sábado, 9 de janeiro de 2010

Dores na Alma


Hoje posto sobre o que se me passa na alma... no profundo do meu ser...

Há dores e dores... As da alma são as que me refiro nesse post...

Inexplicáveis aos olhos humanos são elas...
Só as experimenta a quem Deus confia...
Já dizia Me. Teresa de Calcutá que Deus lha confiava muito "pesar" pois tinha demasiada confiança nela... comigo, ainda que sou muito distinta da referida santa, o mesmo se sucede...
Sinto um "peso" enorme... quase além das minhas próprias forças, do poder de "carregamento" do meu corpo... e da alma...
E sei que as diversas dores têm tonalidades distintas e atingem a uma camada da alma diferentemente... Há dores leves... digo assim... "suportáveis"...
Há dores tremendas que Deus carrega para nós... são quase imperceptíveis por nós pois ELE sabe que não suportaríamos...
Mas são as piores dores talvez... Como a mensagem das Pegadas na Areia, tão conhecida por todos... e, nestes dias, especialmente por mim... SEI QUE TU ME CARREGAS NO COLO, PAI, muito obrigado.
Há outras pelas quais Ele nos deixa passar para que fiquemos muito fortes... maleáveis...
O navio passa por ondas gigantes no mar para que o seu casco fique resistente... estou nesta fase de "endurecimento" do meu ser... num sentido de fortalecimento, tenho certeza... de maturidade...
Não me vejo com o direito de muitas coisas... isto é para o meu próprio crescimento físico, moral, emocional e espiritual...
Tenho certeza de que Deus tem um Plano melhor para mim... eu é que não o sei... ainda...
Há dores semelhantes a da Crucificação... onde quem a gente ama não
nos entende... por mais que pense que o faça... esta dor é desoladora, pois se trata de alguém que tem "peso" em nosso coração... o "peso" não está na dor em si mesma... mas sim na não compreensão de quem amamos de coração sincero...
Não adianta explicitarmos nossos motivos quando não há possibilidade de entendimento e compreensão...
É melhor o silêncio... ele é o nosso aliado... junto com a oração confiante, tudo vai passar e tudo dará certo...
Espero confiando e rezando... o tempo será meu auxiliar... indispensável...
Deus tem um Plano de Amor para mim e vou vivendo em função da sua Santa e sábia vontade...
Ele sabe muito melhor do que eu o que é bom para mim... meu desejo é "pequeno" e Ele, como é TUDO NA IMENSIDÃO... muito maior do que todos os meus problemas... saberá o que melhor me convém de acordo com minha estrutura, como diz o salmo 103...
Senhor, fazei deste meu dia em que fui mãe há 31 anos atrás, um dia de amor e bondade junto aos meus três tesouros dados por Ti a quem muito agradeço... esta possibilidade nem sempre acontece... os três juntinhos perto de mim...
Tu sabes como sou feliz quando é assim...
Ainda que eu saiba bem que amar não é ter todo tempo a quem amamos por perto, poderia ser posse tão somente... é sim deixá-los voar... ensina-me, Senhor a deixá-los "livres" de mim...
E eu... "livre" deles...
A INDIFERENÇA INACIANA é o MAGIS para um pai ou uma mãe... quero alcançá-la, ajudai-me...
Obrigado, por me permitires dores tão profundas em minha alma...
Se não fosse capaz de suportar não as teria me concedido...
Obrigado por acreditares no meu poder de superação...
Te agradeço por mostrares a mim que sou muito capaz quando nem todos acreditam no meu amor... Amém!
Te amo! Mesmo em minha pobreza... Me perdoa...
Carregamos todos nós, cristãos, um pouco das dores do mundo... E, estas sim, são crudelíssimas...)
Completo na minha carne e na alma o que "falta" à Paixão do meu Senhor... (o que não foi recebido... acolhido... por nós, Homens e mulheres...).
Como é salutar ter esta compreensão cristã!


0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua espiritualidade aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...