onde eu for
    Beijos pra você e um ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
  21. Adorei sua participação, orgulho é algo que se não estiver controlado , é perigosssimo! beijos

    ResponderExcluir
  22. Rosélia
    "O orgulho se manifesta a pleno quando queremos ser Deus no lugar de Deus!"
    E pensar que tem tanta gente que pensa assim não?
    Devemos ter orgulho sim de quem somos, do que fazemos de bom.
    bjs

    ResponderExcluir
  23. Olá, obrigada pela visita, será sempre bem vinda. Gostei muito daqui, Encontrei Santa Teresinha de quem minha mãe era devota.

    Um beijo grande!

    ResponderExcluir
  24. Obrigada linda...vá conhecer o Leo e sua linda familia,uma casa onde o amor e transbordante...http;//contosmamaepolvo.blogspot.com.
    Deusa
    vasinhos coloridos

    ResponderExcluir
  25. Oi Rosélia, é tanto material para pensar no que você escreveu. Foi uma reflexão profunda. Não apenas o orgulho, mas tantos sentimentos podem grudar-se em nós como carrapichos... Concordo que muitas vezes o orgulho é o mais difícil de identificar, por que há uma linha tênue que separa o bom do ruim. É mesmo necessário orarmos e vigiarmos, foi assim que aprendi!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  26. Minha querida Roselia, que paz nos passa com sua participação nessa blogagem coletiva.
    Como nós, seres humanos, precisamos ser balançados, sacudidos com palavras desse porte de suas palavras.
    Orgulho, pra que, por que?
    Sejamos simples, dignos de estarmos na mesma plataforma de nossos irmãos, sem querer nos vangloriarmos por uma coisa mínima qualquer.
    Deus a abençoe por ter o dom da palavra, de nos mostrar através de salmos e cânticos o quão pequenos somos.

    Beijos com carinho e admiração.
    Parabéns pela participação.

    ResponderExcluir
  27. Oláq
    Obrigado pela visita ao meu blog,e pelo comentário. Quando puder volte, vou gostar muito.
    Te sigo
    Bjux

    ResponderExcluir
  28. Olá,

    Muito obrigada minha linda pela doce visita e por levar contigo um pedaço de bolo... viva...

    Também adorei seu espaço lindo de amor e paz...
    continue em meu jardim pois ele esta de portas abertas pra mais uma bela flor!

    beijos da rosa amiga
    Iana!!!

    ResponderExcluir
  29. Oi Rosélia, gostei da "pavonite aguda",hehe.
    Realmente temos que ficar de sobreaviso e prestar muita atenção em nós mesmos para que o orgulho que todos nós temos um pouco não vire soberba, pq aí, é chato demais. Detesto gente arrogante, ui...gostei de seu post. bjs.

    ResponderExcluir
  30. Ei querida!
    Tentei comentar pela manhã, mas a conexão caía, não sei porque!
    Mas na vida ás vezes deixamos que alguns carrapichos grudem na gente, e o orgulho, aquele o arrogante, é um deles, pois é o avesso da humildade.
    Bom fim de semana
    Gd beijo

    ResponderExcluir
  31. Roselia querida, muito bonita sua participação nesta blogagem coletiva... tema para todos refletirem...
    Que seja abençoado seu final de semana amiga...beijos...
    Valéria

    ResponderExcluir
  32. Oi, Rosélia!

    Muito rico o seu texto, e ótimos ensinamentos. Emocionante o cântico final, que mostra o próprio Jesus, que é Deus, despojando-se de todo e qualquer aparato, orgulho, e nos dando a maior lição de humildade. Podemos ser felizes, vitoriosos, plenos, sem no entanto deixar que o orgulho seja nossa marca.
    Beijos
    Socorro Melo

    ResponderExcluir
  33. Muitas pessoas ainda acreditam que o ter é mais necessário do que o ser, e por isso mergulham no mundo do orgulho.

    ResponderExcluir
  34. Teus posts, amiga, provocam reflexões sempre.
    É impossível sair daqui sem algum questionamento.
    Beijinhos com carinho!

    ResponderExcluir
  35. Obrigado, amiga, por tudo, tentando me curar, mas impossivel não vir na internet, mas diminuí o ritmo, estou com remédios também, e exercícios, beijos.

    ResponderExcluir
  36. Linda reflexão, linda mensagem, sempre faz muito bem...
    Ótimo final de semana, de muita paz!
    Obrigada pelo carinho de sempre...
    Fé e força!

    ResponderExcluir
  37. Olá minha linda florzinha!
    Vc escreve tão bonito! A gente vai lendo e se imaginando andando na praia contigo e ouvindo seus pensamentos. Belo parecer a respeito deste tema tão amplo.
    Beijinhos no ♥ e um ótimo e abençoado final de semana.

    Flores e Luz.

    ResponderExcluir
  38. Obrigada pela visita.

    A nossa passagem por esta terra é rápida, por isso temos que vivê-la intensamente.

    Um abraco

    ResponderExcluir
  39. Oi minha linda. Belíssimo texto.
    Eu sempre achei que o orgulho não faz parte do ser humano... Ou pelo menos não devia. A simplicidade é o melhor caminho. Ficar se achando mais que os outros e recriminar, esnobar não é certo.

    Mas existe o orgulho bom, que é o que eu sinto por ter sua amizade. Eu tenho ORGULHO de ser sua amiga Rosélia e de ter te conhecido.

    Um super beijo minha flor!

    ResponderExcluir
  40. Deixemos o nosso ser pavão enfeitado orgulhoso de seu próprio esplendor...fiquemos sim,atentos à nós mesmos! Vamos procurar humildade, esse é o melhor caminho a seguir!

    Obrigada pelo seu carinho sempre
    Bom sábado,
    Renata

    ResponderExcluir
  41. Olá querida amiga!
    Obrigada por compartilhar conosco tão belas palavras, sempre tão cheias de sabedoria, embasadas na sabedoria divina.
    Parabéns por mais esse lindo post.
    Adorei!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  42. Rosélia, ler seus textos é nos aproximarmos mais de Deus.
    Fico em paz quando venho aqui.
    Tenho um orgulho sincero e verdadeiro de ser sua amiga.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  43. Rosélia, ler você me aproxima mais ainda de Deus.
    Tenho um orgulho bom em ser sua seguidora, e espero estar no rol das suas amigas.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  44. LINDA POSTAGEM AMIGA.
    pARABÉNS. TEMOS SIM QUE TER ORGULHO DAS COISAS BOAS QUE FIZEMOS.
    O ORGULHO EM SI É MUITO TRISTE.
    PARABÉNS.
    SANDRA

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...