quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Vida não Vivida

HOJE O BLOG HOMENAGEADO É O DA GIOVANNA VALFRE DO: http://bordadoseretalhos.blogspot.com/
Ela postou em nossa BLOGAGEM COLETIVA ESPIRITUAL ECUMÊNICA e muito nos honrou.
Obrigada de coração, amiga.


VIDA NÃO VIVIDA
(Erich Fried)
A vida não vivida
Também acaba
Quem sabe, mais devagar
Tal como uma bateria
De uma lanterna
Jamais utilizada
Mas isso não ajuda muito:
Quando
(supostamente)
Desejamos acender
Essa lâmpada
Após anos
Não há nenhum rastro de luz
E quando a abrires
acharás somente os seus ossos
E se acaso tiveres azar
Estarão corroídos
Sendo assim
Poderia muito bem: TER IRRADIADO LUZ.
É tão "pouco"... mas nos perdemos pelo caminho no "muito"...
Sejamos sal e luz!
Peçamos a graça...
Amém!


14 comentários:

  1. Parabéns à Giovanna e você também Rosélia!! Um bom dia, beijos ;)

    ResponderExcluir
  2. Sabias que és um dos meus amig@s? Venho agradecer-te por existires e seres um del@s...! Se vais ao meu blog saberás a que me refiro... e se queres levas contigo o regalo que, com muito carinho, está pensado para pessoas como tu...!
    Mereces mais..., mas é o melhor que posso dar-te hoje... És um presente para mim... E é o que eu posso oferecer-te, hoje, a ti...

    Um abraço.

    Sergio

    ResponderExcluir
  3. Olá! Vidas e vidas, são tantos caminhos e diversos destinos. Talvez, digamos que existam muitas pretensões das almas, muitas lições aprendidas e muitas, inúmeras vidas que mesmo apáticas, passivas, inertes são vidas, que estão a caminho....uns na frente, outros mais lentos e distantes, né? Talvez sejam estes os motivos da corrosão...kkk.. Lindas palavras! Orvalho do Céu também é lindo!!
    Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  4. Amiga,
    Não tenho acompanhado a Blogagem Coletiva Espiritual , mas tenho lido alguns textos dos participantes e eles são sempre muito interessantes.
    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Que linda postagem amiga!
    Obrigada por sua visita!
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  6. Oi Rosélia, quarto post sobre o sol?
    É porque as pessoas estão necessitadas desta bateria, desta fonte, desta energia chamada sol, que não só ilumina como dá a vida.
    Chega de chuva e de toda umidade que ela traz.
    Cansei!
    Tem tempo para tudo nesta vida, e como sou do sul, já não aguento mais, quero a vida dos dias lindos do verão.
    Beijos e Deus a abençoe, Mauro

    ResponderExcluir
  7. Oiê, tbém gosto muito da Giovana, muito querida.


    Bjs

    Joana Campos

    ResponderExcluir
  8. Adorei, parabéns às duas! Beijo, beijo!
    She

    ResponderExcluir
  9. Oi amiga, passa lá no blog, tem selinho para vc.
    roartesanal.blogspot.com
    beijos rô

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pela postagem, suas homenagens estão maravilhosas...
    Um abraço com desejos de bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  11. Minha doce amiga Rosélia!
    Linda homenagem, querida!
    Muita luz para você!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Paz e bem irmã, não podemos perder jamais o tempero, senão deixaremos de sermos SAL!

    ResponderExcluir
  13. Que sejamos sempre este tempero essencial ( o sal) onde formos... belas e merecidas homenagens.

    Fique na paz

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...