segunda-feira, 7 de junho de 2010

Teia Ambiental


Hoje, mais uma vez, estou convidada a participar de uma série de posts...
A isso chamo eu de BLOGAGEM COLETIVA...
Só que dessa vez, será todo dia 7... de cada mês... gosto muito desse número porque, numa linguagem espiritual, significa: PERFEIÇÃO...
É o que esse casal me inspira:

o Gilberto do http://brasilan.blogspot.com/

e do http://marraioferidosourei.blogspot.com/

e a Flora do http://floradaserra.blogspot.com/

Vou colocar minha modesta colaboração segundo o estilo do meu Blog, como costumo pedir a quem participa da "minha" BLOGAGEM COLETIVA ESPIRITUAL e que esses dois amigos abrilhantam de uma forma toda especial... a cada Domingo...

Falar da água para mim não me causa dificuldade alguma... aprecio o mar... lagos... rios... ilhas... piscina nem tanto!
Estive morando um tempinho no Norte do Brasil e lá os rios são caudalosos... a junção do Madeira com o Mamoré é espetacular...
Nas estradas... vou admirando sempre quando me surge água à vista em uma das suas várias formas...
Até a chuva... ainda que à pé nas ruas... não me enerva... gosto de me sentir molhada no verão... não sou fã de água gelada... saí um pouco como meu pai: ele até mergulhava... cortava onda como nos dizia... mas não sem antes relutar... depois caía de cheio a se esbaldar...
Sou uma gata que parece golfinho... mas, por favor, sem ondas gigantes... Socorro!
Moro na Região dos Lagos e quando vou a Cabo Frio ou a Rio das Ostras ou à Saquarema... sinto um medo compreensível... fico nas beiradas... como a criança desejosa de saber nadar...
Aliás... coisas simples não aprendi como meus irmãos... fui muito obediente e não ousava desobedecer as ordens dadas pela mãe para tais façanhas...
Pena!
Tinha piscininha pra filha... era uma verdadeira delícia!
Já meu netinho aprecia uma banheira... um latão... ou uma borracha...(mangueira de jardim)...
Aí... vou entrar no caos do desperdício...
Sempre tive casa grande no passado e molhar as plantas durante um tempo enorme... me encantava...
As plantas agradeciam e se saciavam sobremaneira...
E agora?
Que faço com a questão da economia desse bem precioso em contrapartida com as necessidades básicas dos seres animais e vegetais?
Que dilema!
Sei que não é alarme falso... pensamento catastrófico... apocalíptico... inclusive tem uma enorme Lagoa em Saquarema que secou-se... "misteriosamente"!
É fato... e contra à fato não há argumentos... bem sabemos...
Orar?
Economizar?
Creio que os dois, no meu ponto de vista é urgente!
Ora et labora!
Seguiremos vivendo até quando podendo tomar um bom banho... bem molhado?
Nossos netinhos quando crescerem, segundo as estatísticas, podem não se deliciarem com esse momento mágico e restaurador...
O que será dos nossos mais queridos sem ÁGUA?
Não gosto de ser pessimista mais... estou tentando ser sempre otimista e nesse post não vou ser diferente...
Vou confiar e usar apenas o suficiente, é claro!!
Orar e Vigiar!
Eis a questão!
Olhem só (na foto que encabeça o post) a carinha do lindinho se esbaldando no desperdício de água!!
A consciência pesa nesse post sobre tão delicado Tema que a TEIA AMBIENTAL nos brinda.
Bater no peito... metanoia... ir em outra direção mais econômica... mais conscienciosa...
Cada um gastando menos e lucrando mais...
Creio entender melhor a questão da TEIA... não vivemos sós.. apesar de sermos únicos e irrepetíveis...
O "grupo universal" agradece... somos coletividade... vivemos em TEIAS... construímos as TEIAS...
Mãos à obra!
Ou seria: MÃOS UNIDAS PELA ÁGUA?
Amo a Natureza, como ficar indiferente?

12 comentários:

  1. "Vivemos em teia" - é isso mesmo. Não somos únicos nesse mundo. O consumo de todos os recursos naturais é direito de todos. E, para que todos possam usufruir, precisamos mais do que fazer a nossa parte - precisamos agir! Bela postagem! Um beijo, Deia

    ResponderExcluir
  2. Linda participação e ninguém deveria ficar indiferente aos cuidados e à natureza em si.beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  3. São Francisco te abençoe neste bonito trabalho!

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito do seu blog. Que Deus te abençoe sempre.
    Grande abraço.
    Paz e Bem!

    ResponderExcluir
  5. É com muita alegria que nós, do Espaço Aberto, viemos te convidar a participar do nosso primeiro Concurso Literário, a ser realizado no dia 12 de Junho, próximo sábado. Os interessados deverão fazer, nesse dia, um post em seus blogs, escrevendo sobre o tema: “Meu jeito de dizer que te amo” e o título do post deve ser esse mesmo. Mas ATENÇÃO: desta vez não haverá prazos, o concurso é válido SOMENTE para o dia 12 de JUNHO.
    Assim que postar o seu texto, visite-nos no Espaço Aberto e deixe lá o seu link para que possa participar do concurso.

    Contamos com a sua participação!
    Até sábado!

    Todas as informações sobre o concurso poderão ser encontradas e as dúvidas tiradas nos seguintes blogs:

    http://bomruim.blogspot.com/
    http://jardimdasan.blogspot.com/
    http://lienemarcia.blogspot.com/
    http://lienemarcia.blogspot.com/
    http://frutosdoverseiro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito do seu texto, leve, mas profundo, assim como são as águas...

    Cada um vai tecendo um pedacinho da Teia, dando aquilo que tem, ensinando aquilo que sabe.
    Estou feliz com a sua participação, amiga.
    Beijo

    ResponderExcluir
  7. Bacana isso.
    Mas a blogagem coletiva espiritual é muito boa.
    Só um conselho de amigo.
    Não deixe de visitar as pessoas que estão na blogagem espeiritual. Se não elas acabam desanimando e até desistindo ás vezes.
    Atenção!

    ResponderExcluir
  8. Não consigo ficar longe de você!!!
    Vim matar as saudades!
    Vou ficar esperando a sua visita!!!
    Tenha uma ótima terça-feira!
    Bjkas, muitas!
    Sônia Silvino's Blogs
    Vários temas e um só coração!

    ResponderExcluir
  9. mUITO INTERESSANTE ESTA COLETIVA. AMEI VIM ATÉ AQUI.
    CARINHOSAMENTE,
    SANDRA

    ResponderExcluir
  10. Muito bom, Orvalho!
    Teia é isso mesmo, todos tecendo com um ideal comum.
    Se eu corto uma árvore, para aproveitar a lenha ou fazer uma cerca, e não planto pelo menos 7 outras, estou rompendo fios da Teia. Se jogo lixo nas águas do rio, por que o lixeiro não passou, estou enfraquecendo a trama da Teia.
    A maior e mais sagrada de todas as Teias é a Teia da Vida, quando todos tecem a trama para que se tenha uma vida mais justa, mais harmônica, mais pacífica.
    Quando todos se unem em torno desses nobres ideais espirituais, a Teia se fortalece e é isso que esperamos que venha a acontecer com a nossa Teia Ambiental.
    Com esse texto, a sua participação ganha um significado muito forte, pois mostra como é simples praticar aquilo em que acreditamos.
    Parabéns, Orvalho.
    Estamos tramando juntos.
    Abraços.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  11. Amiga, obrigada pelo comentário no meu blog, fiquei muito feliz!
    Realmente eu não recebi o outro comentário, outras pessoas já se queixaram comigo, que me enviaram e não aparecia no blog, houve quem pensasse que tinha excluído.
    A seu pedido já visitei e já estou seguindo alguns blogs que participam da Blogagem Coletiva, estou gostando muito.
    Amiga, sou coordenadora da Equipe de Acolhimento na Paróquia onde participo.
    Um grande abraço!
    Paz e bem!!!

    ResponderExcluir
  12. Olá, como vai ? Espero que bem. Estou passando por aqui, para agradecer pela visita e dizer que ambos os Blogs que cuido estão de portas abertas para ideias e iniciativas que visem o aprimoramento social, intectual, moral e espiritual do Ser Humano. Uma frase em seu perfil, me chamou atenção "...trabalho minhas sombras..." e isto me fez pensar a respeito de um Ensinamento recebido de um Mestre "...Devemos aprender transformar chumbo em ouro..." Abraços Irio Domingos

    ResponderExcluir

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...